Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal

Os anúncios nativos são flexíveis

Enquanto os banners tradicionais têm um criativo estático do início ao fim, os nativos são flexíveis e podem proporcionar um anúncio bonito, relevante e eficaz em qualquer situação ou dispositivo.

Os anúncios nativos são baseados em componentes flexíveis

Definimos "nativos" como anúncios baseados em componentes que são estilizados pelo editor, e não pelo anunciante. Essa definição se aplica a uma ampla gama de casos de uso, desde postagens patrocinadas altamente personalizadas até o preenchimento nativo em escala. Em todos os casos, recebemos componentes estruturados do anunciante e os inserimos em estilos definidos pelo editor.

Como é mostrado no exemplo acima, com anúncios de banner tradicionais:

1. O anunciante fornece um anúncio pronto (uma imagem ou tag) com um tamanho fixo.

2. O anúncio é administrado no DFP, não é alterado e é veiculado no tamanho indicado.

3. O usuário vê o anúncio exatamente como o anunciante o preparou.

Com anúncios nativos:

1. O anunciante fornece os componentes para um criativo nativo (como título, imagem, URL de destino, logotipo etc.) em vez de uma tag.

2. O DFP leva os componentes e gera um anúncio com um aspecto apropriado para o contexto de cada impressão.

3. O usuário vê um anúncio que se encaixa perfeitamente no conteúdo ao redor dele.

Um criativo, muitos layouts

O DFP pode levar os componentes de anúncios nativos que o anunciante fornece e inseri-los em vários layouts diferentes, dependendo do tipo de dispositivo em que o anúncio será exibido, como o conteúdo da página aparece, o espaço disponível, entre outros.

No exemplo acima:

1. O anunciante fornece os valores para as variáveis (como "10 dicas de maquiagem" para o título). Esses valores são armazenados em um único criativo nativo.

2. No caso de uma impressão em um feed de conteúdo de aplicativo para dispositivos móveis, o DFP aplica um layout responsivo que se ajusta às manchetes do conteúdo.

3. Já para outra impressão na Web para computadores, o DFP aplica um layout adequado para um local de 300 x 250.

Esse exemplo mostra como pode ocorrer o fluxo de um criativo nativo baseado em componentes para dois estilos nativos completamente distintos em diferentes segmentos de inventário. Os dois estilos nativos usam as mesmas variáveis, mas as exibem para os usuários de maneiras diferentes.

Saiba mais

  • O New York Times fez uma parceria com a DoubleClick para criar anúncios nativos totalmente responsivos com base em componentes. Esses anúncios se adaptam à exibição em computadores, em aplicativos e na Web para dispositivos móveis. Como resultado, houve aumentos no engajamento dos usuários e na visibilidade. Além disso, a abordagem escalável dá mais eficiência aos anúncios nativos. Leia mais (em inglês).
  • O Grupo Expansión, importante editor do México, trabalhou com a DoubleClick para dimensionar a publicidade nativa na Web para computadores e para dispositivos móveis. Em cinco meses, a CTR aumentou em 100% na Web para computadores e 81% na Web para dispositivos móveis, em comparação com anúncios de banner padrão. A visibilidade também aumentou em 36% na Web para computadores e 23% na Web para dispositivos móveis. Leia mais (em inglês).
  • Leia sobre editores que usam anúncios nativos na DoubleClick. A Aller Media, uma editora líder do mercado escandinavo, aumentou a visibilidade em 67% melhorando as experiências de anúncios para dispositivos móveis com anúncios nativos na DoubleClick. Leia mais.
  • Teste a capacidade de resposta dos anúncios nativos na DoubleClick em várias telas com esta demonstração (em inglês).
Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?
false