Notificação

Visite A sua página do AdSense, onde pode encontrar informações acerca da sua conta para ajudar a ter sucesso com o AdSense.

Visão geral e orientações sobre o GDPR

Integração do editor com a TCF do IAB Europe

Para fazer a integração com a TCF do IAB Europe, o editor precisa implementar no próprio site uma CMP da TCF registrada pelo IAB. A CMP cria e envia a string de TC (transparência e consentimento). Em seguida, as tags de anúncio do Google consomem a string de TC que a CMP enviou.

Caso o Google não tenha consentimento para a Finalidade 1 (armazenar e/ou acessar informações em um dispositivo), não chame a tag de anúncio do Google.

Diretrizes gerais

Se você implementou uma CMP da TCF registrada pelo IAB Europe no seu site, o Google AdSense vai consumir automaticamente a string de TC da CMP.

Observação: todas as seleções de CMP feitas pelos fornecedores na CMP da TCF registrada pelo IAB vão substituir as escolhas de provedores de tecnologia de publicidade nos controles de consentimento dos usuários da UE. Isso vai acontecer inclusive se você tiver escolhido veicular anúncios não personalizados para todos os usuários do EEE, do Reino Unido e da Suíça por esses controles.

Caso você tenha definido um NPA na solicitação de anúncio, ele e o consentimento indicado pela string de TC serão analisados. Vamos usar a configuração mais cautelosa.

  • Transmitir a string de TC para as tags: as tags da GPT, de passback da GPT, do Google AdSense e do Ad Exchange se comunicarão automaticamente com a CMP do IAB para encaminhar a string de TC à AdSense sem a configuração do editor. O SDK do IMA e o SDK de anúncios para dispositivos móveis recebem, analisam e respeitam automaticamente a string de TC no armazenamento local. Para outros tipos de tag, é necessário transmitir os seguintes indicadores manualmente: gdpr={0,1} e gdpr_consent={tc string}.
  • Transmitir a string de TC para programática: a string de TC do IAB é transmitida automaticamente para os canais programáticos do Google sem a configuração exigida pelos editores.
  • Transmitir a string de TC para criativos não programáticos: trabalhe com seu provedor de criativos para identificar se você precisa de configuração adicional para garantir que seus criativos consumam a string de TC corretamente. O AdSense é compatível com as macros da TCF do IAB (GDPR e GDPR_CONSENT_XXXX) para que você transmita manualmente a string de TC a outros fornecedores de criativos.

Requisitos: anúncios personalizados e não personalizados

Nossa diretriz de interoperabilidade reflete os requisitos da política do Google, especialmente as diretrizes da Política de consentimento de usuários da União Europeia e nossas políticas contra técnicas de impressão digital para identificação (por exemplo, aquelas dos requisitos para veiculação de anúncios terceirizada). As políticas do Google continuam sendo aplicáveis e são mais restritivas do que as diretrizes da TCF do IAB Europe em alguns casos.

Observação: em novembro de 2023, os produtos para editores de anúncios de pesquisa (AdSense para pesquisas, AdSense para Shopping e Mecanismo de Pesquisa Programável) começaram a descontinuar a veiculação de anúncios personalizados.

Os editores precisam revisar as configurações de registro dos fornecedores com quem trabalham pela TCF do IAB Europe. Os requisitos abaixo são para quando o Google é um fornecedor na CMP dos editores.

Requisitos para veicular anúncios personalizados

O Google veicula anúncios personalizados quando todos estes critérios são atendidos:

  • O usuário final dá ao Google o consentimento para fazer o seguinte:
    • Armazenar e/ou acessar informações em um dispositivo (Finalidade 1)
    • Criar um perfil de anúncios personalizados (Finalidade 3)
    • Selecionar anúncios personalizados (Finalidade 4)
  • O interesse legítimo (ou consentimento, ou seja, quando o editor configura a CMP para solicitá-lo) é estabelecido para o Google fazer o seguinte:
    • Selecionar anúncios básicos (Finalidade 2)
    • Medir a performance do anúncio (Finalidade 7)
    • Aplicar uma pesquisa de mercado para gerar insights sobre público-alvo (Finalidade 9)
    • Desenvolver e melhorar produtos (Finalidade 10)

Requisitos para veicular anúncios não personalizados

Se os requisitos de consentimento para anúncios personalizados não forem atendidos, o Google vai veicular anúncios não personalizados quando todos estes critérios forem cumpridos:

  • O usuário final dá ao Google o consentimento para fazer o seguinte:
    • Armazenar e/ou acessar informações em um dispositivo (Finalidade 1)
  • O interesse legítimo (ou consentimento, ou seja, quando o editor configura a CMP para solicitá-lo) é estabelecido para o Google fazer o seguinte:
    • Selecionar anúncios básicos (Finalidade 2)
    • Medir a performance do anúncio (Finalidade 7)
    • Aplicar uma pesquisa de mercado para gerar insights sobre público-alvo (Finalidade 9)
    • Desenvolver e melhorar produtos (Finalidade 10)

A tabela mostra como lidamos com estes cenários:

Descrição Comportamento de veiculação do anúncio

Sem consentimento do Google para armazenar e/ou acessar as informações em um dispositivo (Finalidade 1)

De acordo com nossa Política de consentimento de usuários da União Europeia, o consentimento para cookies ou identificadores de dispositivos móveis é obrigatório para anúncios personalizados e não personalizados. No caso dos anúncios não personalizados, o consentimento para cookies ainda é necessário porque esse tipo de anúncio usa cookies e identificadores de dispositivos móveis para combater fraudes e abusos, definir limites de frequência e gerar relatórios agregados sobre publicidade.

Os editores não devem chamar as tags de anúncio do Google.

Se o Google não tiver consentimento para a Finalidade 1 na string de TC, ele removerá a solicitação de anúncio e nenhuma publicidade será veiculada.

Sem consentimento para que os produtos de editores de anúncios de pesquisa (AdSense para pesquisas, AdSense para Shopping e Mecanismo de Pesquisa Programável) apliquem a pesquisa de mercado e gerem insights sobre público-alvo (Finalidade 9)

Os produtos de editores de anúncios de pesquisa não exigem consentimento para a Finalidade 9.

Os produtos para editores de anúncios de pesquisa poderão veicular anúncios se tiverem o consentimento para as outras finalidades exigidas.

String de TC inválida

A string de TC não é analisável (por exemplo, alguns campos estão faltando).

Não vamos veicular um anúncio se a string de TC for inválida.

Registro flexível de fornecedores e Restrições para editores

Com a TCF do IAB Europe, os editores podem personalizar várias restrições. Assim, eles conseguem indicar preferências, que têm prioridade em relação ao que o fornecedor define, quando relevante. Os editores nunca podem fazer um fornecedor operar sujeito a uma base legal ou para um fim que gere conflito com o registro na lista de fornecedores globais. Portanto, são restrições limitadas, porque nunca saem do escopo do que um fornecedor pode fazer, somente restringem.

Os editores precisam revisar as configurações de registro dos fornecedores com quem trabalham pela TCF do IAB Europe. De acordo com nossa diretriz de interoperabilidade, se um fornecedor estiver registrado de modo flexível, com "interesse legítimo" como a base legal padrão para uma finalidade em que o Google exige "consentimento", e um editor quiser trabalhar com esse fornecedor nos produtos do Google, ele terá que escolher o consentimento para o fornecedor nas Restrições para editores da CMP.

O Google registrou as Finalidades 2, 7, 9 e 10 como flexíveis, com a exigência de interesse legítimo por padrão. A menos que um editor configure a CMP para restringir o consentimento do Google para essas finalidades, o Google vai confiar no interesse legítimo estabelecido pela plataforma com o usuário. O Google não está registrado de forma flexível para as Finalidades 1, 3 e 4 e sempre requer consentimento para elas.

Lances em tempo real (RTB) e Open Bidding

A lógica da TCF do IAB Europe será aplicada a solicitações de lance, criativos e respostas de lances, além de solicitações de correspondência de cookie.

Vamos permitir o envio de solicitações de lance e ativar a correspondência de cookie quando um fornecedor se registrar com a opção "Consentimento" ou, em alguns casos, com "Não usado" para a personalização de anúncios (Finalidades 3 e 4 na string de TC). Fornecedores que registram "Consentimento" para as finalidades dos anúncios personalizados (Finalidades 3 e 4 na string de TC), mas não receberam o consentimento do usuário:

  • não receberão solicitações de lance;
  • não receberão uma resposta para as solicitações de correspondência de cookie;
  • não poderão vencer um leilão, já que o Google bloqueará a veiculação de criativos relacionados a fornecedores que não atendem aos requisitos da nossa política.

Além disso, o usuário precisa dar consentimento ao Google para a Finalidade 1, Finalidade 3 e Finalidade 4.

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
true
Sua página do Google AdSense

Conheça a página do Google AdSense, um novo recurso que ajudará você com informações personalizadas e novas oportunidades na sua conta.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal