Práticas recomendadas para testar regras em menos tempo

Reduzir o tempo de teste das regras

Como administrador do Gmail, uma das suas tarefas é criar regras para gerenciar spam, o conteúdo dos e-mails e os anexos de e-mail da organização. Talvez você precise de novas regras quando adicionar um serviço ou um recurso do G Suite ou configurar a segurança do Gmail.

Quando você cria regras, muitas vezes é necessário fazer alterações e testá-las várias vezes para confirmar que elas estão funcionando corretamente. Pode levar até 24 horas para que as novas regras entrem em vigor em toda a organização.

Recomendamos que você teste novas regras em um ambiente de teste com poucos usuários. Em vez de testar regras para toda a organização, é mais rápido fazer isso em um ambiente de teste pequeno. Após verificar as regras em um ambiente de teste, você poderá aplicá-las à organização inteira.

Use algumas destas diretrizes (ou todas elas) para reduzir o tempo de teste de regras novas e alteradas.

Práticas recomendadas para o ambiente de teste de regras

Crie um ambiente de teste com poucos usuários. Em um ambiente de teste pequeno, é mais rápido atualizar regras e verificar como elas afetam o fluxo e a entrega de e-mails. O tamanho do ambiente em que a regra é aplicada afeta o tempo de atualização. Saiba mais sobre o que afeta a velocidade de atualização de uma regra.

Use um destes ambientes de teste:

  • Domínio de teste secundário (recomendado): crie um domínio de teste secundário que tenha de 2 a 50 usuários para ter mais flexibilidade ao criar regras. Você pode testar como novas regras afetam um domínio. Atribua privilégios de superadministrador a qualquer administrador que esteja testando regras no domínio para que ele possa fazer isso sem restrições.
  • Unidade organizacional de teste: crie uma unidade organizacional de teste que tenha de 2 a 24 usuários. Veja como as unidades organizacionais mães afetam os testes.

Configure o domínio de teste exatamente como seu domínio principal. Se você usar um domínio de teste secundário, configure-o como seu domínio principal para que as regras reproduzam o que acontece no domínio principal.

Remova todas as regras desnecessárias do ambiente de teste. Adicione apenas as regras que você está testando. Se você tiver testado regras nesse ambiente, remova todas as regras antigas.

Como o tamanho e a estrutura da organização afetam a velocidade de atualização das regras
O tamanho da unidade organizacional ou do domínio em que a regra é aplicada afeta o tempo de atualização.
As regras de unidades organizacionais grandes ou com muitas unidades organizacionais filhas levam mais tempo para serem atualizadas.
As regras de uma unidade organizacional também são aplicáveis às unidades organizacionais filhas. Veja o que acontece quando a unidade organizacional de teste é filha de uma unidade organizacional com muitas regras (por exemplo, da unidade organizacional raiz):
  • Os testes levam mais tempo porque as unidades organizacionais de teste incluem as regras da unidade organizacional mãe. Mais regras aumentam o tempo de teste.
  • É mais difícil isolar e identificar quais regras causam problemas durante os testes porque as unidades organizacionais filhas herdam as regras da unidade organizacional mãe.

Evite testar regras com grupos pelos seguintes motivos:

  • O tempo de atualização da regra depende do tamanho do grupo (número de participantes). Pode ser difícil determinar o tamanho de um grupo e prever o tempo de atualização.
  • É mais complexo testar regras e isolar problemas em grupos aninhados.

Práticas recomendadas para criar e testar regras

Teste as regras com dados reais. Teste o mesmo tipo de anexo de e-mail e conteúdo (inclusive conteúdo protegido) que você usa na sua organização.

Não use expressões com strings ou listas longas. Evite expressões com mais de mil caracteres e listas com mais de mil elementos. As expressões longas levam mais tempo para serem propagadas do que as curtas e têm mais chance de conter erros que precisem ser corrigidos.

Antes de aplicar regras ao ambiente de teste, verifique a sintaxe da regra. Use dados reais para gerar resultados semelhantes aos que você recebe quando aplica regras ao seu domínio principal:

  • Ao criar ou atualizar uma regra no Admin Console com a opção Adicionar configuração, clique em Expressão de teste para confirmar que a sintaxe da regra está correta.
  • Teste seus dados com estes classificadores predefinidos que acionam regras. Isso abre a demonstração da Prevenção contra perda de dados do Cloud.

Adicione apenas as regras que você está testando. Recomendamos que o ambiente de teste tenha apenas as regras que você está testando. Várias regras e a ordem de aplicação das regras podem afetar o comportamento das mensagens. Saiba mais sobre como várias regras afetam o comportamento das mensagens. Se você precisar testar como uma nova regra interage com as regras no domínio principal, copie-a para uma unidade organizacional de teste que seja filha da unidade organizacional que tem as regras.

Não use políticas baseadas em grupo. Elas podem levar até 24 horas para entrar em vigor, mesmo com grupos menores. Ao adicionar uma regra com a opção Adicionar configuração, desmarque Grupos em Tipos de contas afetadas.

Use uma linha de assunto de e-mail específica em cada mensagem usada para testar uma regra. Isso ajuda a identificar quais regras foram aplicadas às mensagens de teste. A Pesquisa de registro de e-mail lista as mensagens por linha de assunto. Cada entrada de mensagem indica a regra que foi aplicada.

Altere o nome de uma regra sempre que você atualizá-la. Se você precisar atualizar e testar uma regra várias vezes, o nome da regra indicará a versão que está sendo testada. A Pesquisa de registro de e-mail mostra as regras por nome.

Práticas recomendadas para verificar regras

Use a Pesquisa de registro de e-mail para verificar quais regras foram aplicadas às mensagens de teste. Com a Pesquisa de registro de e-mail, você encontra as mensagens de teste e vê qual regra foi aplicada a cada mensagem.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?