Usar o acompanhamento paralelo

Este artigo se aplica apenas à nova experiência do Google Ads. Verifique qual experiência você está usando.

Desde 30 de outubro de 2018, o acompanhamento paralelo é o comportamento padrão de todas as contas do Google Ads para campanhas da rede de pesquisa e do Shopping na maioria dos navegadores. Continuaremos expandindo o alcance desse recurso nos próximos meses. Ele estará disponível para a Rede de Display a partir de 1º de maio de 2019 e passará a ser obrigatório em 31 de julho de 2019. O recurso voltado a vídeos será lançado no segundo semestre de 2019. No momento, o acompanhamento paralelo não está disponível para campanhas de hotéis. Por isso, você não precisará ativá-lo para que sua campanha funcione normalmente. 

O acompanhamento paralelo encaminha os clientes diretamente do anúncio para o URL final, enquanto a medição de cliques ocorre em segundo plano. Esse recurso ajuda a carregar a página de destino com mais rapidez, o que pode reduzir a perda de visitas.

Este artigo explica como ativar o acompanhamento paralelo e os requisitos técnicos para configurar o URL final e o modelo de acompanhamento.

Antes de começar

  • Confirme com o provedor de medição de cliques se o sistema dele é compatível com o acompanhamento paralelo. A compatibilidade pode variar de acordo com os recursos específicos ativados. Em caso de incompatibilidade, a medição de cliques não funcionará como esperado, ou o conteúdo ou layout da página de destino será diferente do desejado.
  • O provedor de medição de cliques pode exigir a edição dos seus modelos de acompanhamento ou fazer isso por você. Saiba mais sobre os modelos de acompanhamento.
Se você é um provedor de soluções de contagem de cliques, veja mais informações no guia para parceiros.

Ativar o acompanhamento paralelo

Essa opção estará disponível a partir de 1º de maio de 2019, quando o acompanhamento paralelo for lançado na Rede de Display. O tráfego da rede de pesquisa e do Shopping já usa esse recurso e, portanto, não será afetado.
  1. Faça login na sua conta do Google Ads.
  2. No menu de navegação, clique em Todas as campanhas.
  3. No Menu de páginas à esquerda, clique em Configurações.
  4. Clique em Configurações da conta.
  5. Clique em Acompanhamento.
  6. Clique no seletor ao lado de "Acompanhamento paralelo" para ativá-lo.

Para testar sua configuração de acompanhamento de URLs corrompidos, clique no botão Testar ao lado do modelo de acompanhamento. Se um URL estiver corrompido, você verá um "x" vermelho na coluna de status. Para saber mais sobre o que os resultados do teste significam, consulte o artigo  Testar sua página de destino

Mesmo que você realize todas as ações possíveis para detectar os erros de acompanhamento paralelo, talvez não seja possível identificar todos eles. 

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?