Atualização da Política sobre Publicidade Eleitoral nos Estados Unidos (novembro de 2019)

 

Em novembro de 2019, a Google vai atualizar a definição de anúncios eleitorais nos Estados Unidos de forma a incluir anúncios com:

  • O titular de um cargo atual ou um candidato a um cargo de nível estadual, como Governador, Secretário de Estado ou membro de uma legislatura estadual.
  • Um partido político a nível federal ou estadual.
  • Um referendo, uma iniciativa ou uma proposta a nível estadual que se qualificou para votação no respetivo estado.

Além disso, os comités da Califórnia, conforme exigido pelo Código § 84504.6 do Governo da Califórnia (2018), que têm de fornecer uma notificação expressa às plataformas online antes de comprarem "anúncios divulgados na plataforma online", terão de validar a respetiva conta e enviar informações adicionais sobre si mesmos para a publicidade política no Google Relatório de Transparência e divulgações nos anúncios.

A partir de 18 de novembro de 2019, todos os anunciantes poderão candidatar-se à validação com informações do registo da comissão de eleições do estado e os comités da Califórnia podem concluir o processo de notificação expressa. Os anunciantes que pretendam candidatar-se à validação poderão fazê-lo utilizando o nosso formulário de validação política e um ID da FEC ou um EIN. A aplicação da política terá início a 3 de dezembro de 2019.

A Google restringe a publicidade a anúncios eleitorais estaduais e locais em Washington, Maryland, Nova Jérsia, Nevada e Nova Iorque. No dia 18 de novembro de 2019, também vamos atualizar algumas destas restrições.

(Publicado em novembro de 2019)

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?