Neste artigo, falaremos sobre as propriedades do Google Analytics 4. Consulte a seção do Universal Analytics se você ainda estiver usando uma propriedade do Universal Analytics, que vai deixar de processar dados em 1º de julho de 2023 (1º de outubro de 2023 para as propriedades do Analytics 360).

[GA4] Soluções de exploração em formato livre

As explorações em formato livre são as mais flexíveis das técnicas de exploração e são as mais semelhantes aos Relatórios personalizados no Universal Analytics. Com uma exploração em formato livre, é possível ver seus dados em tabelas e gráficos, adicionar segmentos e filtros e aprimorar as informações mais relevantes.

Neste artigo, você vai aprender a usar as explorações em formato livre para responder a estas perguntas:

  • Que páginas/telas no meu site/app geram mais visualizações?
  • Que páginas de destino têm a melhor performance ou geram mais conversões?
  • O que as pessoas procuram no meu site/app? Como posso melhorar o conteúdo ou a navegação no meu site?
  • Qual é a performance das minhas páginas de destino ao longo do tempo? Os usuários acessam várias páginas com a mesma frequência?
Os exemplos neste artigo se baseiam na conta de demonstração do Google Analytics. Para seguir as etapas abaixo, primeiro é necessário acessar essa conta.

Que páginas/telas no meu site/app geram mais visualizações?

Uma pergunta básica sobre seus usuários é "Que páginas e telas eles estão visualizando?". No Universal Analytics, o relatório de páginas responde a essa pergunta. No Google Analytics 4, é possível ver as mesmas informações e muito mais ao personalizar uma exploração em formato livre.

Etapas

1. Crie uma exploração em formato livre.

Comece com o modelo de formato livre.

  1. No Google Analytics, selecione a propriedade GA4 – Google Merchandise Store.
  2. No menu de navegação à esquerda, clique em Explorar.
  3. Na seção Iniciar uma nova exploração, clique em Formato livre.

2. Disponibilize as dimensões e métricas da "página".

As dimensões e métricas necessárias não estão disponíveis por padrão. É necessário adicioná-las.

  1. Clique em Ícone "Adicionar" ao lado de Dimensões, à esquerda.
  2. Marque as caixas de seleção Caminho da página + string de consulta e Título da página e nome da tela.
  3. Clique em Importar.
  4. Clique em Ícone "Adicionar" ao lado de Métricas, à esquerda.
  5. Marque as caixas de seleção Visualizações e outras métricas que você queira explorar.
  6. Clique em Importar.

3. Adicione os dados à exploração.

Remova os campos padrão e adicione os desejados.

  1. Em "Configurações da guia", remova as dimensões e métricas padrão:
    1. Para remover um campo, passe o cursor sobre ele e clique em Clear..
    2. Adicione as dimensões Caminho da página + string de consulta e Título da página e nome da tela como a dimensão da linha e Visualizações como a métrica da coluna:
      1. Para adicionar um campo à exploração, clique em Soltar ou selecionar dimensão / métrica e escolha o campo que você quer incluir.
      2. Para fins de comparação, você também pode adicionar Usuários ativos como uma métrica de coluna para ter uma ideia da popularidade de cada página por usuário único.

4. Exclua páginas que não são importantes para você.

Filtre a exploração para focar nas páginas mais acessadas ou mais importantes. Exemplo:

  1. Passe o cursor sobre a Página inicial (/) na primeira coluna da exploração.
  2. Clique com o botão direito do mouse e selecione Excluir seleção.
  3. Repita essas etapas para a página do carrinho de compras (basket.html).

No momento, as páginas de Produtos mais populares estão nas seções Liquidação e Roupas masculinas do site.

 

Exploração da página de destino

Saber qual página do seu site ou app os usuários acessam ao entrar nele pela primeira vez pode ajudar a otimizar a experiência deles e aprimorar seus esforços de marketing, tornando essas páginas mais relevantes ou úteis para eles. Uma exploração em formato livre pode ajudar nesse sentido analisando como as diferentes páginas de destino contribuem para suas conversões.

Para criar essa exploração, use uma das dimensões de página de destino e adicione segmentos para comparar as sessões com e sem conversões.

Etapas

1. Adicione uma nova guia à exploração.

Adicione várias guias para manter suas soluções na mesma exploração.

  1. Clique em Ícone "Adicionar" à direita do nome da guia atual.
  2. Selecione Formato livre.
  3. Renomeie a guia substituindo o nome atual ("Formato livre 2") por um novo nome ("Páginas de destino").

2. Disponibilize as dimensões da página de destino.

As dimensões e métricas necessárias não estão disponíveis por padrão. É necessário adicioná-las.

  1. Clique em Ícone "Adicionar" ao lado de Dimensões, à esquerda.
  2. Marque a caixa de seleção Página de destino.
  3. Clique em Importar.

A métrica Usuários ativos já deve estar disponível em Variáveis. Caso contrário, siga estas etapas para adicioná-la:

  1. Clique em Ícone "Adicionar" ao lado de Métricas, à esquerda.
  2. Marque a caixa de seleção Usuários ativos.
  3. Clique em Importar.

3. Adicione os dados à exploração.

  1. Arraste e solte a dimensão Página de destino na seção Linhas.
  2. Arraste e solte a dimensão Usuários ativos na seção Valores.

4. Compare sessões com e sem conversões.

Agora, a exploração inclui apenas páginas de destino, aquelas que iniciaram a sessão do usuário. Para ver quais páginas de destino fazem parte das sessões com conversões, adicione dois segmentos:

Criar o segmento Sessões com compra

  1. Clique em Ícone "Adicionar" ao lado de Segmentos, à esquerda.
  2. Na seção Criar um segmento personalizado, clique em Segmento da sessão.
  3. Dê a esse segmento o nome de "Sessões com compra".
  4. Em Incluir sessões quando, clique em Adicionar uma nova condição.
  5. Em Evento, selecione Eventos > Compra no app.
  6. Clique em OU para adicionar outra condição.
  7. Em Evento, selecione Eventos > compra.
  8. Clique em SALVAR E APLICAR.

Criar o segmento Sessões sem compra

  1. Clique em Ícone "Adicionar" ao lado de Segmentos, à esquerda.
  2. Na seção Criar um segmento personalizado, clique em Segmento da sessão.
  3. Dê a esse segmento o nome de "Sessões sem compra".
  4. Em Incluir sessões quando, clique em Adicionar uma nova condição.
  5. Em Evento, selecione Eventos > usuários que não compram serviços.
  6. Clique em SALVAR E APLICAR.

A exploração agora mostra quais páginas contribuem mais para as conversões e quais podem precisar de atenção se parecerem ter uma performance insatisfatória.

 

Exploração de Pesquisa no site

Ao personalizar o conteúdo com base nos termos de pesquisa dos usuários, é possível aumentar o engajamento e a satisfação. Por exemplo, se você notar um aumento em um termo específico, poderá adicionar mais conteúdo usando esse termo para ajudar os usuários a encontrar o que procuram ou responder às perguntas deles.

Antes de começar

Para criar uma exploração de Pesquisa no site, primeiro você precisa coletar os termos de pesquisa dos seus usuários. Para fazer isso, use o evento de medição otimizada view_search_results ou um evento personalizado transmitido do código do aplicativo para o Google Analytics. Você também vai precisar criar uma dimensão personalizada search_term na sua propriedade.

 

Etapas

 1. Adicione uma nova guia à exploração.

Adicione várias guias para manter suas soluções na mesma exploração.

  1. À direita do nome da guia atual, clique em Ícone "Adicionar".
  2. Selecione Formato livre.
  3. Para renomear a guia, clique no nome atual ("Formato livre 3") e digite um novo ("Pesquisa no site").

2. Disponibilize a dimensão search_term e a métrica Contagem de eventos.

  1. Clique em Ícone "Adicionar" ao lado de Dimensões, à esquerda.
  2. Marque a caixa de seleção search_term.
  3. Clique em Importar.
  4. Adicione search_term à seção Linhas em Configurações da guia.
  5. Adicione a métrica Contagem de eventos à seção "Valores" em Configurações da guia.

3. Filtre os valores "(não definido)".

Esta exploração pode mostrar muitos valores "(não definido)" porque ela analisa todos os eventos, mas nem todos incluem uma Pesquisa no site. Para fazer a exclusão deles, crie um filtro em que "Nome do evento" seja uma correspondência exata de "view_search_results".

  1. Na parte de baixo, em Configurações da guia, em Filtros, clique em Soltar ou selecionar dimensão ou métrica > Nome do evento.
  2. Clique em selecione o tipo de correspondência, depois em correspondência exata.
  3. Clique em insira o tipo de correspondência e selecione view_search_results.
  4. Clique em Aplicar.

A exploração agora mostra o número de vezes que os usuários pesquisaram um termo específico. Você pode usar essas informações para ajustar seu conteúdo com o objetivo de corresponder melhor ao que os usuários procuram.

Tendências ao longo do tempo

É possível ver as explorações em formato livre usando diferentes tipos de visualização, como um gráfico de pizza, de barras ou um geomapa. Cada tipo tem uma finalidade específica. Por exemplo, um gráfico de linhas mostra a tendência dos dados ao longo do tempo.

Etapas

  1. Clique em Gráfico de linhas em Visualização, à esquerda.
  2. Ajuste o número de linhas no gráfico, aumentando ou diminuindo a exibição de Linhas por dimensão.
  3. Passe o cursor sobre o gráfico para ver os pontos de dados em cada dia.

Detecção de anomalias

Se houver círculos vazios no gráfico de linhas, significa que o Google Analytics detectou uma anomalia nos dados. Para ver os detalhes da anomalia, passe o cursor sobre o círculo.

Por exemplo, a captura de tela abaixo mostra que, com base nos dados coletados anteriormente, o Google Analytics esperava a visita de aproximadamente mil usuários ativos à página inicial no dia 2 de fevereiro. Na verdade, o número observado de usuários ativos foi 2.200, 116% maior do que o esperado e suficiente para acionar a Detecção de anomalias.

Saiba mais sobre a Detecção de anomalias.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
69256
false
false