Sobre a sequência de anúncios em vídeo

Com a sequência de anúncios em vídeo, você pode contar às pessoas a história do seu produto ou marca por meio de uma série de vídeos exibidos na ordem que você quiser. Esse tipo de campanha pode ser usado com o objetivo de gerar interesse, reforçar uma mensagem ou criar um tema principal. Veja neste artigo como a sequência de anúncios em vídeo funciona, quais tipos de estratégia de lances e formato do anúncio podem ser usados e como ter acesso aos resultados da campanha. Saiba mais sobre como criar uma campanha em sequência e resolver problemas desse tipo de campanha.

Como funciona

A sequência de anúncios em vídeo é composta por um conjunto de anúncios que você pretende mostrar para o público. Cada campanha em sequência é constituída de uma série de etapas. Em cada etapa, há um grupo de anúncios e um anúncio em vídeo. A maioria das configurações de uma sequência é definida no nível da campanha, como a estratégia de lances e a segmentação, mas as regras da sequência, o formato dos anúncios e o lance precisam ser selecionados em cada etapa. Os espectadores verão sua campanha em sequência quando ela estiver em exibição, e os anúncios serão veiculados na ordem definida.

Dependendo das configurações escolhidas ao adicionar as etapas da sequência, o espectador avança com base nas impressões, visualizações ou interações do tipo "pular". Por exemplo, para uma pessoa passar à segunda etapa da sequência, uma impressão precisa ser contabilizada para o vídeo na primeira etapa (se você escolher "impressão" como condição de avançar).

Modelos para a sequência de anúncios em vídeo

Os modelos de sequência mostram como criar uma sequência de anúncios em vídeo. Depois de selecionar um modelo no Google Ads, ajudaremos você a criar a sequência, com orientações sobre os formatos e a duração dos anúncios que serão incluídos.

Os modelos ajudam você a criar uma campanha de sequenciamento e estão disponíveis apenas durante a configuração dela. Eles não aparecerem nos relatórios do Google Ads nem na edição da campanha.

Como os modelos funcionam

Você pode usar quatro modelos:

  • "Apresentar e reforçar": apresente sua marca com um anúncio em vídeo longo e reforce a mensagem usando um anúncio curto.
  • "Induzir e inspirar": induza as pessoas com um anúncio em vídeo curto e inspire-as usando um anúncio longo.
  • "Atrair e direcionar": atraia os espectadores com um anúncio em vídeo curto, inspire-os usando um anúncio longo e incentive-os a agir com mais um anúncio curto.
  • "Envolver e diferenciar": divida a narrativa da sua marca em várias partes ou conte a mesma história de diferentes ângulos com quatro anúncios em vídeo curtos.

Os modelos consideram insights da pesquisa da Ipsos sobre como usar estruturas narrativas para contar histórias melhores e criar anúncios mais eficazes.

Estratégias de lances e formatos de anúncio disponíveis

Estratégias de lances

  • CPM desejado (recomendado)
    • Com ele, otimizamos os lances para exibir toda a campanha em sequência ao público-alvo, o que ajuda você a conseguir uma taxa de conclusão de sequência mais elevada.
  • CPV máximo

Formatos de anúncio

  • Anúncios in-stream puláveis
  • Anúncios in-stream não puláveis
  • Anúncios bumper
  • Uma combinação das opções acima

A estratégia de lances selecionada determina quais formatos de anúncio você pode usar. Confira a tabela abaixo e veja quais formatos estão disponíveis para cada tipo de lance.

Estratégia de lances Formatos disponíveis
CPM desejado (tCPM)

Anúncios in-stream puláveis
Anúncios in-stream não puláveis
Anúncios bumper
Uma combinação das opções acima

CPV máximo (CPV) Anúncios in-stream puláveis

As campanhas em sequência só podem ser exibidas no YouTube. Para ajudar você a encontrar o público-alvo certo, as campanhas em sequência permitem escolher a segmentação demográfica e por público-alvo. No entanto, não é possível fazer a segmentação por palavras-chave, canais ou tópicos. Além disso, segmentações e exclusões demográficas e por público-alvo só podem ser definidas no nível da campanha.

As estimativas de tráfego não estão disponíveis em campanhas de sequenciamento de anúncios em vídeo.

Relatórios de sequências de anúncios em vídeo

As métricas referentes à campanha em sequência, como impressões, visualizações e cliques nos níveis da campanha e do grupo de anúncios, são distintas daquelas disponibilizadas para outras campanhas de vídeo. É possível vê-las por etapa nos relatórios no nível do grupo de anúncios.

Você também pode usar a coluna "Caminho da sequência" para analisar cada etapa da sequência, a interação necessária para avançar à próxima etapa e o anúncio correspondente. Os tipos de interação incluem impressões, visualizações e ações do tipo "pular".

Como as pessoas passam de etapa

Geralmente, seus clientes precisam fazer o seguinte: ver o primeiro anúncio em vídeo da sequência, depois assistir ao anúncio da próxima etapa dependendo da impressão ou interação com a primeira etapa e continuar até o fim da sequência.

Em alguns casos, as pessoas passam de etapa quando assistem ao vídeo da próxima etapa exibido em outra campanha. Ao seguir a sequência de anúncios em vídeo, independentemente da campanha que o veicule, mais pessoas poderão concluir a sequência a um custo menor para você. A segmentação dos anúncios em vídeo precisa ser a mesma em ambas as campanhas para que elas façam parte da campanha em sequência.

Você pode definir um limite de frequência para restringir a quantidade de vezes que as sequências são exibidas às pessoas. O padrão desse limite é uma sequência por pessoa, em um período de sete dias, mas é possível alterar esse valor para 30 dias.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.