Sobre os filtros

Use as propriedades de filtro para ajustar a exibição dos seus dados.

As propriedades de filtro, ou apenas filtros, refinam ou reduzem os dados mostrados para os visualizadores do relatório. Com isso, é possível se concentrar nos dados que comunicam melhor a história que você pretende contar, tornando seus relatórios mais relevantes ao público.

Você pode aplicar um filtro a um gráfico, controle, página ou ao relatório inteiro usando a guia de propriedades DADOS. Às vezes, as propriedades de filtro são chamadas "filtros de editor", porque os visualizadores do relatório não conseguem alterá-las. Elas só podem ser definidas pelos editores do relatório.

Para saber como adicionar controles de filtros, que podem ser usados pelos visualizadores do relatório, consulte este artigo.

Como os filtros funcionam

Há dois tipos de filtro:

  • Filtros de inclusão: recuperam apenas os registros que correspondem às condições.
  • Filtros de exclusão: recuperam apenas os registros que NÃO correspondem às condições.

Os filtros não alteram seus dados, apenas reduzem a quantidade de informações exibida no relatório.

As condições de filtro consistem em uma ou mais cláusulas. Várias cláusulas podem ser agrupadas por meio da lógica OU (considerada verdadeira se qualquer condição for atendida), E (considerada verdadeira se todas as condições forem atendidas) ou ambas.

Você pode aplicar filtros a dimensões ou métricas ou a ambas.

O que é possível filtrar

Você pode aplicar filtros a estes componentes:

  • Gráficos. Por exemplo, é possível exibir um gráfico de pizza que compara os usuários novos com os recorrentes nos seus maiores mercados. Para isso, use um filtro que inclua País EM Estados Unidos, Canadá, México, Japão.
  • Controles de filtro. Por exemplo, você pode conceder permissão aos visualizadores para eles selecionarem itens de uma lista com os produtos mais vendidos usando o filtro "Quantidade vendida Maior que (>) 100".
  • Grupos. Por exemplo, é possível agrupar dois conjuntos de gráficos e incluir um filtro em Categoria do dispositivo para exibir o tráfego do site e outro para exibir o tráfego de dispositivos móveis.
  • Páginas. Os filtros no nível da página se aplicam a todos os gráficos da página em questão. Por exemplo, você pode dedicar a página 1 do seu relatório do Google Analytics ao tráfego de aplicativos para dispositivos móveis, e a página 2, ao tráfego para computadores. Para isso, filtre pela dimensão Categoria do dispositivo.
  • Relatórios. Todos os gráficos no relatório estão sujeitos à aplicação do filtro. Por exemplo, é possível criar um relatório que prioriza seus melhores clientes. Para isso, configure a propriedade do filtro no nível do relatório como "Valor da vida útil Maior ou igual a 10.000".

Filtros e fontes de dados

Assim como os gráficos, as propriedades de filtro estão associadas a uma fonte de dados. Se você criar um filtro adicionando-o a um componente, a fonte será aquela usada pelo componente. No entanto, se você criar um filtro usando o gerenciador de filtros, poderá selecionar qualquer fonte de dados adicionada atualmente ao relatório.

A reutilização de um filtro em um componente com uma fonte de dados diferente pode tornar o filtro inválido. Isso ocorre porque as dimensões e/ou as métricas usadas pelo filtro podem não existir em uma fonte de dados nova.

Isso também pode acontecer se você copiar um gráfico ou controle para um relatório que usa uma fonte de dados diferente ou simplesmente alterar a fonte de dados que está em uso por um filtro ao editá-la no gerenciador de filtros.

Os filtros inválidos podem apresentar um erro no gráfico ou no controle, além de um ícone de aviso no filtro. Para corrigir esse problema, edite o filtro e selecione novas dimensões ou métricas ou o exclua.

Herança do filtro

Os filtros podem ser herdados, ou seja, os filtros de componentes em níveis superiores se aplicam a componentes em posição inferior a eles. A ordem de herança é:

Nível do relatório > nível da página > nível do gráfico/relatório

Para que um componente de nível inferior (filho) herde filtros de um componente de nível superior (pai), as dimensões e métricas usadas nos filtros pai precisam estar contidas na fonte de dados do componente filho. Caso contrário, a herança é desativada no componente filho.

Você pode desativar a herança explicitamente usando um botão de alternar em um componente selecionado, na seção Filtro do painel de propriedades "DADOS". Por exemplo, você pode definir que um gráfico não herde uma propriedade de filtro no nível da página ou que uma página não herde uma propriedade do nível do relatório.

Vários filtros em um componente

Um componente pode ter vários filtros. Nesse caso, cada filtro é considerado uma cláusula "E". Isso significa que apenas as linhas de dados que atendem a todas as condições no filtro serão afetadas.

Limitações dos filtros

  • Os filtros no nível do relatório aplicam-se somente a componentes que usam a fonte de dados padrão. Se você incluir gráficos que usam uma fonte de dados diferente, precisará criar um filtro no nível do gráfico para o gráfico em questão.
  • Um único componente pode ter no máximo 75 cláusulas de filtro.
  • Um único filtro pode ter no máximo 10 cláusulas OU. Se você precisar aplicar mais dessas cláusulas, recomendamos usar a opção EM como alternativa.
  • Não é possível misturar as métricas e dimensões em uma cláusula OU. Isso ocorre devido à maneira como as dimensões e métricas são agregadas.
  • Se você alterar um campo em uma fonte de dados de uma métrica para uma dimensão, ou vice-versa, todos os filtros que usam esse campo serão desativados.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?