We moved control of OnHub and Google Wifi devices to the Google Home app. You can easily migrate your Google Wifi network into the Google Home app, where you’ll be able to control your Wi-Fi network and other connected products in one place.

Funcionalidades de segurança para o Google Nest Wifi e o Google Wifi

Os dispositivos Google Nest Wifi e Google Wifi têm várias medidas de segurança integradas que protegem a si e ao seu mundo online.

Firewall

A firewall do Google Nest Wifi e do Google Wifi cria uma barreira entre a sua rede Wi-Fi e a Internet, protegendo os seus dados contra tentativas de ligação ou ligações não solicitadas. Trata-se de uma firewall com estado, o que significa que monitoriza as ligações (streams de Protocolo de controlo de transmissão [TCP] e comunicação UDP) que por ela passam. A firewall autoriza apenas a passagem de dados associados a uma ligação ativa conhecida.

Nota: definições como o Universal Plug and Play (UPnP) e o encaminhamento de porta permitem que os dispositivos ignorem a firewall e estabeleçam uma ligação aberta, o que os deixa potencialmente vulneráveis.

Segurança WPA2 e WPA3

O Google Nest Wifi e o Google Wifi protegem a sua rede Wi-Fi com o protocolo WPA2 ou o protocolo WPA3 mais recente. A utilização do protocolo WPA3 torna a sua rede Wi-Fi altamente resistente a riscos de segurança, como ataques de dicionário offline.

Por predefinição, o Google Nest Wifi e o Google Wifi utilizam o protocolo WPA2 para maximizar a compatibilidade com dispositivos ligados antigos (como telemóveis, tablets ou portáteis). No entanto, pode ativar o modo de transição WPA3 na app Google Home. Esta definição permite que os dispositivos WPA2 e WPA3 se liguem à sua rede Wi-Fi. Para os dispositivos Google Wifi configurados inicialmente na app Google Wifi, tem de adicionar a sua rede à app Google Home para utilizar esta funcionalidade.

Nota: alguns dispositivos WPA2 antigos podem ser incompatíveis com o WPA3 e ter problemas de ligação quando o modo de transição WPA3 está ativado. Os dispositivos OnHub não suportam o protocolo WPA3.

O Google Nest Wifi e o Google Wifi não suportam protocolos antigos, como WPA e WEP, uma vez que estes foram considerados inseguros pela Wi-Fi Alliance e pelos especialistas do setor. Existem também ataques conhecidos e documentados contra os protocolos WPA e WEP. O WPS, um mecanismo que permite que um dispositivo se ligue a uma rede sem fios sem introduzir uma palavra-passe, também não é suportado por motivos de segurança.

Para ativar o modo de transição WPA3:

  1. Abra a app Google Home Google Home app.
  2. Toque em Wifi
  3. Na parte superior direita, toque em Definições Settings gear.
  4. Ative o WPA3.

Nota: quando ativa ou desativa o WPA3, a rede é reiniciada e os dispositivos perdem a conetividade.

Atualizações automáticas

O Google Nest Wifi e o Google Wifi recebem atualizações de software automáticas para garantir que tem sempre as mais recentes funcionalidades de segurança e proteção contra ameaças de segurança descobertas recentemente. Estas atualizações podem incluir componentes de código aberto e são alvo de várias revisões rigorosas.

Todas as atualizações de software são assinadas pela Google. O Google Nest Wifi e o Google Wifi não podem transferir nem executar qualquer software que não esteja assinado e validado.

TLS

Todas as comunicações entre os dispositivos Google Nest Wifi ou Google Wifi e a Google são protegidas por Transport Layer Security (TLS). Trata-se de um protocolo que garante a privacidade entre um dispositivo e um servidor para assegurar que mais ninguém vê ou manipula a mensagem.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar no Centro de ajuda
true
98632
false