Diretrizes de publicação do Imagens do Google

O Imagens do Google é uma forma de encontrar visualmente informações na Web. Os usuários podem explorar rapidamente informações com mais contexto relacionado às imagens. Para isso, eles contam com novos recursos, como legendas de imagem, selos de destaque e resultados AMP. 

Com esse contexto extra, os resultados podem se tornar muito mais úteis, o que pode resultar em um tráfego de maior qualidade para seu site. Você pode ajudar no processo de descoberta. Basta garantir que suas imagens e seu site estejam otimizados para o Imagens do Google. Siga nossas diretrizes para aumentar a probabilidade de exibição do seu conteúdo nos resultados da pesquisa do Imagens do Google.

Como desativar a vinculação in-line da pesquisa de imagens

Se quiser, você pode desativar a vinculação in-line nos resultados da pesquisa de imagens do Google para impedir que a imagem em tamanho original seja exibida na página de resultados.

Siga estas instruções para desativar a vinculação in-line:

  1. Quando sua imagem for solicitada, examine o cabeçalho do referenciador HTTP na solicitação.
  2. Se a solicitação vier de um domínio do Google, responda com HTTP 200 ou 204 e sem conteúdo.

O Google ainda rastreará sua página e verá a imagem, mas exibirá uma imagem em miniatura gerada no momento do rastreamento nos resultados da pesquisa. Essa desativação pode ser feita a qualquer momento e não exige o reprocessamento das imagens de um site. Esse comportamento não é considerado técnicas de cloaking de imagem e não resultará em ações manuais.

Você também pode impedir que a imagem apareça nos resultados de pesquisa por completo.

Criar uma ótima experiência do usuário

Para aumentar a visibilidade do seu conteúdo no Imagens do Google, concentre-se no usuário ao oferecer uma ótima experiência: crie as páginas para os usuários, e não para os mecanismos de pesquisa. Veja algumas dicas:

  • Forneça um bom contexto: garanta que seu conteúdo visual seja relevante para o tópico da página. Sugerimos que você mostre imagens apenas onde elas agregam valor original. Não encorajamos páginas nas quais nem as imagens, nem o texto são conteúdos originais.
  • Otimize o posicionamento: sempre que possível, coloque as imagens perto do texto relevante. Coloque a imagem mais importante perto do topo da página.
  • Não incorpore textos importantes nas imagens: evite essa prática, especialmente elementos de texto importantes, como cabeçalhos de páginas e itens de menu, pois nem todos os usuários conseguem acessá-los. Além disso, as ferramentas de tradução de páginas não funcionarão nas imagens. Para garantir que seu conteúdo seja totalmente acessível, mantenha o texto em HTML e forneça um texto alternativo para as imagens. 
  • Crie sites informativos e de alta qualidade: um bom conteúdo na sua página da Web é tão importante quanto o conteúdo visual do Imagens do Google. Ele fornece contexto e torna o resultado mais útil. O conteúdo da página pode ser usado para gerar um snippet de texto para a imagem, e o Google considera a qualidade do conteúdo ao classificar as imagens.
  • Crie sites otimizados para dispositivos móveis: os usuários pesquisam mais no Imagens do Google pelo dispositivo móvel do que pelo computador. Por esse motivo, é importante que você projete seu site para todos os tipos e tamanhos de dispositivo. Use a Ferramenta de teste de compatibilidade com dispositivos móveis para avaliar como suas páginas funcionam nesses aparelhos e receber comentários sobre o que precisa ser corrigido.
  • Crie uma boa estrutura de URL para suas imagens: o Google usa o caminho do URL e o nome do arquivo para entender suas imagens. Organize o conteúdo de imagem de modo que os URLs sejam criados de maneira lógica.

Verificar o título e a descrição da sua página

O Imagens do Google gera automaticamente um título e um snippet para explicar melhor cada resultado e como ele se relaciona com a consulta do usuário. Isso ajuda os usuários a decidirem se querem ou não clicar em um resultado.

Usamos várias fontes para esses dados, como as informações descritivas do título e as metatags de cada página. 

Você pode nos ajudar a melhorar a qualidade do título e do snippet exibidos para suas páginas seguindo as diretrizes de título e snippet do Google.

Adicionar dados estruturados

Se você incluir dados estruturados, o Imagens do Google poderá exibir suas imagens como pesquisa aprimorada, incluindo um selo de destaque, o que dará aos usuários informações relevantes sobre a página e poderá direcionar um tráfego segmentado melhor para seu site. O Imagens do Google é compatível com dados estruturados destes tipos:

Siga as diretrizes gerais de dados estruturados, bem como qualquer diretriz específica para seu tipo de dado estruturado. Caso contrário, eles podem não estar qualificados para a exibição de pesquisa aprimorada no Imagens do Google. Em cada um desses tipos de dado estruturado, o atributo de imagem é um campo obrigatório para fins de qualificação para o selo e para a pesquisa aprimorada no Imagens do Google.

Otimizar para mais agilidade

As imagens geralmente são as que mais contribuem para o tamanho da página, o que pode tornar o carregamento delas lento e caro. Use as técnicas mais recentes de otimização de imagem e de imagem responsiva para proporcionar uma experiência do usuário rápida e de alta qualidade.

No Imagens do Google, o logotipo de AMP ajuda os usuários a identificar páginas que são carregadas com rapidez e facilidade. Transforme a página que hospeda a imagem em uma AMP para diminuir o tempo de carregamento da página. A página de destino é aquela que o usuário acessa depois de clicar em um resultado no Imagens do Google.

Analise a velocidade do site com o PageSpeed Insights e confira nossa página de Fundamentos da Web para conhecer as práticas recomendadas e as técnicas para melhorar o desempenho do site.

Adicionar fotos em alta qualidade

Fotos em alta qualidade atraem mais os usuários do que imagens borradas e pouco nítidas. Além disso, imagens claras são mais bonitas na miniatura de resultado e aumentam a probabilidade de atrair o tráfego de usuários.

Incluir títulos, legendas, nomes de arquivo e textos descritivos para as imagens

O Google extrai informações sobre o assunto da imagem a partir do conteúdo da página, incluindo legendas e títulos da imagem. Sempre que possível, garanta que as imagens sejam colocadas perto de textos relevantes e em páginas significativas para o assunto da imagem. 

Da mesma forma, o nome de arquivo pode dar ao Google pistas sobre o assunto da imagem. Por exemplo, meu-novo-gato-preto.jpg é melhor que IMG00023.JPG.

Usar texto alternativo descritivo

O texto alternativo, aquele que descreve uma imagem, melhora a acessibilidade para pessoas que não conseguem ver imagens em páginas da Web, incluindo usuários que utilizam leitores de tela ou têm conexões com baixa largura de banda.

O Google usa o texto alternativo com algoritmos de visão computacional e o conteúdo da página para entender o assunto da imagem. Além disso, o texto alternativo nas imagens é útil como texto âncora se você decidir usar uma imagem como link. 

Ao escolher o texto alternativo, concentre-se na criação de conteúdo útil e informativo que use palavras-chave de maneira apropriada e esteja no contexto do conteúdo da página. Evite preencher os atributos alternativos com palavras-chave (excesso de palavras-chave) porque isso gera uma experiência do usuário negativa e pode fazer com que o site seja visto como spam.

  • Ruim (sem texto alternativo): <img src="filhote.jpg" alt=""/>
  • Ruim (excesso de palavras-chave): <img src="puppy.jpg" alt="filhotinho cachorrinho cãozinho filhotinhos cachorrinhos cãezinhos ninhada retriever labrador wolfhound setter jack russell terrier petiscos ração barata"/>
  • Melhor: <img src="filhote.jpg" alt="filhote"/>
  • Ideal: <img src="filhote.jpg" alt="filhote de Dálmata brincando"/> 

Recomendamos testar seu conteúdo: verifique a acessibilidade e use um emulador de conexão de rede lenta.

Usar um sitemap de imagem

As imagens são uma importante fonte de informações sobre o conteúdo do seu site. Forneça ao Google detalhes adicionais sobre suas imagens, além de URLs que, de outra forma, não poderiam ser encontrados, adicionando informações a um sitemap de imagem.

Os sitemaps de imagem podem conter URLs de outros domínios, ao contrário dos sitemaps comuns, que impõem restrições entre domínios. Isso permite que os webmasters usem redes de fornecimento de conteúdo (CDNs, na sigla em inglês) para hospedar imagens. Recomendamos verificar o nome de domínio da CDN no Search Console para que possamos informar sobre quaisquer erros de rastreamento que encontrarmos.

Otimizar para o SafeSearch

Agrupar imagens somente para adultos em um local de URL comum

Caso seu site tenha imagens para adultos, recomendamos agrupá-las separadamente de outras imagens. Por exemplo: http//www.example.com/adulto/imagem.jpg. 

Adicionar metadados às páginas para adultos

Nossos algoritmos usam uma variedade de sinais para decidir se uma imagem ou página inteira deve ser filtrada dos resultados quando o filtro SafeSearch do usuário está ativado. No caso de imagens, alguns sinais são gerados usando aprendizado de máquina. Entretanto, os algoritmos do SafeSearch também examinam questões mais simples, como onde a imagem foi usada antes e o contexto em que ela foi usada.

Um dos sinais mais fortes são as páginas para adultos automarcadas. Se você publicar conteúdo adulto, recomendamos adicionar uma das seguintes metatags às suas páginas:

<meta name="rating" content="adult" />
<meta name="rating" content="RTA-5042-1996-1400-1577-RTA" />

Muitos usuários preferem não ter conteúdo adulto nos resultados da pesquisa, especialmente quando compartilham o mesmo dispositivo com crianças. Quando você usa uma dessas metatags, ela ajuda a oferecer uma melhor experiência aos usuários, já que eles não visualizam resultados que não querem ou esperam ver. 

Como acontece com todos os algoritmos, às vezes o SafeSearch pode filtrar o conteúdo incorretamente. Se você acredita que suas imagens ou páginas estão sendo filtradas por engano, informe-nos usando o formulário do SafeSearch.

E, por fim…

Leia nosso Guia de SEO para iniciantes, que contém muitas informações úteis para uma classificação melhor. Se você tiver mais perguntas, faça uma postagem no Fórum de Ajuda para webmasters

Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?