Denuncie cobranças não autorizadas

Se vir uma cobrança no extrato do seu cartão ou conta bancária relativa a uma compra de conteúdo digital no YouTube não efetuada por si, pode denunciá-la à nossa equipa de apoio técnico no prazo de 120 dias após a transação.

Passo 1: identifique as cobranças do YouTube.

Todas as compras do YouTube aparecem no extrato como GOOGLE*YouTube [nome do serviço]. Por exemplo, uma cobrança do YouTube Premium aparece como GOOGLE*YouTube Premium.

Se a cobrança em causa não estiver num destes formatos, não é proveniente do YouTube. Contacte o seu banco ou emissor do cartão para obter mais informações.

Passo 2: confirme com os seus familiares e amigos.

Se não reconhecer uma transação do YouTube, fale com os seus familiares e amigos para saber se:

  • Foram eles que efetuaram a compra, ou
  • Uma criança pode ter efetuado um jogo que resultou em cobranças acidentais.

Se descobrir que a cobrança foi não autorizada e acidental, mas não um ato de fraude, solicite um reembolso no Website do YouTube.

Sugestão: para ajudar a evitar cobranças não autorizadas, ative a validação de compra.

Passo 3: apresente e monitorize a sua reivindicação

Depois de confirmar que a cobrança é do YouTube e não foi feita por ninguém que conhece, denuncie as cobranças à nossa equipa de apoio técnico no prazo de 120 dias após a transação. Para encontrar a sua reivindicação, precisa do endereço de email que utilizou para a apresentar e do ID da reivindicação enviado para o seu email.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?