Preparar sua rede

Se você quiser fazer videochamadas de alta qualidade usando o Hangouts Meet, precisará configurar sua rede para que ele se comunique de forma eficiente com a infraestrutura do Google. 

Faça o seguinte:

  • Verifique se o tráfego do Meet segue um caminho curto até a Internet. 
  • Evite proxies, inspeção de pacotes, analisadores de protocolo e Qualidade de Serviço (QoS, na sigla em inglês).
  • Meça e otimize a latência, a largura de banda e a rede Wi-Fi.
     

Abrir tudo  |  Fechar tudo

Configurar sua rede

Etapa 1: configurar portas de saída para o tráfego de mídia
Configure estas portas para que o tráfego de mídia passe pela sua organização:
  • Para mídia (áudio e vídeo), configure as portas de saída UDP 19302​ a 19309 usando a configuração de portas UDP do Chrome WebRTC.
  • Para tráfego da Web e autenticação do usuário, use a porta de saída UDP e TCP 443.
 
Etapa 2: autorizar URIs

Os serviços principais do Google precisam ter acesso total à rede. Se houver alguma restrição ou política de filtragem de usuários na rede, autorize os padrões de URI abaixo usando a porta 443.

Observação: se você estiver usando o Meet em dispositivos Chromebox para videoconferências, leia também os requisitos de rede do Chrome OS.

Para padrões de tráfego da Web, APIs, relatórios de feedback, upload de registros e configuração de conectividade:

  • https://*.google.com/*
  • https://*.googleapis.com/*
  • https://*.gstatic.com/* 
  • https://*.googleusercontent.com/*

Para padrões de transmissão ao vivo:

  • https://*.googlevideo.com/*
  • https://*.youtube-nocookie.com/*
  • https://*.ytimg.com/*
Etapa 3: autorizar intervalos de endereços IP de mídia do Google

Como o tráfego do Meet é protegido e criptografado, você não precisa restringi-lo aos endereços IP do G Suite.

No entanto, se a rede tiver restrição de tráfego, coloque os servidores de mídia do Meet na lista de permissões. Como esses intervalos de IP são usados exclusivamente para o Meet, você pode identificar o tráfego de videochamadas na conta do G Suite da organização e diminuir o do Hangouts nas contas pessoais.

Autorize os servidores de mídia do Meet usando os seguintes intervalos de IP:  

  • IPv4: 74.125.250.0/24
  • IPv6: 2001:4860:4864:5::0/64

Observação: esses intervalos de IP são apenas para mídia (áudio e vídeo) e não correspondem aos URIs listados na etapa 2.
 

Etapa 4: analisar os requisitos de largura de banda
Sua rede deve ter largura de banda suficiente para videochamadas em alta definição simultâneas e outras necessidades, como transmissões ao vivo. Se não houver largura de banda suficiente, o Meet reduzirá a definição de vídeo para se adequar às restrições da rede. Se a largura de banda for insuficiente para transferir vídeos, apenas o áudio será transmitido.

Calcular os requisitos mínimos de largura de banda do Meet

Se você quiser calcular a largura de banda mínima para os participantes e a transmissão ao vivo, multiplique a largura de banda média por participante pelo número máximo de participantes simultâneos. 

Requisitos de largura de banda por participante

A largura de banda usada pelo Meet varia para oferecer a melhor experiência nas redes dos participantes.

Largura de banda média por participante    
Tipo de reunião Saída Entrada
Vídeo em alta definição 3,2 Mbps 1,8 Mbps
Somente áudio 12 Kbps 18 Kbps

 

Largura de banda ideal por participante    
Tipo de reunião Saída Entrada
Videochamadas em alta definição entre duas pessoas 3,2 Mbps 2,6 Mbps
Videochamadas em grupo 3,2 Mbps 3,2 Mbps

Estimar o número máximo de participantes simultâneos

Determine o número de participantes simultâneos com base na importância das videochamadas em cada site, conforme mostrado na tabela a seguir.
 

Importância das videochamadas Número máximo de videochamadas simultâneas
Alta 10 a 20%
Normal 1 a 4%
Baixa 0,01 a 0,5%

Por exemplo, se as videochamadas forem muito importantes, estime que 20% dos usuários no local utilizarão o Meet. Se elas não forem tão importantes, apenas 0,5% das pessoas no local provavelmente estarão em reunião ao mesmo tempo.

Requisitos de largura de banda por visualizador da transmissão ao vivo

Se sua organização transmite videochamadas ao vivo, a largura de banda ideal para cada participante é de 2,6 Mbps. A configuração padrão de vídeo de alta qualidade é 720p. Ela é usada quando o participante tem largura de banda individual suficiente.
 
Se esse não for o caso, os participantes poderão reduzir a qualidade de vídeo do Meet.

Configuração de vídeo do Meet Necessidade de largura de banda de entrada Observações
720p 2,6 Mbps A configuração padrão de alta qualidade proporciona a melhor experiência ao usuário.
480p 1,5 Mbps  
360p 1,0 Mbps  
240p 0,5 Mbps Proporciona uma experiência de visualização ruim e não é recomendada.

 Práticas recomendadas

Uso de proxies

Não recomendamos o uso de servidores proxy no tráfego do Meet. 

O tráfego de proxy aumenta a latência e pode fazer o Meet reduzir automaticamente a qualidade do vídeo e do áudio. O desempenho do Meet é ideal quando a latência entre o cliente e o back-end do Google é inferior a 100 ms. Além disso, o Meet oferece os mesmos benefícios que um proxy para o tráfego de vídeo. Portanto, esse recurso não é necessário.  

Se for preciso usar servidores proxy na sua rede

Se você realmente precisar usar um proxy, entenda que os servidores proxy podem afetar muito o desempenho e faça o seguinte:

O protocolo de Internet Socket Secure (SOCKS5) ainda não é compatível.

Práticas recomendadas para Wi-Fi

As recomendações a seguir são aplicáveis a ambientes de escritório comuns. Um engenheiro de redes sem fio precisa avaliar ambientes mais complexos, como chão de fábrica, áreas com altos níveis de ruído de radiofrequência ou espaços mais abertos. 

Leia com atenção as considerações a seguir durante o projeto, a implantação e a operação das redes sem fio usadas pelo Meet.

Bandas de radiofrequência 2,4 GHz e 5 GHz

Recomendamos não implantar e operar o Meet na banda de 2,4 GHz de uma rede sem fio porque ela costuma ser muito usada. Essa banda também é menos confiável porque tem três canais não sobrepostos, costuma apresentar altos níveis de ruído de redes de interferência próximas e interferências extras de outros dispositivos.

Considerações de projeto e implantação

Na rede sem fio, priorize a capacidade em vez da cobertura.

  • Gerencie o tamanho da célula: controle o tamanho da célula pela potência de transmissão do ponto de acesso (AP, na sigla em inglês). Implante células menores onde for necessário usar mais dispositivos, como salas de conferências e auditórios, para aumentar a capacidade. Use células maiores para a cobertura geral no escritório.
  • Desative as taxas baixas para melhorar a eficiência do uso da radiofrequência e forçar a transferência de um cliente para o AP mais próximo quando ele estiver entre APs.

Se o SSID (Identificador do conjunto de serviços) de uma rede sem fio estiver disponível em ambas as bandas (2,4 GHz e 5 GHz), a rede precisará obrigar os clientes a usar a banda de 5 GHz.

Para permitir o uso de recursos avançados, como o roaming integrado entre APs e o gerenciamento de radiofrequência adequado, é necessário que a rede sem fio seja gerenciada e operada de forma centralizada, e não como uma série de APs independentes. 

Faça uma pesquisa sem fio após a implantação para confirmar que há cobertura sem fio em todos os espaços onde o Meet costuma ser usado.

Práticas recomendadas para WMM

Para garantir uma comunicação adequada do Meet em redes sem fio, use extensões de multimídia sem fio (WMM, na sigla em inglês). 

O tráfego do Meet precisa ser classificado com base em um dos seguintes critérios:

  • O controlador sem fio ou AP baseado nos protocolos e nas portas do Meet
  • O valor do campo Differentiated Services Code Point (DSCP) definido por outro equipamento de rede (que pode ser usado se você tiver confiança suficiente na rede)

Embora a compatibilidade total do WMM (inclusive clientes) seja necessária para QoS bidirecional, é possível configurá-lo no nível da rede (no controlador/AP) para ter melhorias significativas. O tráfego do Meet deve ser atribuído à fila de áudio ou vídeo no AP ou controlador sem fio e ter preferência em relação a outros tipos de tráfego.

Práticas recomendadas para QoS

Não use QoS

Você não deve usar o recurso QoS para o Meet na sua rede porque o produto se adapta automaticamente às condições da rede. Use esse recurso apenas quando necessário, como no caso de uma rede congestionada, e se for possível implantar e manter um modelo de QoS de ponta a ponta na rede.  

Se for preciso usar QoS

Siga as práticas recomendadas descritas no Guia de práticas recomendadas de QoS do Meet (em inglês).
Limitar o tráfego do Meet
Para limitar o consumo de largura de banda do Meet para os usuários em uma unidade organizacional específica, defina a qualidade de vídeo padrão no Google Admin Console.
  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login com sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, acesse AppseG SuiteeHangouts Meet e Google Hangouts.
  3. Clique em Configurações do Meet.
  4. À esquerda, selecione a unidade organizacional que você quer gerenciar. Para incluir todos os usuários, selecione a unidade organizacional de nível mais alto.
  5. Selecione uma opção para Qualidade de vídeo padrão:
    • Ajustar automaticamente (padrão): a largura de banda é ajustada de acordo com as condições da rede e do sistema para oferecer a melhor qualidade possível.
    • Largura de banda de vídeo limitada: a largura de banda do uplink é limitada a 1 Mpbs por padrão para limitar o uso da largura de banda.
    • Somente áudio: o vídeo é desativado por padrão. Os usuários podem ativar a câmera manualmente, mas o vídeo de uplink será limitado a 1 Mbps por padrão.
  6. Aplique as configurações:
    1. Se a configuração for aplicável à unidade organizacional de nível mais alto, clique em Salvar.
    2. Se ela for aplicável a uma unidade organizacional filha e diferente da usada na unidade mãe, clique em Modificar.
Observação: esta configuração só é aplicável a navegadores da Web e não afeta o hardware Hangouts Meet nem os apps Meet para dispositivos móveis. Os usuários podem substituir o valor padrão definido para a unidade organizacional no navegador ativando o vídeo na reunião do Meet e ajustando a qualidade. A configuração padrão será aplicada sempre que um usuário entrar em uma nova reunião.
 
Não recomendamos o uso de QoS na sua rede do Meet. Para controlar o consumo de largura de banda no nível da rede para reservar ou limitar o tráfego do Meet, consulte as práticas recomendadas de QoS.

Tópicos relacionados

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?