Sincronizar usando a linha de comando

Google Cloud Directory Sync

O Google Cloud Directory Sync (GCDS) usa sync-cmd para fazer sincronizações com a linha de comando.

Quando sincronizar usando a linha de comando

Quando você define ou modifica sua configuração, primeiro precisa fazer uma sincronização manual no Gerenciador de configurações. Com isso, você pode verificar se os dados sincronizados estão corretos.

Após concluir as alterações na configuração, você poderá automatizar o processo de sincronização usando a linha de comando. Você pode incorporar sincronizações a qualquer programação ou script de lote que queira usar. Como alternativa, você pode usar uma ferramenta de terceiros para programar sincronizações automáticas.

Usar a linha de comando

Use o comando sync-cmd para fazer uma sincronização. Execute o comando no diretório de instalação do GCDS digitando-o em uma única linha.

Você pode usar os argumentos de comando listados abaixo para realizar uma série de ações, como:

  • aplicar as alterações detectadas;
  • ler um arquivo especificado;
  • definir o nível de detalhe do registro.

Dica: para ver as informações sobre os argumentos de comando disponíveis, digite sync-cmd -h.

Argumentos e exemplos de comandos

Argumentos do comando sync-cmd
Argumento Descrição
-a,--apply

Aplica as alterações detectadas.

Observação: se você não usar essa tag, uma sincronização será executada somente como teste e nenhuma alteração será feita no domínio do Google. Para ter os melhores resultados, faça uma sincronização de teste sem esse argumento antes de executar uma sincronização completa com ele.

-c,--config nome do arquivo

Especifica o arquivo de configuração XML que será carregado.

Importante: a sincronização não ocorrerá sem um arquivo XML válido especificado com esse argumento.

-cs, --customschemas

Não analisa esquemas personalizados.

Use essa opção se você não quiser sincronizar os dados de esquemas personalizados dos usuários.

-d,--deletelimits Ignora os limites de exclusão configurados.
-f,--flush

Limpa a cópia em cache dos dados da sua Conta do Google antes de fazer a sincronização.

Importante: o uso inadequado pode prejudicar o desempenho. Não use essa opção, a menos que o suporte do Google Cloud oriente você a fazer isso.

-g,--groups

Não analisa grupos.

Use esta opção se você quiser sincronizar usuários, mas não grupos.

-h,--help Exibe informações de ajuda e saídas.
-l,--loglevel valor

Modifica o nível de registro padrão ou configurado para um valor especificado. Os valores válidos (em ordem de detalhamento crescente) são FATAL, ERROR, WARN, INFO, DEBUG e TRACE.

Na maioria dos casos, o nível de registro recomendado é INFO.

-lic,--license

Não analisa licenças.

Use essa opção se você não quiser sincronizar os dados de licença dos usuários.

-o,--oneinstance

Restringe qualquer sincronização em execução a uma única instância por arquivo de configuração XML. Isso impede que várias instâncias sejam executadas acidentalmente, por exemplo, por um programador ou cron job.

Importante: só é válido =com -a.

-ou,--orgunit Não analisa unidades organizacionais.
-r,--report-out Grava relatórios em um arquivo de saída especificado, além do registro.
-s,--sharedcontacts Não analisa contatos compartilhados.
-u,--users

Não analisa usuários.

Use essa opção se você quiser sincronizar grupos, mas não usuários.

-v Exibe informações resumidas da versão do aplicativo.
-V Mostra informações detalhadas da versão do aplicativo, mas não sincroniza.
Exemplos

Exemplo 1: faça uma sincronização simulada usando o arquivo de configuração XML C:\Users\user\gds-config.xml:

sync-cmd -c C:\Users\user\gds-config.xml

Exemplo 2: faça uma sincronização completa, inclusive aplicando as alterações detectadas, com o arquivo de configuração XML C:\Users\user\gds-config.xml:

sync-cmd -a -c C:\Users\user\gds-config.xml

Próximas etapas

Verifique as mensagens de notificação regularmente para monitorar todas as sincronizações. Veja mais em Definir suas notificações.
Google, G Suite e marcas e logotipos relacionados são marcas registradas da Google LLC. Todos os outros nomes de empresas e produtos são marcas registradas das empresas às quais eles estão associados.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?