Noções básicas do Google Transit

Primeiros passos com o Google Transit

O Google Transit é uma ferramenta de planejamento de transporte público que combina os dados mais recentes da agência com o alcance do Google Maps. Ele reúne informações de paradas, trajetos, horários e tarifas para facilitar e agilizar as viagens dos usuários.

A maioria das empresas de transporte público pode usar o Google Transit desde que atenda a alguns requisitos básicos.

Requisitos de participação

Para manter um alto padrão de experiência do usuário, o Google Transit solicita que os parceiros atendam a determinados requisitos.

Para se qualificar, sua empresa de transporte público precisa do seguinte:

  • Oferecer um serviço acessível publicamente
  • Operar com trajetos e horários fixos

Os agentes e agregadores de dados poderão se qualificar se representarem ou produzirem feeds de transporte público para uma empresa que atenda a esses requisitos.

Para começar a usar o Google Transit, entre em contato conosco.

Importante: o Google Transit não aprova feeds de serviços que não fazem parte de sistemas de transporte público com trajetos e horários fixos. Esses tipos de serviço incluem ciclovias, aluguel de carros, programas de compartilhamento de bicicletas, traslados de campus e táxis. Os serviços de ônibus para viagens de longa distância são analisados individualmente.

Requisitos de conteúdo

Depois que sua participação for aceita, a equipe do Google Transit pedirá as seguintes informações:

Dados estáticos (obrigatório)

Os dados estáticos são informações que não mudam com frequência, como:

  • Locais e detalhes das paradas do transporte público
  • Linhas e trajetos do transporte público

Seu conteúdo precisa seguir o formato da Especificação Geral sobre Feeds de Transporte Público (GTFS) definido em g.co/transitfeed.

Os parceiros do Google Transit precisam garantir que as informações do serviço cubram pelo menos quatro semanas a partir da data em que foram disponibilizadas ao Google Transit.

Dados em tempo real (opcional)

Os dados em tempo real são informações que podem mudar rapidamente, por exemplo:

  • Atualizações de viagens
  • alertas de serviço
  • Posições de veículos

Seu conteúdo precisa seguir o formato da GTFS Realtime definido em g.co/transitfeed.

Importante: ao enviar atualizações de viagem e dados de localização de veículos em tempo real, garanta que elas estejam disponíveis para o Google Transit até 15 segundos após a atualização.

Compartilhar informações de transporte público no Google Maps

Depois de confirmar sua qualificação, siga estas etapas para compartilhar informações de transporte público no Google Maps:

  1. Abra o painel do parceiro do Google Transit. Saiba mais sobre como acessar o painel do parceiro do Google Transit.
  2. Crie seu feed. Saiba mais sobre feeds.
  3. Publique os dados do seu Feed GTFS. Saiba como publicar dados do Feed GTFS.
  4. Revise seu feed. Saiba mais sobre erros de validação e do feed.
  5. Teste usando a visualização particular. Saiba como testar os dados do seu feed usando a visualização particular.
  6. Publique seu feed. Saiba mais sobre a publicação de feeds.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Siga as próximas etapas:

Is there something we can help you with?

Chat with a member of Transit team

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
82656
false