Usar áudio espacial em vídeos de realidade virtual e em 360 graus

Com o áudio espacial do YouTube, é possível ouvir o som de um vídeo vindo de todas as direções.

Enviar vídeos com áudio espacial

  1. Crie um vídeo em 360 graus ou de realidade virtual com áudio espacial. 

    Requisitos de áudio espacial

    1. Renderize um vídeo mono em 360 graus em DNxHR. Codifique com a ferramenta FFMPEG, se necessário.
    2. Coloque o vídeo no plug-in da sua estação de trabalho espacial dentro da sua DAW (estação de trabalho de áudio digital). 
    3. Abra o projeto convertido ou coloque as faixas individualmente na DAW.
    4. Aplique o espacializador nas faixas que você quer tornar espaciais. Também é possível fazer isso com faixas de ponto fixo, geralmente em estéreo. 
    5. Use o plug-in espacializador para posicionar faixas no espaço.
    6. Para faixas de ponto fixo, direcione as saídas estéreo para o primeiro canal da mixagem ambissônica.
    7. Exporte o áudio como WAV. 
    8. Coloque o áudio com o vídeo no codificador. 
    9. Selecione a configuração de exportação para o áudio espacial do YouTube.
  2. Execute a versão mais recente da ferramenta de metadados no vídeo.
  3. Envie o vídeo para o YouTube.​

Saiba como enviar vídeos em 180 ou 360 graus.

Pré-reprodução do áudio espacial em vídeos de realidade virtual

Para testar o áudio espacial dos seus vídeos de RV antes de enviá-los, use o plug-in Resonance Audio Monitor VST (em inglês).

Formatos de áudio espacial compatíveis

O YouTube é compatível com dois formatos de áudio espacial:

  • Ambissônico de primeira ordem
  • Ambissônico de primeira ordem com estéreo de ponto fixo

Também é possível adicionar áudio estéreo de ponto fixo aos seus vídeos para que o som não mude de acordo com os movimentos que o espectador faz com a cabeça.

Requisitos técnicos

Use a especificação completa de áudio espacial do YouTube (em inglês) para aprender sobre layouts e ordenações compatíveis. Não se esqueça de seguir estes requisitos mínimos ao usar o áudio espacial.

Requisitos mínimos para áudio espacial

  1. Os metadados estão incluídos no seu arquivo.
  2. Apenas uma faixa de áudio é usada.
    • ​​Não há suporte para várias faixas de áudio, como faixas com som espacial e estéreo/mono, no mesmo arquivo.
  3. O áudio espacial usa o formato Ambisonics (AmbiX):
    • Ordenação de canal ACN
    • Normalização SN3D
  4. Formatos ambissônicos de primeira ordem (FOA, na sigla em inglês) compatíveis:
    • W, Y, Z e X como faixa de áudio de quatro canais no arquivo enviado, taxa de amostragem: 48 kHz
    • Áudio com codificação PCM em contêiner MOV:
    • Áudio com codificação AAC em contêiner MP4/MOV:
      • Taxa de bits mínima: 256 kbps
    • Áudio com codificação OPUS em contêiner MP4:
      • Família de mapeamento de canais: 2
      • Taxa de bits mínima: 512 kbps
  5. Formato ambissônico de primeira ordem (FOA) com estéreo de ponto fixo compatível:
    • W, Y, Z, X, L e R como faixa de áudio de seis canais no arquivo enviado, taxa de amostragem: 48 kHz
    • Áudio com codificação PCM em contêiner MOVr:
      • Taxa de amostragem: 48 kHz
    • Áudio com codificação OPUS em contêiner MP4:
      • Taxa de bits mínima: 768 kbps
      • Família de mapeamento de canais: 2
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?