Verificar a propriedade do seu site

O que é a verificação de propriedade?

Verificar a propriedade significa comprovar ao Search Console que você tem a propriedade de um site específico. No Search Console, os proprietários têm acesso a dados confidenciais da Pesquisa Google sobre o site e podem afetar a presença e o comportamento dele na Pesquisa e em outros Serviços do Google. Proprietários verificados podem conceder acesso a outras pessoas para que vejam ou gerenciem dados do site no Search Console.

Caso não seja possível verificar a propriedade do site por algum motivo, peça a um proprietário atual para conceder a você acesso à propriedade no Search Console.

Confirmar a propriedade do site

  1. Adicione uma nova propriedade ou escolha uma propriedade não verificada no seletor de propriedades.
  2. Escolha um dos métodos de verificação listados abaixo e siga as instruções. A página de verificação mostrará uma lista dos métodos disponíveis e recomendados para seu site.

Como usar vários métodos de verificação

Você pode adicionar vários métodos de verificação na página de configurações de verificação da sua propriedade. Talvez você queira adicionar mais de um método de verificação caso ocorra uma falha em algum dos existentes. Por exemplo, se você fizer a verificação usando um código de acompanhamento do Google Analytics e alguém alterar um modelo que omite a tag no seu site.

Para incluir um método de verificação adicional, acesse a página Configurações da propriedade e clique em Verificação de propriedade.

Várias pessoas podem verificar a propriedade do mesmo site usando métodos de verificação iguais ou diferentes. No caso de mais de uma pessoa usar o mesmo método, confira se você não está substituindo os tokens de verificação de outros proprietários.

Como verificar propriedades filhas

Depois de verificar uma propriedade, todas as propriedades filhas que você adicionar serão verificadas automaticamente pelo mesmo método de verificação usado para a organização mãe. Ou seja, se você confirmou a propriedade de example.com usando o método de upload de arquivo HTML, todas as propriedades filhas que você criar (m.example.com ou https://example.com/algum/caminho) serão verificadas automaticamente usando o upload de arquivos HTML.

A verificação vale por quanto tempo?

A verificação será válida enquanto o Search Console puder confirmar a presença e a validade do token de verificação. O Search Console confere periodicamente se o token de verificação ainda está presente e é válido. Se não for possível confirmar a verificação, você receberá uma notificação. Se o problema não for corrigido, as permissões dessa propriedade expirarão após um período de carência.

Se todos os proprietários verificados perderem o acesso a uma propriedade, todos os usuários perderão o acesso à propriedade do Search Console.

O user agent que faz a verificação da tag HTML tem o token Google-Site-Verification e a string completa Mozilla/5.0 (compatible; Google-Site-Verification/1.0)

Quando verei os dados?

Os dados de uma propriedade são coletados assim que alguém os adiciona ao Search Console, mesmo antes da verificação. No entanto, leva alguns dias para que os dados da propriedade comecem a ser acumulados.

Onde está o único proprietário verificado do site?

Se o único proprietário verificado do site sair da equipe, você precisará confirmar a propriedade para manter (ou recuperar) o acesso a ela.

Se estiver assumindo o controle de um site de outro proprietário, após ter verificado a propriedade, você poderá cancelar a verificação de proprietários anteriores removendo o token de verificação deles. Por exemplo, é possível remover a tag HTML do site para proprietários verificados dessa forma. Consulte Adicionar ou remover proprietários para mais informações.

 

Como escolher um método de verificação

O Search Console é compatível com vários métodos de verificação. Consulte a tabela abaixo e escolha a melhor opção para você.

Método Notas
Upload de arquivos HTML Relativamente simples, mas exige a capacidade de enviar um arquivo e publicá-lo no site em um URL específico. Talvez não seja possível em uma plataforma de hospedagem de sites.
Tag HTML Relativamente simples, mas exige a capacidade de editar o código-fonte HTML da página inicial do site. Talvez não seja possível em uma plataforma de hospedagem de sites.
Código de acompanhamento do Google Analytics Simples se a página já tiver um código de acompanhamento do Google Analytics para uma conta nesse produto que você pode acessar. Se a página não tiver um código de acompanhamento, você precisará adicionar um. Isso pode exigir a criação de uma conta do Google Analytics, caso ainda não tenha uma.
Gerenciador de tags do Google Simples se a página já tiver um snippet do Gerenciador de tags do Google para uma conta dessa ferramenta que você pode acessar. Se a página não tiver um snippet, você precisará adicionar um. Isso pode exigir a criação de uma conta do Gerenciador de tags, caso ainda não tenha uma.
Conta do Google Sites, Blogger ou Google Domains Use o método recomendado para cada plataforma.
Provedor do nome de domínio Mais complexo, mas é a única maneira de verificar a propriedade de um domínio. Se o provedor de domínios estiver listado no assistente de verificação, este processo é simples. As propriedades de domínio são úteis porque incluem dados para todas as variações de protocolo (http/https) e subdomínios da sua propriedade.

Detalhes do método de verificação

Sites que usam uma plataforma de hospedagem (WordPress, Shopify, Wix etc.)
Caso você use uma plataforma de hospedagem de sites, como WordPress, Wix ou SquareSpace, talvez não seja possível usar alguns dos métodos listados abaixo. No entanto, a plataforma pode oferecer um plug-in ou uma configuração para verificar sua propriedade de forma fácil ou até automática no Search Console.
Se você usar uma plataforma de hospedagem de sites, siga estas etapas antes de usar um dos métodos de verificação listados nesta página:
  1. Pesquise a documentação do host do site para ver informações de verificação do Search Console. Por exemplo: Verificação do Search Console no Wix, Verificação do Search Console no Weebly ou Search Console do Shopify.
  2. Pesquise na sua plataforma por plug-ins que façam a verificação para você. Por exemplo, o Site Kit for WordPress pode lidar com a verificação e fornecer visualizações simplificadas dos dados do Search Console. Observação: o Site Kit é o único plug-in oficialmente patrocinado pelo Google. Portanto, pesquise sobre qualquer plug-in antes de instalá-lo.
Upload de arquivos HTML

Upload de arquivo HTML para verificação de propriedade do site − Treinamento do Google Search Console

Visão geral

Verifique a propriedade de um site fazendo upload de um arquivo HTML especial para um local específico nele. Esse arquivo é vinculado a um usuário específico. Siga as instruções na página de detalhes da verificação. A remoção desse arquivo resultará na perda da verificação do site.

⚠️ Requisitos

  • O arquivo não pode exigir autenticação. O diretório em que você faz upload do arquivo HTML precisa estar disponível para usuários que não fizeram login. Para testar isso, tente acessar seu arquivo em uma janela anônima do navegador.
  • É preciso ter permissão para fazer upload de um arquivo para o diretório raiz do site, onde ele será disponibilizado para os navegadores da Web. Se você não tiver permissão para fazer isso, tente outro método de verificação. Se você estiver usando uma plataforma de hospedagem de sites, talvez seja necessário pesquisar as páginas de ajuda do seu serviço para ver se isso é possível.
  • O upload de arquivos HTML pode ser usado para propriedades de prefixo de URL, mas não para propriedades de domínio.

Etapas

Para verificar a propriedade usando um arquivo HTML, faça o seguinte:

  1. Caso esteja usando uma plataforma de hospedagem de sites, pesquise as páginas de ajuda do seu serviço para ver instruções personalizadas de verificação do site no Search Console. Se você não encontrar informações, siga para as próximas etapas.
  2. Leia os requisitos desta técnica de verificação.
  3. Escolha o método de upload de arquivo HTML na página "Verificação de propriedade" da sua propriedade.
  4. Faça o download do arquivo de verificação fornecido. Esse arquivo é único para você. Ele não pode ser usado para identificar outra pessoa e está associado à sua conta do Gmail.
  5. Faça upload do arquivo de verificação no site para que ele esteja disponível no endereço especificado na página de detalhes da verificação. Normalmente, é o diretório raiz da sua propriedade. Ou seja, se você definiu a propriedade como https://example.com, e o arquivo fornecido tiver o nome 1234.txt, ele precisará estar disponível para navegação em https://example.com/1234.txt. O Search Console não segue redirecionamentos ao procurar este arquivo. Se necessário, você pode adicionar novas linhas ao final do corpo do arquivo, mas não modificar o nome nem o conteúdo dele.
  6. Para confirmar se você pode ver o arquivo, acesse-o pelo navegador no local especificado pelo assistente de verificação do Search Console. Se o arquivo não estiver disponível para o navegador nesse URL, o Google não conseguirá encontrá-lo para fazer a verificação. DICA: use uma janela anônima no navegador para confirmar que não é necessário fazer login para acessá-la.
  7. Conclua a verificação clicando em Verificar na página de detalhes da verificação.
  8. Se a verificação falhar, consulte Possíveis erros abaixo para resolver o problema.

Solução de problemas

Os seguintes erros podem ocorrer com a verificação do upload de um arquivo HTML:

  • O arquivo de verificação não foi encontrado no local obrigatório
    O Search Console não conseguiu encontrar o arquivo de verificação pessoal no local raiz da sua propriedade. Faça upload do arquivo de verificação fornecido para o local especificado no seu site sem nenhuma modificação. Se o nome ou o conteúdo do arquivo não for compatível com o arquivo HTML fornecido, não será possível verificar a titularidade do seu site. Para verificar se o arquivo está presente, tente acessá-lo no navegador.
  • O arquivo de verificação tem o conteúdo errado.
    O arquivo de verificação disponibilizado pelo Search Console precisa ser usado exatamente como foi fornecido, sem modificações no nome ou no conteúdo. Se o nome ou o conteúdo do arquivo não corresponder ao arquivo disponibilizado pelo Search Console para o usuário conectado, não vai ser possível verificar a propriedade. Use o arquivo de verificação do Search Console e faça upload dele para o local especificado sem modificações.
  • O arquivo de verificação foi invadido.
    A falha ocorrida na verificação indica que seu site pode ter sido invadido. Saiba mais sobre como detectar e corrigir sites invadidos.
  • O arquivo de verificação redireciona para um local não permitido
    O Search Console não acessa redirecionamentos para outro domínio ao procurar arquivos de verificação, mas acessa redirecionamentos no mesmo domínio. Procure o arquivo e verifique se você foi redirecionado para um novo domínio. Caso seu site redirecione todo o tráfego para outro site, recomendamos o uso da verificação de tag HTML. Alguns exemplos de redirecionamentos compatíveis e incompatíveis:
    • http://example.com para http://www.example.com: é compatível.
    • http://example.com para https://example.com: é compatível; redirecionamentos para um novo protocolo (http/https) são permitidos.
    • example.com para foo.com: não é compatível, domínios diferentes.
    • m.example.com para example.com:
    • example.com para m.example.com:
  • Veja mais problemas comuns de verificação abaixo.
Tag HTML

Tag HTML para verificação de propriedade do site − Treinamento do Google Search Console

Visão geral

Verifique a propriedade de um site adicionando uma tag <meta> ao HTML de uma página especificada. Nós verificaremos se a metatag está presente nessa página. Caso não seja possível localizar a tag, enviaremos as informações sobre o erro encontrado. Essa tag é vinculada a um usuário específico. O Search Console verificará periodicamente a presença dessa tag.

⚠️ Requisitos

  • Sua página inicial não pode exigir autenticação. A página inicial do site precisa estar disponível para usuários que não fizeram login.
  • Você precisa ser capaz de editar diretamente o código-fonte HTML da página inicial do site. Mais especificamente, é necessário que você consiga inserir uma tag na seção <head> da página inicial. Se você não tiver permissão para fazer isso, tente outro método de verificação. Se você estiver usando uma plataforma de hospedagem de sites, talvez seja necessário pesquisar as páginas de ajuda do seu serviço para ver se isso é possível.
  • A tag precisa ser inserida no arquivo antes de atingir 2 MB. Recursos externos, como scripts, não contam como parte do tamanho. Essa restrição afeta muito poucos sites.
  • Pode ser usado para propriedades de prefixo de URL, mas não para propriedades de domínio.

Etapas

Para verificar a propriedade usando uma tag HTML, faça o seguinte:

  1. Caso esteja usando uma plataforma de hospedagem de sites, pesquise as páginas de ajuda do seu serviço para ver instruções personalizadas de verificação do site no Search Console. Se você não encontrar informações, siga para as próximas etapas.
  2. Leia os requisitos desta técnica de verificação.
  3. Escolha o método de tag HTML na página "Verificação de propriedade" da sua propriedade.
  4. Copie a tag do assistente de verificação do Search Console para a seção <head> do HTML da página inicial sem login (consulte a observação). Exemplo:
    <head>
    <title>Página inicial de Example.com</title>
    <meta name="google-site-verification" content="......." />
    </head>

    Essa tag é única para você. Ela não pode ser usada para identificar outra pessoa e está associada à sua conta do Gmail.
  5. Salve sua página. Confirme se a tag está presente na página ativa acessando a página e procurando a tag no código-fonte dela. Pressione Control + F e procure "google-site-verification" no código da página para encontrar a tag.
  6. Conclua a verificação clicando em Verificar na página de detalhes da verificação.
  7. Se a verificação falhar, consulte Possíveis erros abaixo para resolver o problema.

Solução de problemas

Os seguintes erros podem ocorrer com a verificação por tag HTML:

  • A metatag não foi encontrada/está em um local incorreto. A metatag de verificação precisa estar dentro da seção <head> da página. Se você receber esses erros, verifique o seguinte:
    • A metatag está na página correta? Procuramos por ela na fonte renderizada da página inicial do site. Esta é a página que o navegador abre quando acessa o URL que define sua propriedade do Search Console.

    • A metatag está no local correto da página? Procuramos isso na seção <head> da página. Veja um exemplo de posicionamento correto abaixo.
      <html>
        <head>
          <title>Título da sua página</title>
          <meta name="google-site-verification" content="sua string de verificação">
        </head>
      <body>
      ...
      
    • Se você estiver usando um editor da Web ou WYSIWYG para editar sua página, edite o HTML da página ativa, e não apenas a cópia local no computador.
  • Sua metatag está incorreta.
    Encontramos a metatag de verificação, mas o conteúdo está incorreto. Para evitar erros, copie e cole a metatag fornecida na página "Verificação" do Search Console. Se já houver a tag de verificação de outro usuário na página, é possível que você receba esse erro. Confirme se a tag exata fornecida no assistente de verificação do Search Console está presente no HTML da página.
  • Sua metatag não está formatada corretamente.
    Encontramos a metatag na página, mas parece que há um erro de sintaxe. Copie e cole a tag exatamente como fornecida pelo Search Console no HTML de origem da sua página. Você não verá a tag no navegador ao acessar essa página. Ela só será exibida quando você analisar o HTML que gera a página.
  • Veja mais problemas comuns de verificação abaixo.
Provedor do nome de domínio

Registro de DNS para verificação de propriedade do site − Treinamento do Google Search Console

Visão geral

Adicione um registro DNS à lista de registros do provedor de domínio para comprovar a propriedade. Isso é necessário somente para Propriedades do domínio (example.com), não para propriedades de prefixo de URL (https://example.com). Se você usar esse método em uma propriedade de prefixo de URL, a propriedade do domínio também será verificada automaticamente.

O Google pode adicionar o registro em certos domínios, mas, em outros, você precisará inseri-lo por conta própria.

É possível verificar a propriedade de domínios raiz (example.com) ou de subdomínios (m.example.com). Verificar a propriedade de um domínio raiz confirma automaticamente a propriedade de todos os subdomínios, mas a verificação de um subdomínio não confirma a propriedade do domínio pai. Por exemplo: confirmar a propriedade de m.example.com também verifica a propriedade de pets.m.example.com, mas não verifica a propriedade de example.com.

⚠️ Requisitos

  • É necessário ter um nome de domínio personalizado ou controlar seu nome de domínio.
  • Você precisa conseguir fazer login na página de administração do provedor de nome de domínio.

Etapas

Para confirmar a propriedade pelo seu provedor de nome de domínio (a empresa de que você comprou o nome de domínio), faça o seguinte:

  1. Caso esteja usando uma plataforma de hospedagem de sites, pesquise as páginas de ajuda do serviço em busca de instruções personalizadas sobre como verificar seu site no Search Console. Veja dicas para encontrar seu provedor de DNS caso não tenha essa informação. Se você não encontrar uma solução personalizada na página do seu provedor, siga para as próximas etapas.
  2. Escolha o método de provedor de nome de domínio na página de verificação de propriedade no Search Console. Ele vai ser escolhido automaticamente quando você criar uma propriedade de domínio.
    • Se o Search Console oferecer um registro TXT, siga as instruções manuais para provedores de nome de domínio > instruções para registros DNS TXT abaixo.
    • Se o Search Console mostrar seu provedor de nome de domínio em uma lista, escolha o provedor, clique em Iniciar verificação e siga as instruções. Você vai precisar fazer login no seu provedor de nome de domínio. Depois disso, a verificação vai ocorrer imediatamente.
    • Se o Search Console mostrar um provedor de nome de domínio diferente, escolha Qualquer provedor de DNS na lista e siga as instruções manuais para provedores de nome de domínio abaixo.
      Instruções manuais para provedores de nome de domínio
      Se o Search Console não indicar seu provedor de nome de domínio na caixa de diálogo de verificação, você vai precisar adicionar manualmente o registro DNS aos registros do provedor. Esse registro DNS é um par de nome/valor informado pelo Search Console. Vamos começar:
      1. Determine qual formato de registro DNS vai ser usado: Escolha entre um registro TXT e CNAME, dependendo da configuração do seu site. Veja como decidir qual deles usar:
        1. Abra o Google Admin Toolbox na guia CNAME
        2. Digite o nome de domínio da sua propriedade. É a parte depois de "https://". Na propriedade "https://www.example.com/", o nome de domínio seria "www.example.com".
        3. Confira a saída na guia CNAME.
      2. Siga as instruções adequadas para seu registro TXT ou CNAME abaixo.
      Instruções para registros DNS TXT
      1. Gere um registro de verificação TXT exclusivo: ao receber uma solicitação para verificar sua propriedade do domínio no Search Console, escolha TXT em Selecione o tipo de registro no pop-up de verificação do Search Console. O Search Console vai disponibilizar um registro TXT de valor de string para você usar na próxima etapa.
      2. Adicione o registro DNS ao provedor de domínio: adicione o registro TXT que o Search Console disponibilizou na etapa anterior aos registros do seu provedor de domínio seguindo estas etapas:
        1. Abra a documentação do Google Workspace do seu provedor.
        2. Ignore a etapa 1 do Google Workspace (acesse seu registro de verificação exclusivo), porque você encontrou o registro TXT no Search Console.
        3. Faça login no host de domínio (normalmente a etapa 2 do Google Workspace).
        4. Adicione o registro TXT do Search Console aos registros DNS do domínio (normalmente a etapa 3 do Google Workspace):
          • Na propriedade Host/Nome, deixe em branco ou defina como "@", conforme descrito na documentação do seu provedor de DNS.
          • Na propriedade Valor, forneça a string do registro TXT do Search Console que você gerou anteriormente.
        5. Ignore a etapa 4 do Google Workspace (verificação) e continue com a etapa 4 abaixo.
      Instruções para registro DNS CNAME
      1. Gere um registro de verificação CNAME exclusivo: no fluxo de verificação da propriedade do domínio, escolha CNAME em Selecione o tipo de registro no pop-up de verificação do Search Console. Você vai receber dois valores, um chamado "nome", "etiqueta" ou "host", outro chamado "destino" ou "alvo", dependendo do contexto, que vão ser usados na próxima etapa.
      2. Adicione os valores do registro DNS ao provedor de domínio:
        1. Abra a documentação do Google Workspace do seu provedor.
        2. Ignore a etapa 1 do Google Workspace (acesse o registro de verificação exclusivo), porque você encontrou o registro CNAME no Search Console.
        3. Faça login no host de domínio (normalmente a etapa 2 do Google Workspace).
        4. Adicione o registro de verificação CNAME aos registros DNS do seu domínio (normalmente a etapa 3 do Google Workspace) usando os valores de registro obtidos no Search Console anteriormente. Insira os dois valores nos campos apropriados do site do provedor de DNS. Use o valor TTL padrão sugerido pelo provedor.
        5. Ignore a etapa 4 do Google Workspace (verificação) e continue com a etapa 4 abaixo.
  3. Conclua a verificação de propriedade clicando em Verificar na página de detalhes da verificação do Search Console. IMPORTANTE: para registros instalados manualmente, pode levar até dois ou três dias para o provedor começar a exibir o registro. Se você seguiu as instruções manuais para provedor de nome de domínio e a verificação falhou, aguarde um ou dois dias e tente novamente. Consulte a seção "Possíveis erros" para saber como resolver problemas ou para saber se o provedor de nome de domínio já está veiculando seu registro.
Importante: para manter a verificação, não remova o registro de DNS do seu provedor, mesmo depois que a verificação for concluída.

Solução de problemas

Para ver quais registros são exibidos pelo provedor de nome de domínio, faça o seguinte:

  1. Acesse o Google Admin Toolbox.
  2. Digite o nome do seu domínio na caixa na parte superior, sem o protocolo ou as barras (ou seja, digite example.com e não https://example.com).
  3. Clique em TXT ou CNAME, dependendo do tipo de registro usado na verificação. A maioria dos sites usa registros TXT para verificação de domínio.
  4. Todos os registros DNS do tipo selecionado encontrados no seu provedor serão exibidos na parte inferior com um rótulo que descreve o tipo de registro (geralmente CNAME ou TXT).
  5. Procure na lista de registros o registro DNS emitido para você pelo Search Console.
    • Para registros TXT, um registro de verificação do Search Console é semelhante a google-site-verification=<<some number>>.
    • Para registros CNAME, o registro de verificação é um par de nome/valor em que o nome inclui o domínio da propriedade e o valor inclui dv.googlehosted.com.
    Seu registro precisa corresponder exatamente aos valores fornecidos pelo Search Console. É possível pesquisar seus valores de registro DNS no Search Console seguindo as etapas da verificação manual novamente até a etapa em que você gera um registro de verificação.
  6. Se suas credenciais não estiverem listadas, aguarde um ou dois dias e tente novamente.

Para ver o registro DNS depois de verificar sua propriedade usando o método DNS, faça o seguinte:

  1. Abra a Central do webmaster.
  2. Clique no nome da sua propriedade na lista para ver uma lista de métodos de verificação.
  3. Ao lado do registro TXT do DNS ou do registro CNAME do DNS, clique em Detalhes para ver o valor associado.
  4. Se preferir, você também poderá ver todos os registros do provedor de nome de domínio no Google Admin Toolbox, como descrito acima.

Os seguintes erros de verificação podem ocorrer com a verificação de registro DNS:

  • Seu registro TXT do DNS de verificação não foi encontrado.
    Seu registro TXT de verificação não foi encontrado. Depois de postar o registro, pode levar alguns minutos ou dias para que ele seja detectado pelo Google. Aguarde um ou dois dias e tente novamente.
  • Não encontramos uma correspondência para seu registro de verificação.
    Nenhum registro de verificação no seu provedor de DNS correspondeu ao valor atribuído a você pelo Search Console. Use o registro fornecido pela página de verificação. Para um registro TXT, deixe o campo nome/host em branco e use a string TXT no campo de valor do registro DNS. Para um registro CNAME, você recebe um par de nome/valor para usar nos campos de nome/valor do registro DNS.
  • Veja mais problemas comuns de verificação abaixo.
Código de acompanhamento do Google Analytics

Google Analytics para verificação de propriedade do site − Treinamento do Google Search Console

Visão geral

Se você utiliza o Google Analytics para rastrear o tráfego do site e tem permissão para edição na conta, é possível usar o código de acompanhamento do Google Analytics do site para verificá-lo. É necessário fazer login no Search Console com a mesma Conta do Google usada para gerenciar o Google Analytics.

⚠️ Requisitos

  • Sua página inicial não pode exigir autenticação. A página inicial do site precisa estar disponível para usuários que não fizeram login para verificação. Além disso, as páginas que exigem autenticação para acesso geralmente não aparecem com frequência na Pesquisa, por isso, não geram dados significativos nela.
  • Você precisa ter direitos de edição da conta do Google Analytics usada pela página. No Google Analytics 4, o código de verificação é associado a um fluxo da plataforma. Para versões anteriores do Google Analytics, o código de verificação é associado a uma propriedade da Web da plataforma.
  • É necessário usar a mesma Conta do Google com o Search Console e o Google Analytics.
  • A página inicial sem login (consulte a observação) precisa ter o snippet analytics.js ou gtag.js. O código de acompanhamento precisa estar na seção <head>, e não na seção <body> da página. Para confirmar a presença dessa tag, acesse a página no navegador, veja o código da página e pesquise o snippet.
  • Use o código do Google Analytics exatamente como ele foi fornecido, não o modifique. Se você o modificar, haverá falha na verificação.
  • A tag precisa ser inserida no arquivo antes de atingir 2 MB. Recursos externos, como scripts, não contam como parte do tamanho. Essa restrição afeta muito poucos sites.
  • Pode ser usado para propriedades de prefixo de URL, mas não para propriedades de domínio.

Etapas

Para verificar a propriedade com a tag do Google Analytics, faça o seguinte:

  1. Leia os requisitos desta técnica de verificação.
  2. Abra o Search Console usando a mesma Conta do Google que tem acesso de edição à propriedade no Google Analytics e adicione ou selecione a propriedade a ser verificada.
  3. Escolha Google Analytics na página de detalhes da verificação do seu site e clique em Verificar.
  4. Se a verificação falhar, consulte Possíveis erros abaixo para resolver o problema.

Solução de problemas

Os seguintes erros podem ocorrer com a verificação do código de acompanhamento do Google Analytics:

  • O código do Google Analytics não foi encontrado. Não foi possível encontrar códigos de acompanhamento do Google Analytics na página de índice do seu site.
    Nenhum código de acompanhamento do Google Analytics foi encontrado na página inicial da propriedade.
  • Código incorreto. O código de acompanhamento do Google Analytics no seu site parece estar corrompido.
    Um segmento que parece ser um código de acompanhamento do Google Analytics foi encontrado na página, mas parece estar incorreto. Use o código de acompanhamento do Google Analytics exatamente como ele foi fornecido.
  • Um snippet antigo do Google Analytics foi encontrado. O código de acompanhamento do Google Analytics no site usa o snippet tradicional.
    Uma versão mais antiga do código do Analytics está presente na página inicial. O Search Console só é compatível com a versão mais recente do snippet do Google Analytics. Os snippets mais antigos contêm _gat. ou _getTracker|urchin.js.
  • Código do Gerenciador de tags do Google encontrado. Encontramos um snippet do Gerenciador de tags do Google no seu site.
    O Search Console encontrou um snippet do Gerenciador de tags do Google na página, mas nenhum snippet do Google Analytics. Verifique essa propriedade usando o método do Google Analytics.
  • Tipo de snippet incorreto. Encontramos um snippet de gerenciador de tags de terceiros no seu site.
    Verifique se você está usando um snippet do Google Analytics na página.
  • O snippet está no local errado. O código de acompanhamento do Google Analytics no seu site está no local incorreto da página.
    O snippet precisa estar na seção <head> da página inicial. Para fazer isso, visualize a fonte renderizada da página inicial.
  • Você não tem uma conta do Google Analytics. Você ainda não criou uma conta no Google Analytics.
    Você precisa ter uma conta válida do Google Analytics. Essa conta precisa ser usada no site e você precisa fazer login no Search Console com a Conta do Google usada para acessar o Google Analytics. Além disso, você precisa ter permissões para edição nessa conta do Google Analytics.
  • Nenhuma visualização foi criada. Você ainda não criou uma visualização de site no Google Analytics.
    Você tem uma propriedade do Google Analytics sem visualizações. É necessário criar uma visualização nesta propriedade antes de usar o Google Analytics para verificar a propriedade do site.
  • Permissão insuficiente. É preciso ter direitos de edição nesta propriedade da Web do Google Analytics para usar este método de verificação.
    É preciso ter direitos de edição na propriedade do Google Analytics usada no site. Faça login no Search Console com uma conta que tenha direitos de edição no Google Analytics.
  • Veja mais problemas comuns de verificação abaixo.
Snippet de contêiner do Gerenciador de tags do Google

Gerenciador de tags do Google para verificação de propriedade do site − Treinamento do Google Search Console

Visão geral

Se você tiver uma conta do Gerenciador de tags do Google ativa no site e permissão de publicação ou administração, será possível verificar a propriedade de um site usando o código de snippet do contêiner do Gerenciador de tags do Google. Você precisa fazer login no Search Console com a mesma Conta do Google usada para administrar o Gerenciador de tags.

⚠️ Requisitos

  • Sua página inicial não pode exigir autenticação. A página inicial do site precisa estar disponível para usuários que não fizeram login para verificação. Além disso, as páginas que exigem autenticação para acesso geralmente não aparecem com frequência na Pesquisa, por isso, não geram dados significativos nela.
  • É preciso ter a permissão de publicação ou administração no contêiner do Gerenciador de tags do Google da página.
  • É necessário usar a mesma Conta do Google com o Search Console e o Gerenciador de tags do Google.
  • Sua página inicial sem login (consulte a observação) precisa ter a tag correta no local certo. A parte <SCRIPT> do código do Gerenciador de tags precisa ser colocada imediatamente após a tag de abertura <body> da sua página. Caso contrário, a verificação falhará. Não é possível inserir uma camada de dados (nem outras informações além de comentários HTML) entre <body> e o código do Gerenciador de tags. Para confirmar a presença dessa tag, acesse a página no navegador, veja o código da página e pesquise o snippet.
  • Use o código exatamente como ele foi fornecido, não o modifique. Se você o modificar, haverá falha na verificação.
  • A tag precisa ser inserida no arquivo antes de atingir 2 MB. Recursos externos, como scripts, não contam como parte do tamanho. Essa restrição afeta muito poucos sites.
  • Pode ser usado para propriedades de prefixo de URL, mas não para propriedades de domínio.

Etapas

Para verificar a propriedade com uma tag do Gerenciador de tags do Google, faça o seguinte:

  1. Abra o Search Console usando a mesma Conta do Google que tem acesso de edição no Gerenciador de tags do Google.
  2. Leia os requisitos desta técnica de verificação.
  3. Escolha a opção Gerenciador de tags do Google na página de detalhes da verificação do seu site e siga as instruções.
  4. Se a verificação falhar, consulte Possíveis erros abaixo para resolver o problema.

Solução de problemas

Os seguintes erros podem ocorrer com a verificação do Gerenciador de tags do Google:

  • Tag não encontrada. Não foi possível encontrar um ID de contêiner do Gerenciador de tags do Google na página inicial do seu site.
    O Search Console não conseguiu encontrar um código do Gerenciador de tags do Google na página inicial do seu site.
  • Permissões insuficientes. É preciso ter direitos de "publicação" ou "administrador" neste contêiner do Gerenciador de tags para usar este método de
    verificação
    .
    Para usar este método de verificação, é necessário ter permissão de publicação ou de administrador no contêiner do Gerenciador de tags do Google.
  • Tag incorreta. O ID do contêiner usado pelo seu site não está associado à sua conta do Gerenciador de tags.
    O código do Gerenciador de tags foi encontrado na página inicial, mas você não fez login no Search Console com uma conta que tenha as permissões adequadas para esse contêiner do Gerenciador de tags. Verifique se você está usando o Search Console com uma Conta do Google que tem as permissões adequadas nesse contêiner do Gerenciador de tags.
  • Não há contêineres do Gerenciador de tags. Você ainda não criou contêineres no Gerenciador de tags do Google.
    Você não criou contêineres na sua Conta do Gerenciador de tags para a Conta do Google usada no momento. Verifique se você criou um contêiner do Gerenciador de tags e se está acessando o Search Console com a Conta do Google que tem as permissões adequadas nesse contêiner.
  • A tag está no local errado. Não foi possível encontrar o ID do contêiner do Gerenciador de tags do Google na página inicial do seu site.
    A tag não está na página inicial ou não está no local exigido no código da página (dentro do elemento <head>). Coloque a tag na página e no local adequados, conforme descrito na documentação do Gerenciador de tags.
  • Veja mais problemas comuns de verificação abaixo.
Google Sites

Verificação de propriedade do site do Google − Treinamento do Google Search Console

Visão geral

Se você tiver a propriedade de um site do Google Sites, ao fazer login no Search Console com a mesma Conta do Google, a propriedade será verificada automaticamente. 

⚠️ Requisitos

  • O site Google precisa ser criado com a mesma Conta do Google usada no Search Console.
  • Você precisa fazer login no Search Console com a mesma conta usada para gerenciar seu site Google.

Etapas

Blogger

Blogger para verificação de propriedade do site − Treinamento do Google Search Console

Visão geral

Os blogs novos criados no Blogger serão adicionados e verificados automaticamente na sua conta do Search Console. Caso seu blog não apareça automaticamente na página inicial do Search Console, adicione a propriedade e ele será verificado automaticamente.

⚠️ Requisitos

  • Os blogs mais antigos não são verificados automaticamente. É preciso fazer a verificação usando o método de tag HTML.
  • Faça login no Search Console com a mesma conta usada para gerenciar seu blog.
Google Domains
Caso você tenha registrado um domínio com o Google Domains, todas as propriedades registradas nele serão verificadas automaticamente quando adicionadas ao Search Console se você usar a mesma Conta do Google para gerenciar os dois produtos.

Onde preciso colocar minha tag de verificação?

Se você usar um método de verificação com base em tag (Google Analytics, Gerenciador de tags do Google ou tag HTML <meta>), o Search Console procurará a tag de verificação na página a que os usuários que não fizeram login são redirecionados ao acessar o URL que define sua propriedade.

Exemplo

Se você definir a propriedade como https://example.com e os usuários que não fizeram login forem redirecionados para https://example.com/home ao digitar o URL no navegador, o Search Console procurará sua tag de verificação nesta página.

Em outros métodos de verificação, como o upload de arquivo, os redirecionamentos não são seguidos.

Erros de verificação comuns

Além dos erros específicos a cada método de verificação, os seguintes problemas podem ocorrer na maioria desses métodos:

  • Há erros de tag/snippet/arquivo incorreto.
    Use a tag, o snippet de código ou o arquivo exato que foi fornecido ao iniciar a verificação.
  • A conexão com seu servidor expirou.
    Não foi possível verificar seu arquivo porque o tempo limite do servidor foi atingido. Isso pode ter ocorrido porque o servidor está com problemas ou ocupado e respondendo lentamente. Verifique se o servidor está respondendo e tente novamente.
  • Encontramos um erro durante a pesquisa do nome do domínio do seu site.
    Tentamos acessar o arquivo de verificação, mas não conseguimos acessar seu domínio devido a um erro de DNS. Isso poderá ter ocorrido devido a problemas no servidor ou de redirecionamento de DNS para seu domínio. Verifique se seu domínio está correto e tente novamente.
  • A solicitação de download foi redirecionada muitas vezes.
    Verifique se há problemas com o URL, como um loop infinito.
  • Seu servidor retornou uma resposta inválida.
    Isso poderá acontecer se o site solicitar autenticação de senha ou não conseguirmos acessá-lo por outros motivos.
  • Não foi possível estabelecer uma conexão com seu servidor.
    Verifique se o servidor não está com problemas e se o domínio está correto e tente novamente.
  • Ocorreu um erro interno.
    Se o problema persistir, procure atualizações no Fórum de Ajuda para webmasters.
  • Tempo limite
    O site ou o servidor do domínio parou de responder às nossas solicitações (dependendo do método de verificação usado). Confirme se o site está respondendo e tente novamente.
  • Não foi possível encontrar o domínio.
    Tentamos resolver o URL do site fornecido, mas ele é desconhecido para o serviço de DNS. Verifique se você indicou o URL correto da propriedade.

Se você estiver com dificuldade para verificar a propriedade do domínio, entre em contato conosco:

Informar problemas de verificação

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
83844
false
false