O que há de novo

Saiba mais sobre os novos recursos e funções nas notas da versão.

Chegou a próxima geração do Google Analytics

A partir de 14 de outubro de 2020, uma propriedade do Google Analytics 4 (antiga propriedade App + Web) será padrão quando você criar uma nova propriedade. O Universal Analytics é a geração anterior do Google Analytics. Esse era o tipo de propriedade padrão para sites criados antes de 14 de outubro de 2020. Saiba mais.

Versões de 2021

17 de fevereiro de 2021

Conheça as dimensões personalizadas no escopo do usuário e as tabelas unificadas para gerenciar essas dimensões e métricas personalizadas no GA4

Essas dimensões agora estão disponíveis nas propriedades do Google Analytics 4 e são preenchidas nas propriedades coletadas do usuário. "Este lançamento elimina a necessidade de profissionais de marketing e desenvolvedores se preocuparem com 'slots'." As propriedades do usuário se tornam sinônimos de slots de dimensão personalizada no escopo do usuário, permitindo que os desenvolvedores se concentrem no rastreamento de pontos de dados com nomes significativos, sem a necessidade de associar cada ponto de dados a um número de slot arbitrário.

Além disso, a seção "Propriedades do usuário" no Google Analytics agora se chama "Definições personalizadas" e foi atualizada localmente com uma tabela que unifica o gerenciamento (criação, edição e arquivamento) de dimensões e métricas personalizadas de todos os escopos. Antes, os usuários precisavam acessar a tabela "Todos os eventos" para dimensões e métricas personalizadas com escopo no evento e a seção "Propriedades do usuário" para registrar uma propriedade do usuário. Em vez de ter que acessar a seção de escopo relevante nos Relatórios, como a seção "Propriedades do usuário" para as dimensões personalizadas no escopo do usuário, agora existe uma tabela de gerenciamento unificada para todas as dimensões e métricas personalizadas atuais e futuras de todos os escopos.

Saiba mais.

22 de janeiro de 2021

Técnica de coorte no Analysis: novos tipos de cálculo e métricas de tamanho por coorte

Dois novos recursos estão disponíveis na técnica de coorte no módulo do Analysis: os cálculos contínuos e cumulativos.

O cálculo padrão permite identificar os usuários que retornam em cada período específico após a inclusão na coorte.

O cálculo contínuo permite identificar os usuários que retornam a cada período após a inclusão na coorte.

No exemplo abaixo, o cálculo padrão informa que há 35 usuários adquiridos no dia 23 de novembro e que eles voltaram ao seu site depois de três dias. O cálculo contínuo informa que seis desses usuários voltaram todos os dias de 23 de novembro a três dias depois dessa data.

O cálculo cumulativo permite somar a métrica selecionada para usuários que retornaram em qualquer período após a inclusão na coorte.

No exemplo abaixo, o cálculo padrão informa que os usuários que retornaram ao seu site no terceiro dia após a primeira visita em 23 de novembro gastaram US$ 29,60 naquele dia. O cálculo cumulativo informa que os usuários adquiridos no dia 23 de novembro gastaram US$ 5.173,43 durante os primeiros quatro dias após a aquisição.

 

 

A métrica por tamanho de coorte exibe os resultados relativos ao tamanho de cada coorte. Isso permite a comparação rápida e fácil do comportamento de coortes de tamanhos diferentes.

No exemplo abaixo, enquanto a métrica "Soma" permite ver o número total de usuários retornantes no dia 3, a métrica "Usuário por coorte" permite que você veja que a coorte de 22 de novembro apresenta o melhor desempenho após três dias de retenção.

 

Versões de 2019 a 2020

17 de dezembro de 2020

Nova métrica de receita estimada no Google Analytics 4

Adicionamos uma nova métrica preditiva às propriedades do Google Analytics 4. A métrica preditiva de receita mostra uma previsão da receita de todas as conversões de compra nos próximos 28 dias de um usuário que esteve ativo últimos 28 dias. Essa métrica ajuda a impulsionar o crescimento da sua empresa alcançando as pessoas com maior probabilidade de serem os clientes que gastam mais no Google Ads.

O Google Analytics agora tem um novo público-alvo preditivo que pode ser definido no Criador de públicos-alvo. Usando a métrica de receita estimada, vamos sugerir o público-alvo "Usuários previstos para gastar mais em 28 dias", que inclui os usuários que poderão gerar a maior receita nesse período, com base no valor total das conversões de compra deles.

Além de criar públicos-alvo, em breve será possível usar a métrica preditiva de receita para analisar seus dados com o módulo do Analysis. Por exemplo, você pode usar a técnica "Ciclo de vida do usuário" como um indicador para saber quais campanhas de marketing são mais propensas a conquistar os clientes que gastam mais. Em seguida, use essas informações para realocar seu gasto com marketing nas campanhas que têm uma receita estimada mais alta.

A métrica de receita estimada ficará disponível nas propriedades do GA4 que usam eventos de compra ou eventos coletados automaticamente assim que os limites necessários forem atingidos.

11 de dezembro de 2020

Modificar e criar eventos (Web)

Agora os eventos do Google Analytics que chegam a uma propriedade do Google Analytics 4 podem ser editados sem a necessidade de mudar nenhuma tag. As edições serão feitas imediatamente, e os eventos recebidos a partir desse momento serão afetados. Isso ajuda a remover os dados dos eventos que talvez não sigam os padrões comuns e a medir conversões de eventos e parâmetros específicos. Saiba mais.

BigQuery Export

As exportações de dados da propriedade do Google Analytics 4 não exigem mais um projeto do Firebase vinculado. Isso significa que os administradores do Analytics podem auditar e configurar as exportações de dados para o BigQuery na página Administrador do Google Analytics. Os administradores do Firebase podem continuar usando o Console do Firebase para configurar as exportações das propriedades vinculadas. Você também pode especificar a região do Google Cloud Platform ao configurar novas exportações. Assim, é possível ter mais controle sobre seus dados. Para mais informações, consulte este artigo.

20 de novembro de 2020

RLSA em sites

Os públicos-alvo do Google Analytics 4 agora são compatíveis com as campanhas de pesquisa do Google Ads. Basta vincular o Google Analytics ao Google Ads e ativar a configuração Personalização de anúncios no link. Também é necessário ativar os Indicadores do Google. Depois disso, todos os seus públicos-alvo do Google Analytics 4 começarão a ser preenchidos no Google Ads. Para começar, anexe-os às campanhas novas ou existentes. Consulte este artigo para ver as etapas detalhadas e mais informações.

Filtros de dados

Durante a navegação no seu site ou app, os desenvolvedores e usuários internos enviam naturalmente dados do Google Analytics para sua propriedade. Agora você pode usar os filtros de tráfego interno e do desenvolvedor para garantir que esses dados não afetem os relatórios do Google Analytics de forma permanente. Para informações detalhadas, consulte este artigo.

Medição de vários domínios

O Google Analytics 4 agora é compatível com a medição de vários domínios nos fluxos de dados da Web. Com esse recurso, os identificadores de usuário e de sessão dos cookies primários persistem quando os usuários navegam entre domínios diferentes marcados com o mesmo ID de métricas (ou seja, domínios cujos dados são usados para relatórios no mesmo fluxo de dados). Isso aumenta a precisão dos relatórios quando seus usuários acessam diferentes domínios na jornada de compra (por exemplo, quando o domínio do seu site principal é diferente do domínio do site de comércio eletrônico). No Google Analytics 4, esse recurso pode ser facilmente configurado diretamente na interface por qualquer usuário que tenha permissões para edição no nível da propriedade. Para mais informações e instruções detalhadas, consulte este artigo.

4 de novembro de 2020

Insights sobre conversões

Com os insights, os clientes têm mais facilidade de encontrar informações importantes e realizar ações significativas. Neste lançamento, fornecemos aos clientes novos insights de atribuição focados na atribuição de último clique. Por exemplo, os anunciantes podem ver as campanhas que geraram mais conversões e receita no último mês.

29 de setembro de 2020

Relatórios mais flexíveis: conheça as dimensões e métricas personalizadas com base no escopo do evento nas propriedades App + Web

As dimensões e métricas personalizadas com base no escopo do evento agora estão disponíveis nas propriedades App + Web do Google Analytics. Anteriormente, um recurso semelhante era conhecido como "Relatório de parâmetros personalizados", e um registro individual era necessário para cada par de evento-parâmetro, o que era muito trabalhoso e usava grande parte da cota.

Com esse lançamento, os parâmetros registrados se tornam dimensões ou métricas personalizadas com base no escopo do evento em toda a propriedade, preservando todos os dados agregados históricos. A partir de agora, essas dimensões e métricas podem ser registradas uma vez no nível da propriedade, simplificando o fluxo de trabalho e preservando significativamente a cota.

Os nomes dos parâmetros serão essencialmente aliases da dimensão/métrica para que os desenvolvedores possam se concentrar no acompanhamento de pontos de dados com nomes significativos.

Quando o escopo de uma dimensão/métrica personalizada passa do nível do evento para o nível da propriedade, preservamos os dados agregados históricos com base no escopo do evento e os alimentamos de forma contínua com novos dados agregados. Nos casos em que um parâmetro é registrado para vários eventos, fazemos a distinção entre os parâmetros atribuindo um nome de dimensão/métrica que inclui o nome do evento atribuído atualmente (por exemplo, "custom_dimension_name [event_name]"). Uma prática recomendada é remover as métricas e dimensões personalizadas duplicadas que têm registro em vários eventos para ajudar a preservar a cota. Saiba mais

18 de setembro de 2020

Visualizar os dados de propriedades App + Web no Data Studio

Agora você pode adicionar dados das propriedades App + Web aos seus relatórios e painéis do Data Studio. Veja os campos disponíveis na API Reporting da propriedade App + Web do Google Analytics. No momento, essas APIs estão na versão Beta de trusted testers. Inscreva-se aqui para testar produtos do Google.

Saiba mais

10 de setembro de 2020

Alterações no referenciador do Chrome v85

No final de agosto, o Chrome fará alterações de privacidade voltadas ao usuário nos campos de versão do navegador e do referenciador. Embora sejam mudanças positivas, elas afetam a capacidade do Google Analytics de gerar relatórios sobre as referências orgânicas do Chrome. Reconhecemos o valor que o tráfego orgânico agrega aos nossos clientes. Portanto, em um esforço para apoiar as mudanças de privacidade do Chrome e ajudar nossos clientes, a partir de agora, usaremos uma lista de mecanismos de pesquisa estabelecidos para identificar esse tipo de tráfego. Veja a lista na nossa Central de Ajuda. Se houver mecanismos de pesquisa que não estão na lista, siga o processo estabelecido (também descrito na nossa Central de Ajuda) para aprovação de outros mecanismos.

Continuaremos oferecendo suporte às origens de pesquisa orgânica personalizadas do Universal Analytics. Talvez seja necessário ajustar suas listas de pesquisa orgânica personalizadas removendo o parâmetro de consulta para oferecer suporte aos usuários do Chrome v85+.

Como parte dessa alteração, a subversão exata do Chrome no Google Analytics são será informada aos clientes, mas o navegador e o número da versão principal sim.

Essa alteração afeta o Universal Analytics e nossas propriedades App + Web (Beta). Como não há suporte ativo para nossa tag ga.js legada, parte do tráfego orgânico passará a ser categorizado como tráfego por referência. Recomendamos que você mude para a tag global do site do Google se quiser manter a visibilidade dos mecanismos de pesquisa nos relatórios de tráfego orgânico. Caso você precise atualizar as tags, esse é um bom momento para configurar as propriedades App + Web e reduzir futuros esforços com implementação.

3 de setembro de 2020

Novo histórico de alterações

Atualizamos o histórico de alterações do Google Analytics para um novo formato que permite a saída de dados estruturados e estados detalhados de antes e depois. Esse recurso também foi expandido para dar suporte aos administradores da propriedade e da conta, oferecendo versões para o escopo de cada nível.

Anteriormente, o histórico de alterações era um recurso de texto livre que tinha informações diferentes dependendo do que estava sendo modificado. Todas as alterações serão registradas em uma estrutura padrão: "Quem", "O que", "Onde" e "Quando". "Quem" é o usuário que fez a modificação, seja um usuário ou um processo automatizado. "O que" é o objeto que está sendo alterado. "Onde" é o local da modificação, seja um objeto vinculado à propriedade ou à conta. A entrada "Onde" é o carimbo de data/hora da alteração no fuso horário do navegador. Este artigo da Central de Ajuda explica como usá-lo.

Para objetos implementados na nova API Admin (atualmente na versão Alfa), oferecemos representações detalhadas de antes e depois do objeto modificado. Isso permite novas pesquisas da equipe de suporte que exigem representações detalhadas de mudanças que podem afetar os relatórios ou as exportações de dados.

Com esse novo histórico de alterações, esperamos melhorar a experiência de suporte, segurança e auditoria no Google Analytics.

21 de agosto de 2020

App Google Analytics para dispositivos móveis

Reformulamos os apps Google Analytics para dispositivos móveis para ajudar você a acessar seus dados rapidamente, em qualquer lugar e a qualquer momento. Os apps são compatíveis com as propriedades App + Web e do Universal Analytics.

Os apps antigos deixarão de funcionar no fim de setembro, então atualize para a versão mais recente no Android e no iOS.

24 de julho de 2020

Novos recursos preditivos na propriedade App + Web do Google Analytics

Estamos lançando duas novas métricas preditivas para propriedades App + Web. A primeira é a probabilidade de compra, que estima a chance de os usuários que visitaram seu app ou site realizarem uma compra nos próximos sete dias. A segunda é a probabilidade de desligamento de usuários, que estima a chance de os usuários ativos recentemente não visitarem o app ou site nos próximos sete dias. Use essas métricas para impulsionar o crescimento da sua empresa, alcançando as pessoas com maior probabilidade de comprar e retendo as pessoas que talvez não retornem ao seu app ou site pelo Google Ads.

Agora, o Google Analytics sugere novos públicos-alvo preditivos que podem ser definidos no Criador de públicos-alvo. Por exemplo, usando o recurso "probabilidade de compra", sugeriremos o público-alvo "Prováveis compradores dos próximos sete dias", que inclui usuários com maior probabilidade de comprar nos próximos sete dias. Ou então, usando o recurso "probabilidade de desligamento de usuários", sugeriremos o público-alvo "Prováveis compradores inativos dos próximos sete dias", que inclui usuários ativos que provavelmente não visitarão seu site ou app nos próximos sete dias.

Além de criar públicos-alvo, você também pode usar métricas preditivas para analisar seus dados com o módulo de análise. Por exemplo, você pode usar a técnica de ciclo de vida para identificar qual campanha de marketing ajudou a conquistar usuários com a maior probabilidade de compra. Com essas informações, você pode realocar uma parte maior do seu orçamento de marketing para essa campanha de grande potencial.

Nas próximas semanas, essas métricas estarão disponíveis nas propriedades que têm eventos de compra implementados ou avaliam as compras no aplicativo automaticamente assim que os limites necessários forem atingidos.

Técnica de coorte na Analysis: qualquer evento como critério de inclusão/retorno

Estamos lançando dois novos recursos na técnica de coorte do Analysis:

Qualquer evento como critérios de inclusão e de retorno

Agora você pode selecionar qualquer evento como critério de inclusão ou retorno para que suas análises descubram insights exclusivos. Veja alguns exemplos:

  • Como suas coortes recém-adquiridas são convertidas no evento mais relevante para sua empresa (por exemplo, compras):
     
  • Como as coortes de diferentes segmentos de usuário se comportam em jornadas importantes, como a comparação de taxas de conclusão de fases de usuários pagantes e não pagantes:
     

Títulos com linguagem natural

Títulos de gráficos dinâmicos que descrevem com precisão os resultados da análise de coorte. Você verá acima dos resultados de coorte uma frase que descreve os dados exibidos e muda conforme você altera as configurações da guia.

O título dinâmico do primeiro exemplo acima está destacado aqui:

 

 

26 de junho de 2020

Exclusão de tráfego de bots nas propriedades App + Web

Começamos a excluir automaticamente o tráfego de bots das suas propriedades App + Web. O tráfego de bots é identificado pela combinação de pesquisas do Google com a lista internacional de bots e indexadores mantida pelo Interactive Advertising Bureau (IAB). No Universal Analytics, os usuários precisavam ativar a exclusão de bots por propriedade. A exclusão automática garante, da melhor forma possível, que os dados do Google Analytics nas suas propriedades App + Web não incluam eventos de bots conhecidos. Encontre mais informações neste artigo da Central de Ajuda.

12 de junho de 2020

Upgrade do Relatório de detalhes das conversões

Atualizamos a página de detalhes das conversões para dar suporte à análise avançada e garantir a consistência com o restante dos relatórios App + Web. Você pode aplicar comparações (que permitem comparar e filtrar dados) e dimensões secundárias aos dados de conversão de maneira semelhante a outros relatórios App + Web.

29 de maio de 2020

O limite de público-alvo das propriedades App + Web aumentou de 50 para 100

Como parte de uma auditoria regular do uso de recursos, aumentamos o número de públicos-alvo que você pode criar em uma propriedade App + Web de 50 para 100.

20 de maio de 2020

Consultas de pesquisa predefinidas nas propriedades App + Web

Agora você só precisa clicar em consultas de pesquisa predefinidas para ver insights rápidos sobre seus dados do Google Analytics. Com a Pesquisa do Google Analytics, você pode fazer uma grande variedade de perguntas sobre os dados do Google Analytics em linguagem natural e receber respostas instantâneas.

21 de abril de 2020

Modelos predefinidos para criar insights personalizados em propriedades App + Web

Com os novos modelos predefinidos para insights personalizados, você pode configurar até cinco insights personalizados com um clique. Os insights personalizados são usados para monitorar o comportamento inesperado das principais métricas de negócios. Saiba mais

Cards de desempenho no painel de comportamento

Há dois novos cards de desempenho e relatórios na vista de relatórios padrão para propriedades App + Web. Eles ajudam a responder perguntas como:

  • De onde vem o tráfego do meu site? O conteúdo desta página precisa ser melhorado?
    • Métricas: conversões e interação com um evento específico
  • Como está o desempenho dos meus diferentes canais de mídia paga entre si?
    • Isso inclui campanhas do Google e de terceiros.
    • Métricas: campanhas com o melhor ou o pior desempenho, públicos-alvo com o melhor ou o pior desempenho, custo/conversões em todas as campanhas

Fluxo de vinculação atualizado do Google Ads

Atualizamos e melhoramos o fluxo de trabalho de vinculação do Google Ads das propriedades App + Web. Com essa nova experiência, é possível definir fluxos de trabalho otimizados para criar, editar ou excluir vinculações. Além disso, ela fornece uma visualização consistente e consolidada em todas as contas existentes do Google Ads.

3 de abril de 2020

Os eventos ecommerce_purchase agora podem ser configurados como conversões

Se o ecommerce_purchase já for uma conversão na sua propriedade, ele permanecerá com uma conversão (mas você tem a opção de desmarcá-lo). As novas propriedades têm a opção de marcar o ecommerce_conversion como uma conversão (semelhante a qualquer outro evento)

Isso é um resultado da compra se tornando uma conversão padrão e unifica as compras no app e na Web, o que minimiza a confusão e os erros de configuração.

20 de março de 2020

Histórico de pesquisa do Analytics Intelligence

O histórico de pesquisa do Analytics Intelligence é armazenado para aprimorar a personalização dos resultados da pesquisa do Google Analytics. Agora você pode ver as atividades salvas na sua conta clicando em Administrador e, na coluna "Propriedade", em Histórico de pesquisa do Analytics Intelligence.

Os usuários com permissão para edição podem excluir qualquer uma ou todas as atividades de pesquisa anteriores em uma propriedade

Edições avançadas no Analysis

Com o novo recurso "Editar no Analysis" do módulo App + Web, é mais fácil explorar seus relatórios do Analysis sem precisar recriá-los.

Se você precisar fazer uma edição ou alteração em qualquer relatório de exploração, por exemplo, mudar para uma visualização diferente, analisar segmentos diferentes dos usuários ou dividir os dados em mais dimensões, clique emEditar no Analysis no painel de personalização para recriar o mesmo relatório.

6 de março de 2020

Técnica de coorte no Analysis

Com a nova técnica de coorte no módulo do Analysis das propriedades App + Web, é possível ter uma compreensão mais granular do comportamento do usuário ao longo do tempo em diferentes coortes.

Essa técnica permite análises granulares do comportamento do usuário ao longo do tempo em diferentes coortes. Agora os usuários podem responder a perguntas como:

  • Entre os usuários adquiridos na semana passada, quantos realizaram uma compra e quanto tempo levaram para fazer isso depois de terem sido adquiridos? Como esse comportamento é diferente dos usuários adquiridos na semana anterior?
  • Os usuários adquiridos durante a semana da Black Friday geram mais receita ao longo do tempo em comparação com os usuários adquiridos em outras semanas?
  • Entre os usuários que fizeram uma compra na semana passada, quantos compraram novamente depois disso e quanto tempo após a primeira compra? Como esse comportamento muda com o tempo?

Saiba mais ou faça um teste na sua propriedade App + Web na seção "Análise de coorte" no módulo do Analysis.

Novos relatórios em tempo real nas propriedades App + Web

Agora todas as propriedades App + Web têm uma nova experiência de geração de relatórios em tempo real. É possível criar comparações com os dados em tempo real e ver como os usuários passam pelo funil de marketing, da aquisição à compra, em tempo real. Assim, você pode agir com mais rapidez.

21 de fevereiro de 2020

Suspensão de uso dos campos de dados do provedor de serviços e do domínio de rede

A partir de 4 de fevereiro de 2020, os campos de dados do provedor de serviços e do domínio de rede não serão mais preenchidos. Os campos permanecerão no produto para uso legado, mas não serão mais atualizados.

À medida que continuamos a desenvolver nosso produto, analisamos regularmente a forma como processamos e disponibilizamos os dados. Isso foi resultado da avaliação.

Se você confiou nesses campos para a detecção de spam, verifique se você ativou a filtragem de bots e indexadores nas configurações de visualização. O Google Analytics trabalha constantemente para garantir o ambiente de dados mais limpo e seguro para nossos usuários e continuará com esse processo.

7 de fevereiro de 2020

Caminhos para um evento selecionado (caminho reverso)

Com o novo recurso na análise de caminho (no módulo de análise) das propriedades App + Web, é possível selecionar uma página ou um evento desejado e ver como os usuários chegaram a ele.

Você pode selecionar um evento, como uma compra ou conversão, para analisar os diferentes caminhos que os usuários seguiram para chegar até ele e usar essa informação para melhorar a experiência deles.

Por exemplo, você pode determinar caminhos inesperados a comprar fora do funil de compra pretendido, descobrindo o comportamento do usuário que ajudará a otimizar seu site.

 

Você também pode selecionar um evento que gostaria de evitar, como a desinstalação de um app, e ver a sequência de eventos que antecedeu essa ação para otimizar a experiência do usuário e reduzir as desinstalações.

23 de janeiro de 2020

Conversões na Web ativadas para lances no Google Ads

Como acompanhamento do lançamento da exportação de conversões na Web das propriedades App + Web, as conversões exportadas para o Google Ads (exceto para conversões de remarketing) serão ativadas por padrão para definir lances. As conversões exportadas anteriormente poderão ser editadas no Google Ads para que os anunciantes possam ativá-las manualmente para os lances.

Um aviso será exibido na sua conta do Google Ads:

 

Use a seguinte coluna na sua conta do Google Ads para ativar os lances:

Até 14 meses de retenção para dados do usuário e de evento do Analysis nas propriedades App + Web

A análise das propriedades App + Web ficou muito mais eficiente. Agora você pode ativar até 14 meses de retenção para dados no nível do usuário e de evento para realizar análises de longo prazo. Saiba mais

Ao alterar as configurações no painel do administrador como mostrado abaixo para 14 meses, os dados no nível do evento deixarão de expirar na marca de dois meses e você poderá executar análises de períodos mais longos.

 

Conforme os dados forem acumulados na sua propriedade App + Web, você poderá:

  • executar análises em um trimestre ou ano inteiro;
  • comparar as métricas principais e o mesmo mês do ano passado para identificar tendências sem considerar a sazonalidade;
  • procurar o comportamento do usuário em funis e caminhos durante um período maior.

Para aproveitar essa nova política de retenção de dados, ative-a no painel do administrador (Administrador > coluna "Propriedade" > Configurações de dados > Retenção de dados). Os dados no nível do evento continuarão sendo excluídos após dois meses até que você faça essa alteração.

23 de dezembro de 2019

Agora você pode realizar as ações a seguir com a pesquisa nas propriedades App + Web:

  • Navegue até as páginas na seção "Administrador". Por exemplo, se você quiser incluir um novo usuário na propriedade App + Web, basta pesquisar "adicionar usuário". A página de gerenciamento de usuários relevante aparecerá nos resultados da pesquisa.

  • Procure detalhes de configuração, como o ID de métricas (também conhecido como ID de acompanhamento nas propriedades da Web), ID da propriedade ou ID da conta.

  • Veja artigos de ajuda específicos relevantes sobre App + Web nos resultados da pesquisa.

  • Use as sugestões de preenchimento automático assistido. Basta pressionar Tab para pesquisar mais rapidamente.

Eventos de compra agora são classificados como conversões por padrão

Os eventos de compra das propriedades App + Web passaram a ser marcados como conversões por padrão. Assim, transações importantes feitas em um site são incluídas automaticamente no Relatório de conversões para ajudar você a entender como as iniciativas de marketing impulsionam essas transações (semelhante a ecommerce_purchase para apps). Além disso, os eventos de compra ficam automaticamente disponíveis para importação no Google Ads no caso de propriedades vinculadas ao produto.

9 de dezembro de 2019

Receber respostas instantâneas por meio da pesquisa

Agora você pode fazer perguntas sobre seus dados do Google Analytics em linguagem natural e receber respostas rápidas para uma ampla variedade de questões. Ao pesquisar respostas instantâneas, especifique a métrica, a dimensão e os períodos para receber a resposta desejada. Por exemplo, você pode pesquisar "conversões dos estados unidos na semana passada" e encontrar a resposta nos resultados da pesquisa. Clique em um resultado de pesquisa para abrir o painel "Insights" e ver mais detalhes. Saiba mais

Eventos NPA e propriedades do usuário

Agora você pode marcar propriedades do usuário e eventos específicos como "NPA" (sinais de publicidade não personalizada) para indicar que esses dados não devem ser usados para fins de publicidade personalizada e, ao mesmo tempo, manter casos de uso de avaliação e personalização de conteúdo. Saiba mais

14 de novembro de 2019

Vários fluxos da Web em propriedades App + Web

Agora você pode criar vários fluxos da Web em propriedades App + Web para um total de 50 fluxos em apps e na Web. Com essa versão, você pode avaliar vários sites na mesma propriedade e distingui-los na interface de relatórios. Esperamos que essa funcionalidade seja útil nas propriedades em que os usuários querem analisar várias fontes de dados de forma independente. Saiba mais

Exportação de conversões da Web em propriedades App + Web

Agora você pode exportar suas conversões na Web das propriedades App + Web do Google Analytics para o Google Ads e usá-las nos relatórios e nas definições de lances. Antes, esse recurso estava disponível apenas para conversões de apps (no Firebase). Com esta versão, o Google Ads oferece equivalência da utilidade de conversões em apps e na Web das propriedades App + Web do Google Analytics. Saiba mais

1º de novembro de 2019

Insights

Agora você pode ver insights automáticos e alterações de métricas que o Google Analytics identifica como importantes para sua empresa, além de criar insights personalizados acionados por alterações de métricas que tenham limites definidos por você. Os insights ficam mais inteligentes à medida que aprendem sobre sua empresa. Saiba mais

Análise

Os caminhos ao longo de nós únicos agora permitem a você realizar uma análise de caminho que exiba apenas os valores variáveis dos nós.

Por exemplo, se você quiser ver como os usuários navegam nas páginas do seu site ou nas telas do seu app e houver vários eventos rastreados para cada página ou tela, a opção da análise de caminho exibe somente um nó para cada página ou tela, mesmo que o usuário tenha executado muitos eventos consecutivos nesses locais em questão. No entanto, se o usuário voltar para essa página ou tela depois de abrir outra, ela aparecerá novamente como um nó único no caminho. Saiba mais

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?