Mensagens de erro da transmissão ao vivo

O painel da transmissão ao vivo e a Sala de controle ao vivo verificam erros no seu evento no YouTube na hora em que você está transmitindo. As mensagens são exibidas ao lado do Indicador de integridade na parte superior da Sala de controle ao vivo.

Há uma marcação de tempo ao lado de cada erro que indica quando ele foi visto. Se o erro não for corrigido, ele continuará aparecendo. Os erros em vermelho são críticos e podem impedir o início do seu evento ou causar problemas aos usuários. Os erros em amarelo são moderados e podem prejudicar a qualidade do seu evento.

Veja a lista completa de erros abaixo.

Limite diário de transmissões ao vivo alcançado:

Para ajudar a tornar o YouTube mais seguro para todos, limitamos o número de transmissões ao vivo que um canal pode criar em um período de 24 horas. Se você alcançar esse limite, verá uma mensagem de erro. Tente novamente em 24 horas.

Formato incorreto de transmissão ao vivo

O codificador não foi definido como vídeo H.264 e áudio AAC. Mude o codificador para essa configuração. Assim, a transmissão será processada corretamente.

  • Altere o formato de contêiner do vídeo. O formato atual não é adequado para essa configuração.
  • O stream de áudio foi codificado com um codec não suportado. Ajuste o codec de áudio do stream para um codec suportado (AAC, MP3).
  • Defina o codec do vídeo do stream como H.264. O vídeo está codificado com o codec errado.
  • Defina o perfil de codec do vídeo do stream. O vídeo está codificado com o perfil de codec errado.

Taxa de bits incorreta

Se você não estiver usando um ponto de entrada de resolução variável, precisará usar a taxa de bits exata para a resolução escolhida na página "Configurações de processamento". Caso você não tenha largura de banda suficiente para a resolução que escolheu, reduza a qualidade. As taxas de bits corretas para cada resolução estão listadas nas configurações do codificador. Corrija as mensagens de erro para que seu vídeo seja transcodificado e entregue corretamente.

  • Recomendamos que você use um valor válido de taxa de bits de áudio de 128 Kbps. A taxa de bits atual do stream de áudio é superior à recomendada.
  • Recomendamos que você use um valor válido de taxa de bits de áudio de 128 Kbps. A taxa de bits do stream de áudio é inferior à taxa de bits recomendada.
  • Corrija a taxa de amostragem do áudio no stream para 44,1 KHz. A atual taxa de amostragem está incorreta.
  • Recomendamos que use um valor de taxa de bits de stream de X. A atual taxa de bits do stream é superior à taxa de bits recomendada.
  • Recomendamos que use um valor de taxa de bits de stream de X. A atual taxa de bits do stream é inferior à taxa de bits recomendada.

Configurações de áudio incorretas

Seu codificador está enviando configurações de áudio incorretas. Corrija as mensagens de erro para que seu áudio seja entregue corretamente.

  • Forneça um stream de áudio. O stream de processamento não apresenta stream de áudio.
    • O codificador não está enviando áudio. Em alguns codificadores, há uma caixa de seleção para ativar o áudio. O pipeline do YouTube exige áudio em todos os vídeos.
  • Forneça apenas um stream de áudio. Há vários streams de áudio no stream de processamento.
    • Muitos streams de áudio causarão problemas no processamento. Se você quiser ter diversos streams de áudio (para disponibilizar vários idiomas, por exemplo), é melhor criar um evento com várias câmeras.
  • Corrija o número de canais de áudio. O áudio apresenta mais de 2 canais. São aceitos: 1 (mono) ou 2 (estéreo).

Configurações de vídeo incorretas

Seu codificador está enviando configurações de vídeo incorretas. Corrija as mensagens de erro para que seu vídeo seja entregue corretamente.

  • Forneça um stream de vídeo. O stream de processamento não apresenta stream de vídeo.
  • Forneça apenas um stream de vídeo. Há vários streams de vídeo no stream de processamento.
  • O vídeo atual é entrelaçado, mas não há suporte para esse tipo de conteúdo.
    • Seu vídeo precisa ser progressivo. Caso contrário, você verá elementos que afetarão muito a qualidade do vídeo.
  • O frame rate está muito alto.  Redefina o valor dele para X fps ou menos. 
    • Lembre-se de que seu frame rate e a frequência de frames-chave estão relacionados. Se você mudar seu frame rate, também precisará alterar a frequência de frames-chave para que eles sejam entregues a cada dois segundos.

Frequência de frame-chave incorreta do vídeo

O codificador está enviando frames-chave com muita frequência ou com frequência insuficiente. Faça mudanças para que os frames-chave sejam enviados a cada dois segundos. Em 30 fps, isso representa um frame-chave a cada 60 frames.

  • Utilize uma frequência de frames-chave de quatro segundos ou menos. Atualmente eles não são enviados em uma frequência regular, o que pode gerar armazenamento em buffer. A frequência atual de frames-chave é de X segundos. Erros de processamento podem gerar tamanhos incorretos do grupo de imagens (GOP, na sigla em inglês).
  • O GOP é pequeno, o que pode prejudicar a qualidade da imagem. A configuração recomendada é de quatro segundos. A frequência atual de frames-chave é de X segundos. Os erros de processamento podem gerar tamanhos incorretos de GOP.
    • Alguns codificadores permitem que você mude o "GOP" para "Aberto" (variável) ou "Fechado" (fixo). O pipeline do YouTube exige um GOP fechado para que a transcodificação seja bem feita.

Tamanho incorreto do vídeo (resolução)

O vídeo precisa ter a altura e a largura da resolução escolhida na página "Configurações de processamento". Os tamanhos corretos para cada resolução são listados nas Configurações de codificação como "largura x altura".

  • Verifique a resolução do vídeo. Ela está definida como X, que não é a configuração recomendada.
  • Você precisa mudar a resolução do conteúdo. A resolução atual é X, que não é compatível com essa configuração. A resolução de vídeo esperada é X.

Streams primário e de backup inconsistentes

Os streams primário e de backup precisam ter exatamente as mesmas configurações para que o failover funcione corretamente. Corrija as mensagens de erro para que seus streams primários e de backup sejam correspondentes.

  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham a mesma resolução. Os streams estão com resoluções diferentes na configuração.
  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham os mesmos codecs de vídeo. Os streams estão com codecs de vídeo diferentes na configuração.
  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham o mesmo entrelaçamento. Os streams estão com entrelaçamentos diferentes na configuração.
  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham o mesmo perfil. Os streams estão com perfis diferentes na configuração.
  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham a mesma taxa de bits. Os streams estão com taxas de bits diferentes na configuração.
  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham o mesmo frame rate. Os streams estão com frame rates diferentes na configuração.
  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham a mesma frequência de frame-chave. Os streams estão com frequências de frame-chave diferentes na configuração.
  • Configure o stream primário e o stream de backup do vídeo de forma que tenham a mesma taxa de amostragem de áudio. Eles estão com taxas de amostragem de áudio diferentes na configuração atual.
  • Na configuração atual, os streams primário e de backup estão com canais de áudio diferentes. Defina o mesmo canal de áudio para eles.
  • Defina os mesmos codecs de áudio para os streams primário e de backup. Na configuração atual, eles estão com codecs de áudio diferentes.
  • Configure corretamente os streams primário e de backup. A comparação entre eles falhou porque a configuração de um dos streams é inválida.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?