Políticas do programa do Ad Manager e do Ad Exchange

Anúncios personalizados e não personalizados para a LGPD

Este artigo detalha as diferenças entre anúncios personalizados e não personalizados em relação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Saiba mais sobre a legislação de privacidade da LGPD

Anúncios personalizados

A publicidade personalizada (anteriormente conhecida como publicidade com base em interesses) é uma ferramenta eficiente que melhora a relevância da publicidade para os usuários e aumenta o ROI dos anunciantes. Em todos os nossos produtos para editores, fazemos deduções sobre os interesses de um usuário com base nos sites que ele acessa ou nos apps que usa. Assim, os anunciantes podem segmentar campanhas de acordo com esses interesses, oferecendo uma experiência melhor para todos.

O Google considera que os anúncios são personalizados quando têm como base dados históricos ou previamente coletados para determinar ou influenciar a seleção de anúncios, incluindo consultas de pesquisa, atividades, visitas a sites ou apps, informações demográficas ou localização de um usuário. Isso inclui, por exemplo: segmentação demográfica, segmentação por categoria de interesse, remarketing, Segmentação por lista de clientes e segmentação de listas de público-alvo enviadas no Display & Video 360 ou Campaign Manager.

Anúncios não personalizados (NPA)

Os anúncios não personalizados são aqueles que não têm como base o comportamento anterior de um usuário. Eles são segmentados usando informações contextuais, incluindo uma segmentação por área geográfica mais ampla (como no nível da cidade, mas não do CEP/código postal) com base na localização do usuário, no conteúdo do site ou app utilizado no momento ou nos termos da consulta atual. O Google proíbe todas as segmentações por público-alvo com base em interesses, incluindo a segmentação demográfica e por lista de usuários.

Os anúncios não personalizados não usam cookies ou identificadores de anúncios para dispositivos móveis na segmentação, mas utilizam esses recursos para definir limites de frequência, gerar relatórios agregados e combater fraudes e abusos.

Quando um usuário conectado no Brasil especifica informações de idade diretamente ao Google indicando que é menor de idade, veiculamos apenas anúncios não personalizados a ele. Isso ocorre independentemente de o editor transmitir ou não um indicador de anúncios não personalizados na tag de anúncio.

Anúncios não personalizados para programática

Quando um indicador de anúncios não personalizados é transmitido na tag, acontece o seguinte nas transações programáticas:

As "transações programáticas" pertencem a leilões abertos e privados, Acesso preferencial, Transações preferenciais e programática garantida.
  • Os anúncios veiculados não usam informações com base no comportamento anterior do usuário.
  • O Google não registra detalhes sobre identificadores de usuários para fins de avaliação de anúncios personalizados nem segmentação.
  • Nenhum anúncio é veiculado com as segmentações por público-alvo baseadas em interesses, incluindo a segmentação demográfica e por lista de remarketing.
  • Os anúncios veiculados por meio da GDN e do Display & Video 360 só usarão segmentação contextual e por canal. Esses anúncios podem utilizar o endereço IP para segmentar uma área geográfica bem mais ampla (nível da cidade) e impedir atividades inválidas. Além disso, esses anúncios usam cookies e/ou IDFA e AdIDs para definir limites de frequência, gerar relatórios agregados e combater fraudes e abusos.
  • Os anúncios não personalizados não são compatíveis com compradores nem rastreamento de anúncios de terceiros.

Anúncios não personalizados para eventos não programáticos

Quando um indicador de anúncios não personalizados é transmitido na tag, acontece o seguinte nos itens de linha não programáticos:

Os "itens de linha não programáticos" não fazem parte da programática garantida nem das transações programáticas no Ad Manager, no Ad Exchange ou no Google AdSense.
  • Nenhum anúncio é veiculado com as segmentações por público-alvo baseadas em interesses, incluindo a segmentação demográfica e por lista de usuários.
  • O Google não registra detalhes sobre identificadores de usuários para fins de avaliação de anúncios personalizados nem segmentação.
  • Os anúncios não personalizados só serão veiculados para reservas se nenhum provedor de tecnologia de anúncio tiver sido declarado ou detectado.

Anúncios não personalizados para grupos de rendimento

Quando um indicador de anúncios não personalizados é transmitido na tag, acontece o seguinte nos grupos de rendimento que usam o Open Bidding e a mediação em apps para dispositivos móveis:

  • O Open Bidding é desativado e não são feitas chamadas para os bidders que usam esse recurso.
  • A mediação em apps para dispositivos móveis não é desativada.

Recursos comuns afetados pela veiculação de anúncios não personalizados

  • A segmentação do Audience Solutions não estará disponível para solicitações de NPA.
  • A segmentação por operadora de celular do Ad Manager não estará disponível para solicitações de NPA.
  • A segmentação por largura de banda do Ad Manager não estará disponível para solicitações de NPA.
  • Determinados campos da Transferência de dados, como "UserId", não estarão disponíveis.
  • As transações com compradores que não são do Display & Video 360 não poderão ser realizadas para solicitações de NPA.
  • As transações com compradores do Display & Video 360 poderão ser afetadas se usarem pixels de terceiros ou segmentação por público-alvo para solicitações de NPA.

Alterações dos anúncios não personalizados nos relatórios

  • No tráfego de anúncios não personalizados, alguns campos da Transferência de dados do Ad Manager ficarão em branco, incluindo "UserId", "AudienceSegmentIds", "Bandwidth" e "MobileCarrier".
  • A precisão dos relatórios de alcance do Ad Manager pode ser afetada.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?