Gerenciar sitemaps com o relatório de sitemaps

Use o relatório de sitemaps para gerar informações sobre os novos sitemaps da sua propriedade, ver o histórico de envios deles e identificar os erros encontrados pelo Google ao analisá-los.

Abrir o relatório de sitemaps

 

O que é um sitemap? Eu preciso desse relatório?

Um sitemap é um arquivo no seu site que informa ao Google quais páginas do seu site devemos conhecer.

  • Se você usa um serviço de hospedagem na Web, como o Squarespace ou o Wix, ele provavelmente gerencia um sitemap para você. Nesse caso, não é necessário criar esse arquivo nem usar o relatório. Pesquise informações sobre sitemaps no site do seu provedor de hospedagem.
  • Se você tem um site pequeno (menos de cem páginas) e pode acessar qualquer página dele seguindo um ou mais links da sua página inicial, provavelmente não é necessário usar um sitemap nem esse relatório. Nesse caso, basta solicitar a indexação da sua página inicial. Se você estiver usando um serviço de hospedagem na Web, conforme mencionado anteriormente, não é necessário fazer nada.

Saiba mais sobre os sitemaps.

Gerenciar sitemaps

API Sitemaps
Você também pode usar a API Sitemaps do Search Console para gerenciar os sitemaps. A API oferece as mesmas funcionalidades e informações que esse relatório.
Enviar um sitemap
"Enviar" um sitemap significa dizer ao Google onde encontrar o arquivo no seu site. Não é possível fazer upload de um sitemap para o Google.

Veja como enviar um novo sitemap para o rastreamento:

  1. Você precisa ter as permissões de proprietário em uma propriedade para enviar um sitemap usando o relatório. Se você não tiver permissões de proprietário do site, liste o sitemap no seu arquivo robots.txt em vez de fazer o envio com esse relatório.
  2. Poste o sitemap no seu site.
    • O sitemap precisa usar um dos formatos aceitos. Siga as diretrizes dos sitemaps para saber mais sobre a sintaxe, localização de arquivos e assim por diante.
    • É recomendável colocar um sitemap na raiz do seu site. No entanto, se você estiver usando um serviço de hospedagem, como Blogger, Wix ou GoDaddy, leia a documentação correspondente para saber onde e como postar seu sitemap e se ele realmente é necessário.
    • Use um gerador de sitemap XML para criar e testar o sitemap em busca de erros de sintaxe.
  3. Teste se o sitemap está disponível para o Google. É necessário que ele seja acessível ao Googlebot e não esteja bloqueado por requisitos de login. É possível testar se o sitemap pode ser acessado pelo Googlebot ao realizar uma inspeção de URLs ativos e conferir se a Busca de página foi "Concluída".
  4. Abra o relatório de sitemaps, copie o URL testado na etapa 3, cole na caixa Adicionar um novo sitemap no relatório e clique em Enviar.
  5. O sitemap vai ser buscado imediatamente. No entanto, talvez leve algum tempo até o rastreamento dos URLs listados nele. Além disso, é possível que nem todos esses URLs sejam rastreados, dependendo do tamanho, da atividade, do tráfego do site e assim por diante.
  6. Se o status do sitemap não for Processado, clique na linha do relatório para ver detalhes sobre a falha e leia sobre os erros abaixo.

Verifique periodicamente para confirmar se o Google consegue buscar e processar seus sitemaps.

Reenviar um sitemap

Se um sitemap for rastreado, o Google vai fazer o rastreamento periodicamente em um ritmo não relacionado ao rastreamento normal do site.
Se você fizer mudanças importantes em um sitemap, reenvie o arquivo com uma nova solicitação. Caso contrário, se o sitemap não tiver atualizações críticas que precisem ser processadas imediatamente, deixe o Google seguir a programação de rastreamento normal.
Caso ocorra uma falha na busca de um sitemap na primeira solicitação ou após um novo rastreamento programado, o Google vai tentar novamente por alguns dias e parar se o sitemap continuar indisponível ou tiver erros críticos. Nesse caso, corrija o problema e reenvie o sitemap com uma nova solicitação. O status do rastreamento mais recente de cada solicitação é exibido no relatório.

Excluir um sitemap

A exclusão de um sitemap o remove desse relatório, mas o Google não vai esquecer o sitemap nem os URLs listados nele. Se você quer impedir que o Google acesse os URLs listados em um sitemap, use uma regra de robots.txt.

Para excluir um sitemap do relatório, faça o seguinte:

  1. Na tabela do relatório principal, localize e clique no sitemap que você quer excluir.
  2. Na página de detalhes do sitemap, clique no botão de mais opções Mais
  3. Clique em Remover sitemap.
  4. Para impedir que o Google continue acessando o sitemap ou qualquer URL listado nele, use um dos seguintes métodos para o sitemap ou o URL da página:

Programação de rastreamento do sitemap

O Google tenta rastrear o sitemap assim que ele é enviado. Se a solicitação for bem-sucedida, o Google vai continuar rastreando o sitemap novamente em um ritmo independente da programação de rastreamento do site.

Caso ocorra uma falha na busca ou na análise do sitemap, o Google vai continuar tentando buscar e processar o arquivo por alguns dias. Se as tentativas continuarem a gerar falhas, o Google vai deixar de rastrear o URL. Os problemas que afetam URLs individuais não impedem que o Google continue lendo o sitemap, desde que ele possa ser buscado e lido em geral.

Leitura do relatório

  1. Na página do relatório de sitemaps de nível superior, veja o status das solicitações do Google para todos os sitemaps enviados usando esse relatório ou a API. O relatório mostra o status da última solicitação para cada sitemap. Cada sitemap vai ter um dos seguintes valores, que mostra o status da última solicitação:
    1. Processado: o sitemap foi buscado e lido sem erros.
    2. Não foi possível buscar o sitemap: o Google não conseguiu buscar o sitemap.
    3. O sitemap apresentou X erros: o sitemap foi buscado e lido parcialmente, porque alguns erros foram encontrados.
  2. Clique em um sitemap específico para ver uma página de detalhes com informações sobre o sitemap e a solicitação.
    • Se a página de detalhes mostrar Não foi possível ler o sitemap, a busca falhou por um destes motivos, conforme exibido na página de detalhes. Abra a seção abaixo do erro para ver mais detalhes. Tente corrigir o problema e reenvie o sitemap pelo relatório. Se a busca do sitemap falhar, após tentar mais algumas vezes, o Google vai parar de fazer a leitura dele.
    • Se a página de detalhes mostrar O sitemap pode ser lido, mas contém erros, você vai ver uma lista de erros na página de detalhes desse sitemap. Abra a seção abaixo do erro para ver mais detalhes. Saiba mais sobre esses erros e a correção deles.

Importante:

  • Esse relatório mostra somente sitemaps que você enviou com o uso dele ou da API. Ele não exibe sitemaps identificados por uma referência do robots.txt ou por outros métodos de descoberta. No entanto, mesmo que já tenhamos descoberto um sitemap por outro meio, ele ainda pode ser enviado usando esse relatório para acompanhar nossas taxas de sucesso e erro.
  • O relatório só mostra sitemaps que estão na propriedade atual. Caso você não encontre um sitemap esperado, confira se não há confusão entre as propriedades http/https ou www/sem www.
  • Se o sitemap não puder ser lido após várias tentativas, o Google vai parar de fazer a leitura dele. Corrija os erros e reenvie o sitemap.
  • Se o Google conseguiu ler o sitemap, ele vai se lembrar dessa informação. A falha ou conclusão de uma leitura posterior do sitemap não vai fazer com que o Google "esqueça" as informações das leituras anteriores. No entanto, as novas informações sobre um determinado URL vão substituir as mais antigas sobre esse mesmo URL.
  • Você pode enviar URLs de imagens, vídeos ou notícias no sitemap. No entanto, no momento, o relatório não mostra dados para esses tipos de URLs.
  • O relatório pode mostrar no máximo mil solicitações enviadas. É possível enviar mais, mas apenas mil podem ser exibidas aqui (não na ordem de envio). No momento, não há como ver as solicitações adicionais no Search Console.

 

As informações a seguir são exibidas para cada sitemap:

URL do sitemap
É o URL exato especificado quando o sitemap foi enviado. Os redirecionamentos não são seguidos. Somente os sitemaps enviados com o relatório ou a API são exibidos aqui.
Tipo
É o tipo de sitemap. Valores possíveis:
Enviado
Indica a data em que o sitemap foi enviado pela última vez ao Google usando este relatório.
Última leitura
Representa a última vez que o sitemap foi buscado pelo Google. Presente somente se o Google conseguir buscar o sitemap.
Status
É o status do rastreamento mais recente. Valores possíveis:
  • Processado: o sitemap foi carregado e processado sem erros. Todos os URLs vão ficar na fila para o rastreamento.
  • Contém erros: o sitemap foi buscado, mas tem um ou mais erros. Todos os URLs que tiverem sido analisados vão entrar na fila de rastreamento. Clique no sitemap na tabela para ver a lista de erros com mais detalhes. Veja as descrições completas dos erros de análise abaixo.
  • Não foi possível buscar o sitemap: a busca do sitemap não foi feita por algum motivo. Veja como resolver erros de busca.
Páginas encontradas
É o número de URLs de páginas que foram analisados pelo sitemap. Caso seja um índice de sitemaps, esse número vai ser o total de URLs em todos os sitemaps filhos. Os URLs duplicados vão ser contados só uma vez. Não há garantia de que o URL de uma página encontrada em um sitemap tenha sido rastreado ou indexado pelo Google. É possível filtrar o Relatório de indexação de páginas por sitemap para ver quantos URLs foram indexados.
Vídeos encontrados
É o número de URLs de vídeos que foram analisados pelo sitemap. Isso não garante que esses URLs tenham sido ou vão ser rastreados ou indexados pelo Google. É possível filtrar o Relatório de indexação de páginas de vídeo por sitemap para ver quantos URLs de páginas têm um vídeo indexado. O Search Console indica se um URL de vídeo diferente foi indexado na página, e não o URL de vídeo informado no sitemap. Um sitemap listado aqui vai direcionar para o Relatório de indexação de páginas de vídeo se ele tiver páginas indexadas com vídeos quando forem rastreadas pelo Google.
Ver a cobertura do índice
Clique para abrir um relatório que mostra a cobertura do índice de todos os URLs neste sitemap. Para um índice de sitemap, ele inclui todos os URLs listados em qualquer sitemap filho.

 

Meu sitemap não está listado.

Veja alguns motivos que impedem seu sitemap de ser listado no relatório:

  • Ele está em outra propriedade. Os sitemaps associados a uma propriedade não serão visíveis em outra. Assim os sitemaps enviados em relação ao site http://example.com não vão estar visíveis no relatório de http://m.example.com ou https://example.com. Para resolver esse problema, confira se todas as versões do seu site foram adicionadas.
  • Você não enviou o sitemap usando esse relatório ou a API. Somente os sitemaps enviados com o relatório ou a API Search Console são listados. Os sitemaps encontrados ou enviados por outros métodos não são exibidos, mesmo que o Google possa localizar e usar esses arquivos.

Erros do sitemap

Os erros a seguir são informados pelo relatório de sitemaps. Esta lista não é completa, mas é longa o suficiente e abrange a maioria dos erros que você pode encontrar.

Erros de busca de sitemaps
Se o status do sitemap for Não foi possível buscar na página de sitemaps de nível superior, o Google não conseguiu recuperar o arquivo do sitemap. Há várias razões para isso acontecer:
  • O sitemap foi bloqueado por seu arquivo robots.txt. O Google respeita o robots.txt ao buscar sitemaps. Remova a regra que impede a busca do sitemap pelo Google.
  • Seu site tem uma ação manual. Os sitemaps não são lidos quando um site tem uma ação manual não resolvida. Consulte o relatório de ações manuais. Corrija o problema e reenvie o sitemap.
  • O URL fornecido para o sitemap está errado (erro HTTP 404: o sitemap não foi encontrado no endereço informado). Acesse o URL no navegador para ver se ele existe.
  • Outro erro geral. Às vezes, outros erros podem impedir que o Google recupere um sitemap do seu site, como uma indisponibilidade do servidor. Alguns desses erros podem ser temporários: aguarde um pouco e veja se o Google encontra esse erro em tentativas de rastreamento posteriores.

Como depurar erros de busca

  1. Clique no sitemap na lista para ver os detalhes da última solicitação de busca.
  2. Clique no nome do erro na página de detalhes para ver mais informações.
  3. Confirme o erro na Ferramenta de inspeção de URL:
    1. Copie o URL do sitemap da página de detalhes do relatório de sitemaps.
    2. Cole o URL na Ferramenta de inspeção de URL e pressione Enter.
    3. Clique em Teste em tempo real na Ferramenta de inspeção de URL.
    4. Abra a seção Disponibilidade da página para ver por que o Google não conseguiu buscar o sitemap. Veja informações sobre todos os campos, mas principalmente O rastreamento é permitido? = "Sim", Busca de página = "Concluída" e A indexação é permitida? = "Sim".
Erros de análise do sitemap

Os seguintes erros são possíveis durante o processamento de um sitemap buscado:

URLs não acessíveis

O Google encontrou um erro ao tentar rastrear um URL no seu sitemap. Inspecione o URL no sitemap usando a Ferramenta de inspeção de URL para ver se ele está disponível para o Google.

URLs não seguidos

O Google não conseguiu rastrear todos os URLs listados no seu sitemap. Veja a seguir por que isso pode ter acontecido:

  • O URL contém muitos redirecionamentos para serem seguidos pelos rastreadores da Web do Google. Sugerimos que você substitua os URLs de redirecionamento nos seus sitemaps pelos URLs que devem ser rastreados.
    • Ao redirecionar constantemente usuários de uma página para outra, use um redirecionamento permanente.
    • Evite usar JavaScript ou redirecionamentos de tipo meta-atualização.
  • O Google está enfrentando problemas com URLs relativos no seu sitemap. Use links absolutos ou completos em vez de relativos, quando possível. Por exemplo, ao vincular a outra página em seu site, vincule a https://www.example.com/mypage.html, em vez de simplesmente vincular a mypage.html.

URL não permitido

Seu sitemap inclui alguns URLs que estão em um nível mais alto ou em um domínio diferente do arquivo de sitemap.

Nível superior: caso seu sitemap esteja em http://www.example.com/mysite/sitemap.xml, estes URLs não vão ser válidos para ele:

  • http://www.example.com/: está em um nível mais alto que o sitemap.
  • http://www.example.com/yoursite/: está em um diretório irmão do sitemap. Para acessá-lo, é preciso subir e descer na árvore de diretórios.

Domínio diferente: verifique também se todos os URLs começam com o mesmo domínio do local do seu sitemap. Por exemplo, se o sitemap estiver em http://www.example.com/sitemap.xml, estes URLs não serão válidos para ele:

  • http://example.com/: "www" ausente
  • www.example.com/: "http" ausente
  • https://www.example.com/: usando https em vez de http

Erro de compactação

O Google encontrou um erro ao tentar descompactar o arquivo de sitemap compactado. Compacte novamente o sitemap (usando uma ferramenta como gzip), envie-o para seu site e reenvie-o.

Sitemap vazio

O sitemap não contém URLs. Verifique-o para garantir que ele não esteja vazio.

Erro de tamanho do arquivo do sitemap: o sitemap ultrapassa o limite máximo de tamanho de arquivo.

Seu sitemap tem mais de 50 MB quando não está compactado. Se o sitemap for maior que o limite, divida-o em vários sitemaps menores, liste-os em um arquivo de índice de sitemaps e, em seguida, envie esse arquivo.

Valor de atributo inválido

Você atribuiu um valor inválido para um atributo de tag XML. Confira seu sitemap para garantir que só os atributos permitidos estão presentes e que você só atribui valores permitidos de acordo com as especificações do sitemap. Confira se atributos e valores não contêm erros de digitação.

Data inválida

Seu Sitemap contém um ou mais datas inválidas. Esse erro pode ter ocorrido porque a data está em um formato incorreto ou porque a data em si não é válida. As datas devem usar a codificação de data e hora do W3C, embora você possa omitir as horas. Verifique se suas datas correspondem a um dos seguintes formatos de data e hora do W3C.

2005-02-21 
2005-02-21T18:00:15+00:00

Não é necessário especificar a hora (ela tem o padrão 00:00:00Z). Porém, se você fizer isso, precisará obrigatoriamente especificar o fuso horário.

Valor de tag inválido

Seu sitemap contém uma ou mais tags com um valor inválido. Verifique as especificações do seu tipo de sitemap (índice, padrão, vídeo e assim por diante).

URL inválido

O URL do sitemap não é válido. Esse erro pode ter ocorrido porque o sitemap contém caracteres não compatíveis, espaços ou outros caracteres, como aspas, ou pode estar formatado incorretamente (por exemplo, htp:// em vez de http://).

Confira se os URLs listados no sitemap foram codificados para facilitar a leitura e têm o escape correto. Verifique se não há caracteres incorretos, como espaços ou aspas. Tente também copiar o URL em um navegador para ver se este consegue entender o URL e carregar a página.

URL inválido no arquivo de índice de sitemaps: URL incompleto

Seu arquivo de índice de sitemaps não inclui o URL completo para cada arquivo de sitemap listado. Quando vemos um arquivo de índice de sitemap, procuramos no mesmo diretório os arquivos que ele referencia. Por exemplo, se o arquivo de índice de sitemaps for http://www.example.com/folder1/sitemap_index.xml e listar um sitemap como sitemap.xml (sem / no começo), vamos procurar esse sitemap em http://www.example.com/folder1/sitemap.xml. Se ele não for encontrado, você verá o erro a seguir.

Atualize seu arquivo de índice de sitemaps para incluir o caminho completo para cada arquivo de Sitemap listado e envie-o novamente.

XML inválido: há muitas tags

Seu sitemap contém tags duplicadas. Por exemplo, a entrada a seguir causaria esse erro porque a tag <loc> está listada duas vezes:

<url>
  <loc>http://www.example.com/</loc>
  <loc>http://www.example.com/page1.html</loc>
  <lastmod>2005-01-01</lastmod>
  <changefreq>monthly</changefreq>
  <priority>0.8</priority>
</url>

O erro lista a tag problemática e o número da linha. Remova a tag duplicada e reenvie o sitemap.

Atributo XML ausente

A tag em seu sitemap está sem um atributo obrigatório. Verifique se todos os atributos obrigatórios estão presentes nos seus sitemaps. Quando os valores do atributo forem corrigidos, reenvie o sitemap.

Sem tag XML

Uma ou mais entradas no seu sitemap estão sem uma tag obrigatória. A mensagem de erro lista o número da linha. Consulte a página de fundamentos de sitemap para informações sobre tags obrigatórias.

URL da miniatura ausente

Uma ou mais entradas de vídeo não apresentam um URL para uma imagem em miniatura. Garanta que a localização dos URLs das miniaturas esteja especificada com a tag <video:thumbnail_loc>.

Título do vídeo ausente

Uma ou mais entradas de vídeo não apresentam um título. Garanta que cada vídeo no Sitemap tenha um título especificado na tag <video:title>.

Formato incorreto de índice de sitemap: índices de sitemap aninhados

Uma ou mais entradas no seu arquivo de índice de sitemaps usam o próprio URL ou o URL de outro arquivo do mesmo tipo. Um arquivo de índice de sitemaps não pode listar outros arquivos desse tipo, somente arquivos de sitemaps.

Remova todas as entradas que apontam para arquivos de índice de sitemaps e reenvie o sitemap.

Erro na análise

O Google não conseguiu analisar o XML do sitemap.

Muitas vezes, esse problema é causado por um caractere sem escape no URL. Da mesma forma que os arquivos XML, todos os valores de dados (incluindo URLs) precisam usar códigos com escape de entidade para determinados caracteres, como os seguintes símbolos: & ' " < >. Assegure-se de que seus URLs foram devidamente codificados com escape.

Erro temporário

O sistema passou por um problema temporário que impediu o processamento de seu sitemap. Geralmente, quando você recebe esta mensagem de erro, não é preciso reenviar o sitemap. O Google pode tentar recuperar o sitemap novamente mais tarde. Se o erro persistir depois de várias horas, tente enviar o sitemap novamente.

Excesso de sitemaps

Seu arquivo de índice de sitemaps lista mais de 50 mil sitemaps. Divida o índice de sitemaps em vários arquivos de índice, cada um listando no máximo 50 mil sitemaps.

URLs em excesso

Seu sitemap lista mais de 50 mil URLs. Divida o sitemap em vários sitemaps e verifique se cada um deles contém no máximo 50 mil URLs. Você também pode usar um arquivo de índice de sitemaps para gerenciar seus sitemaps.

Formato não compatível

O sitemap não está em um formato compatível.

Alguns erros comuns de XML:

  • O sitemap precisa usar o cabeçalho correto. Por exemplo, se o sitemap tiver informações de vídeo, ele precisará ter o seguinte cabeçalho:
    <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
    <urlset xmlns="http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9"
            xmlns:video="http://www.google.com/schemas/sitemap-video/1.1">
  • O namespace no cabeçalho deve ser "http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9" (e não .9).
  • Todos os atributos de XML precisam estar entre aspas simples (') ou duplas ("), e elas devem ser retas, e não curvas. Programas de processamento de texto como o Microsoft Word podem inserir aspas curvas.

Erro de caminho: sem www

O caminho para o sitemap não contém o prefixo www (por exemplo, http://example.com/sitemap.xml), mas os URLs listados o contêm (por exemplo, http://www.example.com/myfile.html).

Modifique seu sitemap de modo a remover o "www" de todos os URLs para que sejam correspondentes ao local do seu sitemap.

Erro de caminho: inclui www

O caminho para o sitemap contém o prefixo www (por exemplo, http://www.example.com/sitemap.xml), mas os URLs listados não o contêm (por exemplo, http://example.com/myfile.xml).

Modifique seu sitemap de modo a adicionar o "www" a todos os URLs para que sejam correspondentes ao local do seu sitemap.

Namespace incorreto

O elemento raiz do sitemap não tem o namespace certo ou o namespace foi declarado incorretamente ou contém erro de digitação ou URL incorreto.

Certifique-se de que você está usando o namespace correto para o tipo do seu arquivo. Exemplo:

  • Um arquivo de sitemap: xmlns="http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9"
  • Um arquivo de sitemap de vídeo: xmlns:video="http://www.google.com/schemas/sitemap-video/1.1"
  • Um arquivo de índice de sitemaps: <sitemapindex xmlns="http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9">
  • Outros tipos de sitemap

Espaço em branco inicial

O sitemap começa com um espaço em branco em vez de uma declaração de namespace. Arquivos XML devem começar com a declaração XML que especifica a versão do XML em uso.

Este erro não impedirá que o Google processe seu sitemap, mas é recomendável remover o espaço em branco para que o arquivo siga o padrão XML e você não receba mais essa mensagem de erro.

Erro HTTP [código específico]

O Google encontrou um erro HTTP de nível 400 ao tentar fazer o download do sitemap. Essa mensagem mostra o código de status que recebemos (por exemplo, 404). Certifique-se de que o URL do sitemap especificado está correto e que o sitemap existe naquele local. Em seguida, reenvie o sitemap.

Erro de HTTP geral

O Google encontrou outro erro HTTP não coberto por um erro mais específico listado aqui. Abra os detalhes para ver o tipo de erro que ocorreu. Isso também pode ser causado por um erro 404 (página ausente), que é um erro de busca.

A miniatura é muito grande

A imagem em miniatura do vídeo que foi especificada no sitemap é muito grande. Redimensione essa imagem para 160 x 120 pixels. Atualize o sitemap com as novas informações e faça um novo envio. Saiba mais sobre como adicionar informações de vídeo a um sitemap.

A miniatura é muito pequena

Uma imagem em miniatura do vídeo que foi especificada no sitemap é muito pequena. Redimensione essa imagem para 160 x 120 pixels. Se for necessário, atualize o sitemap. Saiba mais sobre como adicionar informações de vídeo a um sitemap.

Os locais do vídeo e da página de reprodução são os mesmos

Em um sitemap de vídeo, o URL do player e o do conteúdo de vídeo não podem ser iguais. Se você fornecer <video:player_loc> e <video:content_loc>, será preciso usar dois URLs diferentes. Saiba mais sobre como adicionar informações de vídeo a um sitemap.

O URL do local do vídeo parece ser de uma página de exibição

Em um sitemap de vídeo, o URL de <video:content_loc> corresponde à página que hospeda o player. Saiba mais sobre como adicionar informações de vídeo a um sitemap.

URLs de notícias demais

O arquivo de sitemap tem mais URLs que o número máximo especificado (1.000). Saiba mais sobre como adicionar informações de notícias a um sitemap.

Tag <publication> faltando

Cada URL no sitemap do Google Notícias precisa ter uma tag <publication> Saiba mais sobre como adicionar informações de notícias a um sitemap.

O sitemap contém URLs bloqueados pelo arquivo robots.txt

O Google não pode acessar o sitemap ou todo o conteúdo listado nele devido a um bloqueio por robots.txt. Use a Ferramenta de inspeção de URL para confirmar qual arquivo está sendo bloqueado e modifique seu arquivo robots.txt para permitir que o Googlebot tenha acesso a ele.

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
4801639330987411951
true
Pesquisar na Central de Ajuda
true
true
true
true
true
83844