Reivindicação de vídeos individuais: Políticas e práticas recomendadas

Os recursos descritos neste artigo estão disponíveis apenas a parceiros que usam o sistema de correspondência Content ID do YouTube.

Conteúdo qualificado para gerar receita 
Os criadores de conteúdo são responsáveis por atender aos Critérios de monetização de vídeos. Dentre eles, está a exclusão de todos os direitos audiovisuais do conteúdo dos vídeos. Conteúdo que apresente material de terceiros (incluindo músicas não licenciadas) não está qualificado para geração de receita.

Política: Reivindicação de vídeos individuais por terceiros
Você não pode reivindicar um vídeo com a intenção de burlar os critérios de geração de receita de vídeos. Isso inclui adicionar uma reivindicação "apenas visual" ao vídeo de um criador de conteúdo para compartilhar receita quando o áudio é reivindicado por um parceiro de música. Para gerar receita com o vídeo, remova todos os materiais de terceiros e solucione todas as reivindicações. O YouTube monitora ativamente o comportamento de reivindicação dos parceiros com relação a essa regra, e os privilégios de reivindicação dos infratores podem ser desativados. 

Perguntas frequentes

Desejo administrar os direitos do vídeo de um criador de conteúdo. Como determinar se o conteúdo do vídeo é de propriedade exclusiva do criador de conteúdo?

Ao celebrar um contrato de administração dos direitos de um vídeo, sua empresa assume a responsabilidade total pelo conteúdo e pelas reivindicações do material que representa. A política do YouTube não permite a criação de referências com imagens ou áudio de propriedade não exclusiva, pois isso gera reivindicações inválidas. Os infratores estão sujeitos a desativação e/ou cancelamento do recurso. 

Sua empresa é responsável por analisar a autenticidade e a exclusividade do vídeo que pretende representar.

Leve em consideração as seguintes informações:

  • O cliente detém todos os direitos sobre essa filmagem, incluindo músicas ou áudios usados?
  • O cliente deu permissão para que outra pessoa usasse esse vídeo?
  • O cliente consegue comprovar que esse vídeo é dele? Por exemplo, ele tem o arquivo original do vídeo, com tamanho maior e em resolução mais alta que a versão disponível on-line?
Todo o conteúdo audiovisual desse vídeo é de propriedade exclusiva.  Como ativo a correspondência de Content ID para esse material?

Se o vídeo original é hospedado por um canal associado ao seu Gerenciador de conteúdo, localize o envio original e ative a Correspondência de Content ID na guia "Monetização" desse vídeo. 

Em algumas situações, um parceiro pode concordar em administrar os direitos de um vídeo individual, mas não de todo o canal do criador de conteúdo. Nesses casos, o parceiro pode usar a ferramenta de Pesquisa manual para reivindicar o vídeo original do criador de conteúdo e criar um arquivo de referência a partir dele. Os parceiros que ainda não têm acesso à Pesquisa manual podem entrar em contato com o Gerente de parceiros para discutir as qualificações. Esse recurso confidencial é recebido por mérito e pode ser removido a qualquer momento.

Nota: não envie uma cópia do vídeo original para o seu canal nem crie um arquivo de referência a partir dessa cópia. Isso pode resultar em erros desnecessários de correspondência de Content ID, conflitos de propriedade de materiais e atrasos na atribuição de receitas.

 

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?