Futuras alterações ao conteúdo para crianças em YouTube.com

Estamos a efetuar algumas alterações à forma como recolhemos e utilizamos os dados em conteúdo para crianças em YouTube.com. Estas alterações irão responder às preocupações expressas pela Federal Trade Commission (FTC) dos EUA relativamente à nossa conformidade com a Lei de Proteção à Privacidade da Criança na Internet (COPPA).

Nos próximos meses, pode esperar as seguintes alterações: 

  • Os criadores terão de nos informar se o seu conteúdo é destinado a menores. Além disso, utilizaremos a aprendizagem automática para ajudar a identificar vídeos nitidamente segmentados para públicos jovens. Acima de tudo, o conteúdo destinado a menores coloca ênfase em:
    • Crianças ou personagens infantis.
    • Programação ou personagens animadas populares para crianças.
    • Representações ou histórias contadas com brinquedos para crianças.
    • Crianças enquanto protagonistas em brincadeiras comuns e naturais, tais como representações e/ou brincadeiras imaginativas. 
    • Músicas, histórias ou poemas populares para crianças.

Conhece o seu público melhor do que ninguém e contamos consigo para classificar (no Studio) os seus vídeos como destinados a menores. Se um criador tentar evitar classificar o respetivo conteúdo de forma adequada, poderá haver consequências para esse criador na plataforma do YouTube.

  • Iremos interromper a apresentação de anúncios personalizados no conteúdo destinado a menores, seja classificado por si ou pelo nosso classificador.  De acordo com a COPPA, a apresentação de anúncios personalizados (anúncios segmentados para utilizadores com base na respetiva utilização anterior de produtos e serviços Google) não é permitida para públicos infantis. Se aplicável, esta ação pode resultar numa diminuição da receita para alguns criadores. Tenha em atenção que vamos continuar a apresentar anúncios não personalizados (anúncios que são apresentados com base no contexto e não nos dados do utilizador) em conteúdo destinado a menores. 
  • Algumas funcionalidades deixam de estar disponíveis neste tipo de conteúdo, como os comentários. A capacidade de comentar deixa de estar disponível na página de visualização. Os gostos/não gostos e as subscrições neste conteúdo não aparecem nas listas públicas. No geral, o conteúdo destinado a menores em YouTube.com terá opções de interatividade mínimas para os visitantes.

Tenha em atenção que, apesar de a COPPA ser uma lei dos EUA, estamos a fazer alterações às nossas práticas a nível mundial. Pode saber mais sobre a conformidade com a COPPA aqui. Terá de ter em consideração as obrigações legais que lhe são aplicáveis quando avaliar se os seus conteúdos podem destinar-se a crianças, incluindo a definição de idade legal de uma criança no seu país. Procure aconselhamento jurídico caso tenha questões adicionais.

Preparar-se para estas alterações

Reconhecemos que estas alterações podem não ser fáceis para alguns criadores, mas acreditamos que estes são passos importantes para garantir melhorias às práticas de dados relacionadas com o conteúdo destinado a menores em YouTube.com. Trabalhámos com a FTC para dar aos criadores afetados quatro meses para se adaptarem antes de estas alterações entrarem em vigor em YouTube.com. Antes de as alterações entrarem em vigor, é importante:

  • Compreender a COPPA e as suas responsabilidades legais enquanto criador. Pode saber mais sobre a COPPA aqui. Terá de ter em consideração as obrigações legais que lhe são aplicáveis quando avaliar se os seus conteúdos podem destinar-se a crianças, incluindo a definição de idade legal de uma criança no seu país. Procure aconselhamento jurídico caso tenha questões adicionais.
  • Compreender os Termos de Utilização e as suas responsabilidades enquanto utilizador geral do YouTube. O YouTube é um site disponível para o público geral. Os nossos Termos de Utilização esclarecem que os utilizadores podem utilizar o serviço se tiverem idade superior a 13 anos ou a idade mínima relevante nos respetivos países. Recomendamos que os pais utilizem o YouTube Kids se tencionarem permitir às crianças o acesso autónomo aos vídeos.
  • Conhecer outras formas de rentabilização. Continuaremos a apresentar anúncios não personalizados (anúncios que são apresentados com base no contexto e não nos dados do utilizador). Este artigo do Centro de Ajuda evidencia alguns tipos de anúncios não personalizados na secção "Segmentação de conteúdo". 
  • Se for um dos pais, informar-se sobre o YouTube Kids e as respetivas vantagens.
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?