Gerenciar o Flash nos navegadores Chrome dos usuários

Este artigo se refere apenas às versões gerenciadas do navegador Chrome. O Chrome OS vem com o Flash integrado, que não pode ser desinstalado em dispositivos Chrome.

Observação importante: a Adobe® anunciou que suspenderá o uso do Flash® Player® em dezembro de 2020. No Chrome 76 e posterior, o Flash Player está desativado por padrão. Os usuários podem alternar manualmente para "Perguntar primeiro" antes de executar o Flash, sem afetar as configurações de política definidas para ele. Veja mais detalhes sobre as mudanças atuais e futuras no Flash Roadmap.

Recomendamos que as organizações migrem para outras soluções.

Por padrão, o Chrome instala o Adobe Flash Player em segundo plano ou na primeira vez que o usuário encontra conteúdo em Flash. O Chrome continuará atualizando o Flash Player pelo atualizador de componentes do Chrome.

Recomendamos o uso das configurações padrão para a maioria das organizações. No entanto, alguns administradores talvez queiram gerenciar a experiência dos usuários no Flash.

Recomendações de implantação do Flash

Opção 1: permitir que o Chrome gerencie a versão do Flash Player (recomendado)

Mantenha o atualizador de componentes do Chrome ativado (padrão). No Editor de Política de Grupo do Windows, defina ComponentUpdatesEnabled=true. O Chrome fará o download e a instalação do Flash Player e depois o atualizará conforme necessário.

Opção 2: você atualiza o Flash Player para os usuários

Instale e gerencie manualmente o Flash na sua empresa usando o instalador MSI do Adobe Flash Player (para o Chromium).

  1. Defina ComponentUpdatesEnabled = false para desativar o atualizador de componentes.
  2. Faça o download e implante o Flash para os usuários pelo MSI do Adobe Flash. Lembre-se de selecionar Opera & Chromium PPAPI MSI.
  3. Atualize o Flash para os usuários pelo MSI do Adobe Flash sempre que houver um lançamento.

Nesse caso, o Chrome não atualizará o Adobe Flash Player. Todas as atualizações serão feitas manualmente pelo administrador de TI, por exemplo, pela reimplantação de atualizações do Adobe Flash Player com pacotes MSI mais recentes. Se o atualizador de componentes estiver ativado, o Chrome usará o arquivo DLL do MSI do Adobe Flash Player ou o plug-in do Chrome, o que for mais recente.

Aviso: não desative o atualizador de componentes com a política ComponentUpdatesEnabled antes de implantar o MSI do Flash para os usuários. Se você fizer isso, o Flash ficará desatualizado, porque nenhuma atualização do Google será instalada com o atualizador de componentes desativado. Isso deixa o Flash exposto a possíveis bugs e problemas de segurança. Se o Flash ficar muito tempo sem ser atualizado, o Chrome bloqueará o plug-in desatualizado.

Para verificar a versão do Flash Player instalada no Chrome (nas opções 1 e 2 acima), acesse chrome://version.

  • Se a atualização for feita pelo atualizador de componentes (Opção 1), será necessário reiniciar o Linux e o Chrome OS, mas não o Microsoft® Windows® ou o Apple® macOS®.
  • Se a atualização for feita pelo MSI do Adobe Flash Player (opção 2), será necessário reiniciar o Chrome em todas as plataformas.  

Gerenciar o Flash por política

É possível gerenciar a reprodução do Flash com as políticas DefaultPluginsSetting, PluginsAllowedforURLs e PluginsBlockedForURLs. Se essas políticas não estiverem configuradas, no Chrome 76 e em versões posteriores, a reprodução do Flash será bloqueada por padrão.

Observação: as políticas DefaultPluginsSetting, PluginsAllowedForUrls e PluginsBlockedForUrls do Chrome só afetam o plug-in do Flash.

  • Quando a política DefaultPluginsSetting estiver definida como 1 = Allow all sites to automatic the Flash Plugin ou 3 = Click to Play, os usuários precisarão clicar no conteúdo em Flash e em Allow para permitir a execução do Flash nos sites. Talvez apareça uma mensagem solicitando os usuários a clicar para ativar o Flash Player antes de clicar em Allow para executar o plug-in do Flash. Quando eles acessarem chrome://settings/content/flash, verão que o Flash está definido como Perguntar primeiro e não poderão mudar a configuração.
  • Se você configurar DefaultPluginsSetting como 2 = Block the Flash plugin, a reprodução de qualquer conteúdo em Flash será bloqueada nos computadores dos usuários. Quando eles acessarem chrome://settings/content/flash, verão que o Flash está definido para Impedir que sites executem Flash (recomendado) e não poderão mudar a configuração.

A partir do Chrome 85: nas políticas PluginsAllowedForUrls e PluginsBlockedForUrls, não é mais possível usar caracteres curinga em nomes de host, como https://* e https://[*.]solarmora.com. Se você estiver usando caracteres curinga de nome do host, precisará mudá-los, especificando claramente quais nomes de host ainda exigem o Flash. Por exemplo, atualize https://[*.]solarmora.com para corresponder a entradas explícitas, como https://flash.solarmora.com. Essa mudança ajuda você a definir os sites que ainda precisam ser atualizados, dando tempo suficiente para fazer ajustes antes que o suporte para Flash seja cancelado em dezembro de 2020.

Perguntas frequentes

Como mantenho o Flash atualizado?

Se você não tiver modificado as configurações padrão do Chrome, ele continuará atualizando o Flash pelo atualizador de componentes.

Como desativo o Flash para minha organização?

Se o Flash não for necessário para sua organização, desative o plug-in para impedir que os usuários executem o conteúdo em Flash.

A principal forma de desativar plug-ins é configurar DefaultPluginsSetting = 2.

Para mudar a forma como os plug-ins podem ser desativados, defina estas políticas:

O Flash está incluído no MSI do Chrome?

Não. Se necessário, o Chrome fará o download da versão mais recente do Flash durante a navegação do usuário, a menos que o atualizador de componente esteja desativado.

Uma versão desatualizada do Flash está incluída nos instaladores MSI para o Chrome 53 e anteriores.

O que acontecerá se eu desativar o atualizador de componentes?

Se você desativar o atualizador de componentes e ainda quiser que os usuários tenham acesso ao conteúdo em Flash, instale o componente pelo MSI da Adobe.

Essa é uma configuração avançada. A maioria das organizações mantém o padrão selecionado, que instala automaticamente o Flash no Chrome quando os usuários acessam conteúdo em Flash no navegador.

Veja na caixa de aviso acima quais são as consequências de desativar o atualizador de componentes antes de implantar o Adobe Flash MSI.

 
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?