Exportação de streaming do BigQuery

Neste artigo:

Sobre a exportação de streaming

A exportação de streaming do BigQuery disponibiliza os dados mais atualizados do dia em poucos minutos por meio do BigQuery Export.

Quando você usa essa opção de exportação, o BigQuery traz as informações mais recentes sobre os usuários e o tráfego da sua propriedade para sua análise.

A cada dia, a exportação de streaming cria uma nova tabela e uma visualização (do BigQuery) dessa tabela:

  • Tabela: ga_realtime_sessions_YYYYMMDD é uma tabela interna de teste que inclui os registros de todas as sessões e demais atividades que ocorreram ao longo do dia. Os dados são exportados de forma contínua a cada 15 minutos. Essa tabela traz os registros de uma mesma sessão que passa por várias operações de exportação.
     
    As tabelas ga_realtime_sessions_YYYYMMDD não devem ser usadas para realizar consultas (aliás, elas não são incluídas no escopo do suporte técnico do Google Analytics). Ao fazer consultas nessas tabelas, você pode obter resultados inesperados, com registros duplicados de algumas sessões. Se precisar fazer consultas, use a vista ga_realtime_sessions_view_YYYYMMDD.
  • A vista ga_realtime_sessions_view_YYYYMMDD é armazenada em um nível acima das tabelas exportadas para eliminar a duplicação dos registros de sessões repetidas que pode ocorrer após várias exportações. Por isso, você deve consultar essa tabela para garantir que seus dados não estarão duplicados. Saiba mais sobre as vistas do BigQuery.

Desempenho da consulta

Embora a vista ga_realtime_sessions_view elimine a duplicação de usuários e sessões, esse processo adiciona uma etapa computacional extra a cada consulta, o que aumenta o tempo total delas. O aumento no tempo de consulta varia dependendo do volume de dados e, portanto, é diferente para cada cliente.

No entanto, esse aumento no tempo de consulta é compensado pelos dados resultantes do processo, que em geral são mais atuais e permitem tomar decisões mais embasadas.

Faturamento

Para usar a exportação de streaming, há um custo adicional de aproximadamente US$ 0,05 por gigabyte de dados transferidos. Isso equivale a cerca de 600 mil hits do Google Analytics, embora esse número varie dependendo do tamanho do hit. Esses custos adicionais são incluídos no cupom do BigQuery que todos os clientes do Google Analytics 360 recebem. Saiba mais sobre os preços do BigQuery.

Cobertura de campo

Campos disponíveis

A maioria das dimensões de primeira classe do Google Analytics (ou seja, dimensões nativas que não são oferecidas nos relatórios de outras soluções) é disponibilizada, exceto conforme indicado abaixo.

Campos não disponíveis

Os dados que são alterados por outras origens de anúncios (como Google Ads, Campaign Manager, Google Ad Manager etc.) não são disponibilizados.

Os dados do agrupamento de canais não estão disponíveis.

Os seguintes campos não estão disponíveis:

  • userId
  • trafficSource.*
  • hits.latencyTracking.*
  • hits.publisher.*

Pré-requisitos

As vistas do Google Analytics 360 cujos dados são exportados para o BigQuery precisam se qualificar para usar a atualização otimizada de dados.

Implementação

Configure o BigQuery Export e vincule o BigQuery à sua propriedade do Google Analytics, caso ainda não tenha feito isso.

Após configurar o BigQuery Export:

  1. Faça login no Google Analytics. Use um endereço de e-mail com acesso de PROPRIETÁRIO ao projeto do BigQuery e que também tenha permissão para edição na propriedade do Google Analytics que contém a vista que você quer vincular.
  2. Clique em Admin e acesse a propriedade que contém a vista com os dados que você quer exportar.
  3. Na coluna PROPRIEDADE, clique em Todos os produtos > BigQuery > Ajustar link.
  4. Selecione Exportação de dados contínua.
  5. Clique em Continuar.
  6. Clique em Concluído.

Impacto da alteração de frequência de exportação

Alteração de Exportação de dados em lote várias vezes por dia para Exportação de dados contínua: quando aplicada a uma propriedade, essa alteração só entra em vigor após as 0h do dia seguinte com base na vista que tem o fuso horário mais adiantado daquela propriedade.

Alteração de Exportação de dados contínua para Exportação de dados em lote várias vezes ao dia: a exportação de streaming é desativada imediatamente, e o fluxo de dados é interrompido em algumas horas. Os dados começarão a ser exportados novamente no próximo período de exportação regular (as exportações ocorrem, em lote, várias vezes ao dia). A próxima exportação intradiária conterá o conjunto de dados completo daquele dia, conforme esperado para essa frequência de exportação.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?