Sobre os modelos de atribuição MCF padrão

Saiba como cada modelo MCF atribui crédito pela conversão.

O Google Analytics fornece os seguintes modelos de atribuição padrão na Ferramenta de comparação de modelos de funis multicanal. Você também pode criar seus próprios modelos personalizados na ferramenta.

Modelos de atribuição padrão

Ícone do modelo "Última interação" O modelo Última interação atribui 100% do valor da conversão ao último canal com o qual o cliente interagiu antes de comprar ou concluir a conversão.
Quando é útil: se seus anúncios e campanhas são criados para atrair as pessoas no momento da compra ou se seu negócio é principalmente transacional com um ciclo de vendas que não envolve uma fase de consideração, o modelo "Última interação" pode ser apropriado.

 

Ícone do "Último clique não direto" e do "Último clique no Google AdWords" O modelo Último clique não direto ignora o tráfego direto e atribui 100% do valor da conversão ao último canal em que o cliente clicou antes de comprar ou converter. O Google Analytics usa esse modelo por padrão ao atribuir o valor da conversão em relatórios que não sejam o de funis multicanal.
Quando é útil:

Como o modelo "Último clique não direto" é o modelo padrão usado para relatórios que não sejam o de funis multicanais, ele fornece uma referência útil para comparação com resultados de outros modelos.

Além disso, se você considerar que o tráfego direto vem de clientes que já foram conquistados por meio de outro canal, poderá filtrar o tráfego direto e se concentrar na última atividade de marketing antes da conversão.

 

Ícone do "Último clique não direto" e do "Último clique no Google AdWords" O modelo Último clique no Google Ads atribui 100% do valor da conversão ao anúncio mais recente do Google Ads no qual o cliente clicou antes de comprar ou concluir a conversão.
Quando é útil: se você quiser identificar e atribuir o crédito aos anúncios do Google Ads que tiveram o maior número de conversões, use o modelo "Último clique no Google Ads".

 

Ícone do modelo "Primeira interação" O modelo Primeira interação atribui 100% do valor da conversão ao primeiro canal com o qual o cliente interagiu.
Quando é útil: esse modelo é apropriado se você veicula anúncios ou campanhas para criar reconhecimento inicial. Por exemplo, se sua marca não for muito conhecida, você poderá atribuir mais valor às palavras-chave ou aos canais que expuseram os clientes à marca pela primeira vez.

 

Ícone do modelo "Linear" O modelo Linear oferece crédito igual a todas as interações de canal no caminho da conversão.
Quando é útil: esse modelo será útil se suas campanhas forem criadas para manter contato com o cliente e o reconhecimento dele durante todo o ciclo de vendas. Nesse caso, cada ponto de contato é igualmente importante durante o processo de consideração.

 

Ícone do modelo "Redução de tempo" Se o ciclo de vendas envolver apenas uma breve fase de consideração, o modelo Redução de tempo talvez seja apropriado. Esse modelo se baseia no conceito de redução exponencial e fornece mais crédito aos pontos de contato que ocorreram mais perto do momento da conversão. O modelo "Redução de tempo" tem uma meia-vida padrão de sete dias. Portanto, um ponto de contato que ocorreu sete dias antes de uma conversão recebe metade do crédito de outro que ocorreu no dia da conversão. De modo semelhante, um ponto de contato que ocorreu 14 dias antes recebe um quarto do crédito de outro que ocorreu no dia da conversão. A redução exponencial continua na sua janela de lookback (padrão de 30 dias).
Quando é útil: se você exibe campanhas promocionais de um ou dois dias, convém dar mais crédito às interações durante os dias da promoção. Nesse caso, as interações que ocorreram uma semana antes têm somente um pequeno valor em comparação com os pontos de contato próximos à conversão.

 

Ícone do modelo "Com base na posição" Com o modelo Com base na posição, você pode criar um modelo híbrido de "Última interação" e "Primeira interação". Em vez de atribuir todo o crédito à primeira ou última interação, você pode dividir o crédito entre elas. Um cenário comum é atribuir 40% de crédito à primeira interação, 40% à última interação e 20% às interações intermediárias.
Quando é útil: se você valoriza os pontos de contato que apresentam sua marca aos clientes e os pontos de contato finais que resultam em vendas, use o modelo "Com base na posição". 

Recursos relacionados

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?