Notificação

Receba dicas personalizadas de otimização, entenda a integridade da sua conta e conclua a configuração dela na Minha página da AdMob, que está ainda melhor.

Como ajudar os editores a obedecer às Leis Estaduais de Privacidade dos EUA

Assuma o controle das configurações de processamento de dados na AdMob
Aplicável aos seguintes estados dos EUA:
  • Califórnia
  • Virgínia
  • Connecticut
  • Colorado
  • Utah

O Google tem um longo histórico de priorizar as pessoas em tudo o que faz. Como parte desse compromisso, não vendemos informações pessoais. Oferecemos aos usuários transparência e controle sobre as experiências dos anúncios nas seções Minha central de anúncios, Minha conta e com vários outros recursos para gerenciar contas. De acordo com nossa política de publicidade personalizada, nunca usamos informações sensíveis, como dados de saúde, raça, religião ou orientação sexual, para personalizar anúncios. Também investimos em iniciativas como a Coalition for Better Ads, a Iniciativa Google Notícias e o ads.txt para oferecer um ecossistema de anúncios saudável e sustentável.

O Google atende à legislação sobre privacidade que protege os consumidores. Em maio de 2018, lançamos várias atualizações para ajudar os editores a cumprir o Regulamento geral de proteção de dados (GDPR) no EEE.

Incluímos nesse conjunto de recursos o processamento de dados restrito, que funcionará conforme estabelecido abaixo, para ajudar os editores a gerenciar a conformidade com as leis de privacidade estaduais dos Estados Unidos.

Termos do provedor de serviços

O Google já oferece termos de proteção de dados conforme o Regulamento geral de proteção de dados (GDPR) na Europa. Agora também oferecemos os termos de provedores de serviços para complementar os termos de proteção de dados atuais, que vão passar a valer a partir de 1º de janeiro de 2023. Para clientes que assinaram contratos on-line e de plataforma atualizados, os termos dos provedores de serviços vão ser incorporados aos contratos atuais com os termos de proteção de dados. Esses clientes não precisam fazer nada para adicionar os termos dos provedores de serviços ao contrato.

Como ativar o processamento de dados restrito (RDP) para os estados dos EUA aplicáveis

Para o tráfego nos estados dos EUA ou em qualquer região global, os editores podem configurar o processamento de dados restrito (RDP). Quando há um indicador de RDP, a AdMob não veicula anúncios com base no comportamento anterior da pessoa e envia uma solicitação de anúncio não personalizado a todos os bidders. É possível ativar o RDP de várias maneiras:

1. Plataforma de gestão de consentimento

Muitos editores trabalham com uma plataforma de gestão de consentimento (CMP) para comunicar os indicadores de consentimento adequados aos parceiros de publicidade com base no tipo de consentimento que recebem do usuário.

As soluções de gestão de consentimento do Google permitem que você ative a RDP para veicular anúncios não personalizados a usuários da Web qualificados nos estados aplicáveis dos EUA, além de oferecer recursos de mensagens opcionais na guia "Privacidade e mensagens".

2. Tags de anúncio do editor

Os editores também podem ativar o RDP somente para alguns usuários usando a GPT e as tags de anúncio assíncronas do Google AdSense/Ad Exchange por solicitação. Isso pode ser útil quando você mostra um link de recusa com a mensagem "Não vender minhas informações pessoais". No caso de pessoas que não autorizam, você pode considerar que o envio desse indicador cumpre suas obrigações de regulamentação.

3.Framework do IAB padronizado

Atualmente, os editores podem usar a string de privacidade do IAB Tech Lab nos EUA para aplicar o processamento de dados restrito quando necessário. Eles podem transmitir essa string ou trabalhar com uma CMP para fazer isso. Usar um framework padronizado para ativar o RDP garante que os parceiros de mediação consigam ler o indicador. Até o primeiro trimestre de 2024, o Google AdSense, a AdMob e o Ad Manager vão começar a trabalhar com a Global Privacy Platform (GPP) do IAB Tech Lab para os estados dos EUA aplicáveis e a ativar o RDP sempre que o indicador do GPP for recebido. Depois que o Google AdSense, a AdMob e o Ad Manager estiverem totalmente compatíveis com a GPP para estados dos EUA, recomendamos que os editores comecem a enviar a string da GPP em vez da string de privacidade do IAB dos EUA.

Observação: sabemos que o IAB pretende descontinuar a string de privacidade dos EUA até janeiro de 2024 para focar a GPP. No entanto, a AdMob vai continuar lendo a string de privacidade dos EUA para oferecer suporte aos parceiros de apps. Talvez ela seja descontinuada em versões futuras do SDK.

4. Configurações de privacidade e mensagens

Para restringir o processamento de dados e mostrar somente anúncios não personalizados aos usuários qualificados nos estados dos EUA aplicáveis, os editores podem mudar as configurações das regulamentações estaduais dos EUA na interface da AdMob. Essas configurações vão ser aplicadas a todos os estados dos EUA em que a legislação de privacidade é válida. Elas não controlam as informações que você compartilha fora da sua conta (por exemplo, com a mediação).

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Siga as próximas etapas:

true
Show your support to promote DEI in Gaming by turning intentions into action!

Check out the newly launched Diversity in Gaming website, where you can find video stories and written pledges from global gaming developers. This campaign centers on 3 pillars: diverse teams, diverse games and diverse audiences showing how diversity is not just good for gamers, but for business as well. Show your support by taking the pledge to promote DEI in Gaming and share it on social!

Learn More

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
3841064178162641829
true
Pesquisar na Central de Ajuda
true
true
true
true
true
73175