Efetuar alterações com carregamentos em massa

A utilização de carregamentos em massa constitui uma forma eficaz de efetuar alterações às palavras-chave, aos anúncios, aos grupos de anúncios, às campanhas e aos grupos de produtos (para campanhas do Shopping) na sua conta do Google Ads. Esta funcionalidade poupa tempo ao permitir transferir folhas de cálculo, efetuar alterações offline e, em seguida, carregar a folha de cálculo atualizada para a conta, onde as novas alterações são aplicadas. Desta forma, pode efetuar ações em massa imediatas em relação a problemas e oportunidades que deteta nos seus dados. Neste artigo, explicamos como pode transferir, editar e carregar uma folha de cálculo.

Exemplo

A Ana é uma retalhista online que vende equipamento desportivo. Ela possui milhares de palavras-chave espalhadas por dezenas de grupos de anúncios. Anteriormente, utilizava folhas de cálculo e uma fórmula proprietária para efetuar alterações aos lances, que introduzia manualmente na conta do Google Ads. Com os carregamentos em massa, pode transferir uma folha de cálculo de palavras-chave, alterar os lances ao aplicar a fórmula proprietária à folha de cálculo e, em seguida, carregar esta mesma folha de cálculo diretamente para a conta do Google Ads.

Assim que a Ana carregar a folha de cálculo editada, pode pré-visualizar as alterações, obter detalhes de possíveis erros e aplicar as alterações quando estiver preparada: tudo no mesmo separador. Pode até partilhar a pré-visualização com colegas, caso pretenda uma segunda opinião.

Transferir folhas de cálculo para edição

  1. Inicie sessão na sua conta do Google Ads.
  2. Selecione Todas as campanhas no menu de navegação.
  3. Selecione Palavras-chave, Anúncios, Grupos de anúncios, Campanhas ou Grupos de produtos (consoante o tipo de edição que pretende fazer).
  4. Clique no ícone de transferência Download.
  5. Selecione um formato para a folha de cálculo.
Experimente agora
Nota

Se transferir um relatório, este não inclui todos os campos que pode editar.

Guardar a folha de cálculo transferida original

Uma vez enviado um carregamento em massa, não existe uma forma automática de cancelar ou reverter as alterações. Assim, recomendamos que guarde sempre uma cópia do relatório original transferido, para o caso de necessitar de saber quais as definições que existiam antes de efetuar alterações.

Transferir um modelo de extensão de anúncio editável
  1. Inicie sessão na sua conta do Google Ads.
  2. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito da sua conta.
  3. Em "Ações em massa", clique em Carregamentos.
  4. Clique no ícone azul mais .
  5. Clique em Ver modelos.
  6. Transfira o seu modelo como um ficheiro CSV ou uma folha de cálculo do Excel.

Editar folhas de cálculo

Regras gerais para editar folhas de cálculo

Adicionar palavras-chave, anúncios, grupos de anúncios, campanhas ou grupos de produtos

Para adicionar uma palavra-chave, anúncio ou qualquer outro item, crie uma nova linha na folha de cálculo transferida.

Em seguida, introduza os valores pretendidos para o novo item, como lance, orçamento ou estado. Se não especificar a coluna "Status" (Estado) de um novo item, o item será ativado por predefinição.  Consulte esta lista de itens suportados e de valores correspondentes.

Nota

Não pode editar anúncios na sua folha de cálculo transferida. Para alterar um anúncio, elimine-o e crie um novo anúncio na folha de cálculo com as edições que pretende efetuar. 

Remover palavras-chave, anúncios, grupos de anúncios, campanhas ou grupos de produtos

Para remover uma palavra-chave, anúncio ou qualquer outro item:

  1. Na folha de cálculo transferida, localize a linha que contém esse item.
  2. Na coluna "Status" (Estado) dessa linha, introduza Remove.
  3. Carregue a sua folha de cálculo.

Regras gerais para editar

  • Não modifique nem elimine a linha de cabeçalho, que contém os nomes das colunas.
  • Não precisa de registar nem de sinalizar as alterações. Quando terminar e carregar a folha de cálculo, comparamos a folha de cálculo com as suas opções atuais para escolher as alterações efetuadas. Também terá a possibilidade de pré-visualizar as alterações antes de as efetuar.
  • Não se preocupe em eliminar colunas irrelevantes nem as linhas dos totais.
  • Certifique-se de que guarda a folha de cálculo num dos formatos suportados (.xls, .xlsx, .tsv ou .csv).
Sugestões para editar as folhas de cálculo de palavras-chave
  • Escreva a palavra-chave na coluna Palavra-chave. Utilize parêntesis retos ([ ]) ou aspas ("") à volta da palavra-chave para especificar uma correspondência exata ou de expressão.
  • Introduza o nome do grupo de anúncios na coluna Grupo de anúncios.
  • Não é possível editar a coluna Palavra-chave nem Tipo de correspondência de uma palavra-chave existente. Quando altera uma palavra-chave ou um tipo de correspondência, a palavra-chave antiga é removida e é criada uma nova. Passa-se o mesmo com os carregamentos em massa. Deste modo, se pretender editar uma palavra-chave ou o tipo de correspondência num relatório editável, terá de remover a palavra-chave atual e criar uma nova palavra-chave com as alterações pretendidas.
Sugestões para editar as folhas de cálculo dos anúncios

Não é possível editar o texto de um anúncio existente. Quando altera um anúncio, o anúncio antigo é removido e é criado um novo anúncio. Passa-se o mesmo com os carregamentos em massa. Deste modo, se pretender editar um anúncio offline numa folha de cálculo, tem de remover o anúncio atual e criar um novo anúncio com as alterações pretendidas.

Sugestões para editar as folhas de cálculo da sua campanha

Não é possível editar algumas colunas, uma vez que as mesmas são utilizadas apenas ao criar uma campanha. Certifique-se de que a sua folha de cálculo inclui estas colunas necessárias, que são todas editáveis:

  • Tipo de estratégia de lances 
  • Budget (Orçamento) 
  • Campaign (Campanha) 
  • Campaign ID (ID da campanha) 
  • Campaign state (Estado da campanha) 
  • Campaign type (Tipo de campanha) 

A inclusão das seguintes colunas é opcional:

  • Ad rotation (Rotação de anúncios) 
  • Campaign subtype (Subtipo de campanha) 
  • Tracking template (Modelo de acompanhamento) 
  • Start date (Data de início) 
  • End date (Data de conclusão) 
  • Parâmetro personalizado 
Sugestões para editar a folha de cálculo de extensões de anúncio

Adicionar uma extensão de anúncio

Para adicionar uma nova extensão de anúncio:

  • Na coluna "Campaign" (Campanha), introduza a campanha à qual pretende adicionar a sua extensão.
  • Se pretender adicionar a extensão a um grupo de anúncios, então especifique também o grupo de anúncios na coluna "Grupo de anúncios".
  • Para adicionar uma extensão de aplicação, tem de especificar:

    • Mobile OS (SO para dispositivos móveis): o sistema operativo que os seus clientes-alvo estão a utilizar. Pode introduzir android ou ios.
    • Package name (Nome do pacote): o ID único da sua aplicação. Para Android, o nome do pacote segue-se a id= no URL da aplicação no Google Play:

      http://play.google.com/store/apps/details?id=com.example.appname

      Para aplicações iOS, introduza o App ID que aparece após id no URL da aplicação no iTunes:

      http://itunes.apple.com/us/app/example-app-name/id#########

    • App link text (Texto do link da aplicação): o texto no qual as pessoas clicam para acederem à sua aplicação. Por exemplo, poderia utilizar "Transferir aplicação".
    • Final URL (URL final): o URL apresentado aos seus clientes que os direciona para a sua aplicação. Por exemplo, pode ser o URL da sua aplicação na Google Play Store.
  • Para adicionar uma extensão de chamada, tem de especificar:

    • Phone number (Número de telefone): o número para onde o cliente vai ligar quando clicar na extensão.
    • Country code (Código do país): o país onde o seu número de telefone está listado. Por exemplo, se o seu número de telefone estiver listado nos Estados Unidos, colocaria US.
    • Utilização do número de telefone de reencaminhamento (opcional): se pretender utilizar um número de telefone de reencaminhamento da Google com o seu anúncio. Pode introduzir yes (sim) ou no (não). A predefinição é no (não).
  • Para adicionar uma extensão de comentários, tem de especificar:

    • Source name (Nome de origem): a pessoa ou entidade que forneceu o comentário.
    • Source URL (URL de origem): o URL em que a pessoa ou organização fez o comentário.
    • Text (Texto): o texto do seu comentário.
    • Is exact quote (É uma citação exata) (opcional): se o seu texto corresponder exatamente às palavras do comentário. Pode introduzir yes (sim) ou no (não). A predefinição é no (não).
  • Para adicionar uma extensão de sitelinks, tem de especificar:

    • Sitelink text (Texto do sitelink): o texto que pretende que apareça como link clicável no seu sitelink.
    • Final URL (URL final): o URL para onde o link no seu sitelink direciona os utilizadores.

    Os campos Description (Descrição) são opcionais, mas podem tornar o seu anúncio mais relevante para potenciais clientes. Se optar por ter descrições, tem de utilizar ambos os campos. A sua descrição pode ser elegível para ser apresentada abaixo do sitelink.

    Saiba mais na secção Sitelinks com detalhes adicionais.

  • Para adicionar extensões de texto destacado, tem de especificar:
    • Callout text (Texto destacado): o texto que pretende que apareça como texto destacado
  • Para adicionar extensões de fragmentos estruturados, tem de especificar o seguinte:
    • Cabeçalho de fragmento estruturado: Cabeçalho(s) escolhido(s) a partir desta lista de cabeçalhos predefinidos, com maiúscula na primeira letra de cada cabeçalho. NOTA: apenas são aceites os cabeçalhos da nossa lista.
    • Structured snippet values (Valores de fragmento estruturado): os detalhes específicos que está a realçar relacionados com o cabeçalho.

    Especificações opcionais para todas as extensões de anúncio

    Para além das colunas necessárias em cada relatório, pode utilizar carregamentos em massa para identificar a preferência de dispositivos, datas de início e de conclusão para a sua extensão e preferências de programação. Para especificar estas opções, adicione uma nova coluna à sua folha de cálculo com os seguintes nomes e informações:

    • Start time (Hora de início): a data em que pretende que a sua extensão comece a ser apresentada. O formato utilizado deverá ser mm/dd/aaaa hh:mm. Por exemplo, 1 de julho de 2014 seria 07/01/2014.
    • End time (Hora de fim): a data em que pretende que a sua extensão deixe de ser apresentada. O formato utilizado deverá ser mm/dd/aaaa hh:mm. Por exemplo, 1 de julho de 2014 seria 07/01/2014.
    • Device preference (Preferência de dispositivos): os dispositivos onde pretende apresentar a sua extensão. Pode especificar todos ou dispositivos móveis.
    • Scheduling (Programação): os dias da semana e as horas em que pretende que a sua extensão seja apresentada. Tem de utilizar o formato Dia, hora de início - hora de fim. Por exemplo, se pretende programar das 9:00 às 17:00 às segundas-feiras, introduza Monday, 09:00 - 17:00. Se pretende programar para vários dias, separe os dias com ponto e vírgula. Por exemplo, poderia estabelecer o horário para segunda e terça-feira da seguinte forma: Monday, 09:00 - 17:00; Tuesday, 09:00 - 17:00.
     

    Remover uma extensão de anúncio

    Para remover uma extensão de anúncio, introduza Remove (Remover) na coluna Action (Ação) da linha dessa extensão de anúncio. Esta ação irá remover a extensão da campanha ou do grupo de anúncios (apesar de a extensão continuar a existir para utilização com outras campanhas e outros grupos de anúncios). Eliminar a linha ou remover o conteúdo da linha não produz efeitos.

Sugestões para editar a folha de cálculo do grupo de produtos

Para obter instruções detalhadas, consulte informações acerca de carregamentos em massa em campanhas do Shopping.

Carregar as folhas de cálculo e aplicar alterações

Como efetuar o carregamento através do menu de três pontos
  1. Inicie sessão na sua conta do Google Ads.
  2. Selecione Todas as campanhas no menu de navegação. 
  3. Selecione Palavras-chave, Anúncios, Grupos de anúncios, Campanhas ou Grupos de produtos (consoante o tipo de edição que pretende fazer).
  4. Clique no ícone de três pontos 3 dot icon
  5. Clique no ícone de carregamento Import.
  6. Escolha a folha de cálculo que pretende carregar.
  7. Clique em Abrir.
  8. Clique em Pré-visualizar se quiser pré-visualizar os dados antes do carregamento.
  9.  Clique em Aplicar.
Como carregar na secção Operações em massa

Veja como carregar a sua folha de cálculo:

  1. Na conta do AdWords, clique em Operações em massa na janela de navegação esquerda.
  2. Selecione Carregamentos em massa.
  3. Clique em Escolher ficheiro para localizar a folha de cálculo editada e guardada.
  4. Clique em Carregar e pré-visualizar.
  5. Depois de carregada, será apresentada uma pré-visualização das alterações. Nesta altura, pode ver qual seria o aspeto das suas alterações, corrigir os erros na folha de cálculo e, em seguida, carregar de novo ou ignorar os erros e clicar em Aplicar alterações.
Ver os resultados do carregamento

Assim que carregar o ficheiro, irá ver uma nova entrada para esse ficheiro na parte superior da tabela, na secção Operações em massa. As alterações aplicadas terão o link Detalhes onde poderá ver as alterações anteriores. Para folhas de cálculo carregadas e não aplicadas, pode escolher Pré-visualizar, Aplicar ou Remover.

Nota
  • Se carregar uma folha de cálculo com mais de 1000 linhas e a pré-visualizar, todas as linhas são carregadas, mas, na pré-visualização, vê apenas as primeiras 1000 linhas. 
  • Pode ver todas as alterações após a respetiva implementação ao transferir os resultados.  
  • Só pode ver detalhes de ficheiros carregados nos últimos 90 dias.
  • A sua folha de cálculo não pode exceder 50 MB nem 1 milhão de linhas.
  • O limite de tempo dos carregamentos é de 2 horas. Se este limite for atingido, tem de tentar novamente. No entanto, não precisa de voltar a carregar toda a folha de cálculo, basta apenas carregar as partes que não foram concluídas.
     
Criação de contas do Google Ads em massa a partir da sua conta de gestor

Pode criar várias contas do Google Ads a partir da sua conta de gestor através do carregamento em massa. Veja aqui um modelo CSV.

O que fazer se existirem erros

Identificar erros

  1. Localize a sua folha de cálculo na tabela Operações em massa.
  2. Na linha com o seu relatório, clique em Transferir > Apenas erros ou clique em Detalhes para analisar os erros na sua conta.
  3. Na coluna Resultados na folha de cálculo, localize o problema com cada linha e, em seguida, corrija esse problema.
  4. Guarde o ficheiro e, em seguida, carregue-o na área Operações em massa.

Corrigir erros

Erro Solução
Existem alterações conflituosas. Certifique-se de que não há ninguém a tentar editar a sua conta e tente novamente.
Os itens no seu ficheiro não estão em conformidade com as diretrizes editoriais. Certifique-se de que todos os itens no seu ficheiro seguem as diretrizes editoriais do Google Ads.
O seu ficheiro tem uma linha de cabeçalho em falta. Tem de utilizar a primeira linha de um ficheiro carregado para os cabeçalhos.
Nota: quando transfere o ficheiro a partir do Google Ads, este já vem com cabeçalhos.
A coluna contém informações incorretas. Certifique-se de que as informações introduzidas cumprem os requisitos.
Esta linha tem um valor em falta. Certifique-se de que introduz um valor para todas as colunas obrigatórias.
As suas palavras-chave incluem carateres não permitidos. Remova quaisquer carateres não-padrão ( ! @ % , *) das palavras-chave.
Um dos IDs não existe. Se estiver a adicionar um elemento, remova o valor da coluna ID. Se estiver a efetuar alterações a um elemento, certifique-se de que o ID está correto e de que a entidade não foi removida.
Se estiver a adicionar um elemento a um grupo de anúncios ou a uma campanha, certifique-se de que a campanha ou o grupo de anúncios tem um ID válido.
O URL atualizado não é idêntico ao URL de destino anterior. O URL final e o modelo de acompanhamento devem ser idênticos ao URL de destino. Se não pretender que sejam idênticos, siga os passos descritos em Como atualizar os seus URLs.
Não é possível utilizar o URL final e o URL de destino ao mesmo tempo. Não é possível utilizar um URL final e um URL de destino ao mesmo tempo (/SitelinkURL para o Google Sitelinks). Nota: é recomendado o URL final.
Para atualizar o seu conjunto de dados ou o seu feed, terá de incluir uma coluna "Ação". É necessária uma coluna com o cabeçalho "AÇÃO" para alterações a sitelinks e a outros feeds através dos carregamentos em massa (os valores possíveis são "DEFINIR", "ADICIONAR" ou "REMOVER").

 

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.