Ajustes às Autorizações de Direitos

Os criadores têm de ter todos os direitos necessários sobre o conteúdo que carregam para o YouTube ou todas as autorizações legais necessárias dos detentores de direitos do conteúdo. Com o Creator Music, os criadores elegíveis têm acesso a um crescente catálogo de música para utilizarem nos respetivos vídeos de formato longo, comprando as licenças relevantes ou partilhando a receita com os detentores de direitos da música. Quando as licenças não são compradas antecipadamente, os criadores elegíveis podem partilhar a receita com os detentores de direitos da música.

Para ativar a partilha de receita de música, o YouTube pode pedir direitos adicionais, como direitos de execução, aos detentores de direitos da música. Um Ajuste à Autorização de Direitos é uma dedução aplicada à partilha de receita de um criador com vista a cobrir o custo de autorização de direitos adicionais da música.

Quando se aplicam os Ajustes às Autorizações de Direitos?

Os Ajustes às Autorizações de Direitos dependem do país/da região onde são detidos os direitos. Mais especificamente, os Ajustes às Autorizações de Direitos aplicam-se apenas aos países/às regiões onde os vídeos de formato longo geram receita.

Para saberem que músicas são elegíveis para a partilha de receita, os criadores elegíveis podem procurar os detalhes de utilização das faixas sonoras no Creator Music. Depois de um vídeo ser publicado, os criadores podem utilizar o YouTube Studio para verem os países/as regiões onde um vídeo está a partilhar receita.

Atenção: os Ajustes às Autorizações de Direitos aplicam-se apenas a vídeos de formato longo e não a streams em direto ou vídeos curtos. Saiba mais sobre a rentabilização de streams em direto e vídeos curtos.

O que acontece quando os Ajustes à Autorização de Direitos não se aplicam?

Quando os Ajustes à Autorização de Direitos indicados nesta página não se aplicam, mas o YouTube é informado por um ou vários terceiros de que os criadores podem não ter obtido todos os direitos necessários, o conteúdo afetado pode ter de ser removido do YouTube, e os criadores podem não ser elegíveis para receber receitas correspondentes ao mesmo. 

Em particular, quando uma ou várias partes reivindicam uma porção de qualquer conteúdo para rentabilização através do sistema do Content ID, as receitas que seriam atribuídas ao criador são atribuídas às partes que fizeram a reivindicação. Quando existe mais do que uma parte a reivindicar, estas receitas são partilhadas entre todas as partes de forma proporcional, sendo que esta partilha é determinada segundo a discrição razoável do YouTube. 

Saiba mais sobre as reivindicações do Content ID.

Como são calculados os Ajustes à Autorização de Direitos?

Com o Creator Music, se um vídeo de formato longo usar faixas elegíveis para a partilha de receita, a partilha de receita padrão de 55% é ajustada de modo a cobrir os custos de autorização de direitos da música, conforme apresentado nos exemplos abaixo. Isto depende dos seguintes fatores:

  • Número de faixas sonoras utilizadas: quantas faixas sonoras elegíveis para a partilha de receita são utilizadas pelo criador no respetivo vídeo (veja os exemplos abaixo).
  • Custos dos direitos adicionais da música: dedução para cobrir os custos dos direitos adicionais da música, como os direitos de execução. Esta dedução, que pode ser de até 5%, reflete o custo combinado dos direitos adicionais das músicas de todas as faixas sonoras do Creator Music que são elegíveis para a partilha de receita.
Exemplos de cálculos de partilha de receita

Exemplo: utilização de 1 faixa sonora elegível para a partilha de receita

Exemplo: o criador usa 1 faixa elegível para a partilha de receita no respetivo vídeo de formato longo e ganha metade da partilha de receita padrão de 55% (27,5%). Por exemplo, a dedução dos custos dos direitos adicionais da música pode ser de 2,5%.

Com este vídeo, o criador ganharia 25% da receita total (27,5% - 2,5%).

 
Exemplo: utilização de 1 faixa sonora elegível para a partilha de receita
Exemplo Partilha de receita: 55% ÷ 2 27,5%
Exemplo Custos dos direitos adicionais da música - 2,5%
Exemplo Receita total 25%

Exemplo: utilização de 2 faixas sonoras elegíveis para a partilha de receita e 1 faixa sonora licenciada

Exemplo: o criador utiliza 2 faixas sonoras elegíveis para a partilha de receita e 1 faixa sonora licenciada no seu vídeo de formato longo, e ganha 1/3 da partilha de receita padrão de 55% (18,33%). Por exemplo, a dedução dos custos dos direitos adicionais da música pode ser de 2%.

Com este vídeo, o criador ganharia 16,33% da receita total (18,33% - 2%).

 
Exemplo: utilização de 2 faixas sonoras elegíveis para a partilha de receita e 1 faixa sonora licenciada
Exemplo Partilha de receita: 55% ÷ 3 18,33%
Exemplo Custos dos direitos adicionais da música - 2,5%
Exemplo Receita total 15,83%

É possível contestar os Ajustes às Autorizações de Direitos?

Se um criador tiver um motivo válido para contestar um Ajuste à Autorização de Direitos, como o facto de deter todos os direitos necessários sobre o conteúdo em causa, pode optar por contestar uma reivindicação do Content ID.

Os criadores devem certificar-se de que compreendem o que acontece à rentabilização durante conflitos do Content ID antes de contestarem uma reivindicação do Content ID.

A informação foi útil?

Como podemos melhorá-la?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
8406331026622945650
true
Pesquisar no Centro de ajuda
true
true
true
true
true
59