Dicas de transmissão

Dicas de rede
  • A taxa de bits total do seu stream não pode exceder a quantidade disponível de largura de banda para upload. Deixe um pouco de capacidade livre (recomendamos 20%).
  • Se o seu escritório tem uma velocidade de conexão alta, mas há muitas pessoas compartilhando a mesma rede, sua largura de banda individual será limitada.
  • Faça um teste de velocidade. A largura de banda de entrada (velocidade de download) geralmente é maior do que a de saída (velocidade de envio). Certifique-se de que a conexão de saída seja suficiente para enviar a taxa de bits da sua transmissão. Recomendamos o cálculo Principal + Backup + 20%.
  • Verifique se você está em uma rede confiável. Se houver falha na sua conexão, haverá queda na transmissão.
Dicas de codificação
  • Configure codificadores para eventos ao vivo com pelo menos duas horas de antecedência.
  • Inicie os codificadores pelo menos 15 minutos antes do horário de início do evento.
  • Antes de clicar em Iniciar transmissão, confira a visualização na Sala de controle ao vivo.
  • Teste o failover do codificador (se aplicável). Interrompa o codificador principal ou desconecte o cabo ethernet e verifique se o player se move para o codificador de backup.
  • Verifique a integridade de todos os arquivos locais. Verifique se o tamanho do arquivo local está aumentando.
  • Verifique se o evento está acessível por meio do canal e de páginas de exibição.
  • Confira se o evento está acessível por meio de dispositivos móveis (se aplicável).
  • Monitore constantemente a qualidade de A/V, a sincronização e os níveis de áudio da transmissão.
  • Após o término do seu evento no YouTube, encerre o codificador.
Como usar uma webcam
  • Você pode criar transmissões com um laptop e uma webcam. No entanto, quanto melhor o equipamento, melhor a qualidade da transmissão ao vivo.
  • Você pode usar um programa de codificação de software como o Wirecast ou o Flash Media Live Encoder (FMLE) ou www.youtube.com/webcam
  • Para realizar eventos com maior valor de produção, recomendamos codificadores de hardware profissionais.
  • Teste todas as configurações antes do seu evento.
Como se manter em segurança nas transmissões ao vivo
  • Conteúdo: saiba que tipo de conteúdo transmitir. Ao fazer vídeos com seus amigos, colegas de sala e/ou adolescentes, lembre-se de que eles nunca devem ser sexualmente sugestivos, violentos ou perigosos.
  • Informações pessoais: tenha cuidado ao compartilhar informações pessoais durante sua transmissão ao vivo e também no bate-papo ao vivo. O acesso de administrador do seu canal só deve ser fornecido para pessoas em que você confia. O YouTube não solicitará privilégios de moderação na transmissão ao vivo.
  • Controle: sinalize conteúdo impróprio ou bloqueie usuários do bate-papo que fazem você ou outras pessoas se sentirem desconfortáveis. Saiba mais sobre como gerenciar o bate-papo ao vivo.
  • Privacidade: o YouTube tem recursos que podem restringir quem assiste as transmissões ao vivo que você faz. Defina suas transmissões ao vivo pessoais como "privadas" ou "não listadas" para proteger sua privacidade. Na página Privacidade e configurações de segurança, explore as ferramentas disponíveis para ajudar você a gerenciar sua experiência no site.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?