Notificação

Receba dicas personalizadas de otimização, entenda a integridade da sua conta e conclua a configuração dela na Minha página da AdMob, que está ainda melhor.

Aplicativos

Transparência de lances com o objeto SupplyChain

Com o objeto SupplyChain, compradores e intermediários podem ver todas as partes que estão vendendo ou revendendo inventário de anúncios. O objeto trabalha com ads.txt / app-ads.txt e sellers.json para dar transparência ao ecossistema de anúncios.

  1. O editor envia uma solicitação de lance.
  2. O comprador recebe a solicitação de lance e os dados do objeto SupplyChain.
  3. O comprador procura pelas identidades de todos os intermediários que revendem inventário.
  4. O comprador rastreia e verifica os fornecedores autorizados a vender inventário.

O Google cria automaticamente os objetos dentro de uma solicitação do OpenRTB ou no próprio protocolo RTB, se aplicável.

Como o objeto SupplyChain funciona

O objeto SupplyChain, também conhecido como schain, faz parte de uma solicitação de lance do OpenRTB e é formado por "nós". Cada nó no objeto schain representa uma entidade específica que participa da solicitação de lance, que inclui todas as entidades envolvidas no fluxo direto de pagamento do inventário.

// Exemplo de objeto
"schain": {
    "complete": 1,
    "nodes": [{
         "asi":"google.com",
         "sid":"pub-1234567891234567", // O mesmo seller_id do editor no sellers.json
         "hp":1
    }],
    "ver":"1.0"
}

Para saber mais, leia a documentação do desenvolvedor do OpenRTB e a documentação do IAB (em inglês).

O objeto SupplyChain tem aparência diferente dependendo da forma como você trabalha com os compradores.

Editores que vendem diretamente com o Google

Para editores que vendem inventário diretamente pelo Ad Manager, pela AdMob ou pelo Google AdSense, o objeto schain contém somente um nó para "google.com" com o seller_id encontrado no sellers.json.

Editores que usam o Open Bidding

Os editores que usam o Open Bidding para trabalhar com trocas de terceiros têm dois nós no objeto schain: um para "google.com" com o seller_id encontrado no sellers.json e outro para o parceiro de rendimento da troca.

Assim como o Google cria o nó para "google.com" antes de enviar a solicitação de lance, a troca de terceiros é responsável por adicionar o próprio nó antes de encaminhar a solicitação.

Todos os intermediários que não processam pagamentos

Os intermediários que não processam pagamentos não estão no objeto SupplyChain. Isso inclui lances de cabeçalho do lado do cliente, lances de cabeçalho que não envolvem pagamentos e outras mediações.

Editores de Gerenciamento de múltiplos clientes

O Gerenciamento de múltiplos clientes (GMC) permite que os editores gerenciem contas da AdMob de clientes com a mesma visibilidade e controle dos próprios editores.

Para editores pais e filhos que usam o GMC da AdMob, o objeto schain terá um nó com o ID de vendedor do editor filho, um nó para o editor pai, e a cadeia será marcada como concluída. No GMC da AdMob, a monetização ocorre na conta do editor filho. O editor filho é tratado como o editor final. 

 

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
true
Show your support to promote DEI in Gaming by turning intentions into action!

Check out the newly launched Diversity in Gaming website, where you can find video stories and written pledges from global gaming developers. This campaign centers on 3 pillars: diverse teams, diverse games and diverse audiences showing how diversity is not just good for gamers, but for business as well. Show your support by taking the pledge to promote DEI in Gaming and share it on social!

Learn More

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal