Gira as definições avançadas do canal

Pode gerir as definições avançadas do canal na página Definições da sua conta do YouTube:

  1. Inicie sessão na conta do YouTube.
  2. No canto superior direito, clique na sua imagem do perfil  e, em seguida, Creator Studio.
  3. No menu do lado esquerdo, selecione Canal e, em seguida, Avançadas.

Definições avançadas do canal

Escolha a definição de país

Pode escolher o país para o seu canal do YouTube através do menu pendente abaixo da sua imagem de perfil. A elegibilidade para o Programa de parceiros do YouTube baseia-se na definição de país que selecionar aqui.

Associe um Website ao seu canal

Se for o gestor do canal, pode associar o seu Website oficial ao canal do YouTube. Assim, pode incorporar sinais da classificação da página do seu Website em www.google.com no algoritmo de pesquisa do YouTube.

  1. Introduza o URL no campo Website associado.
  2. Clique em Adicionar.
  3. Confirme a associação na Google Search Console de acordo com as instruções para escolher um método de validação.
Crie um URL de redirecionamento a partir do seu canal

Pode fazer com que a versão mais curta do seu URL personalizado redirecione o seu público para outro canal. No campo URL de redirecionamento, introduza o URL do Website para o qual o URL de redirecionamento deve direcionar.

Importante: os URLs de redirecionamento apenas estão disponíveis para parceiros e anunciantes cujo gestor de parceiros ou representante de vendas tenha ativado esta funcionalidade.

Por exemplo, se o seu URL for www.youtube.com/c/YouTubeCreators, pode fazer com que o URL mais curto (www.youtube.com/YouTubeCreators) encaminhe os visitantes para o canal YouTube Nation ao introduzir www.youtube.com/user/youtubenation ou www.youtube.com/channel/UCUD4yDVyM54QpfqGJX4S7ng no campo URL de redirecionamento.

Configure redirecionamentos condicionais para o seu canal

Pode redirecionar as pessoas que visitam o seu canal para outro canal com base no respetivo idioma, localização, idade ou género.

Importante: os redirecionamentos condicionais apenas estão disponíveis para parceiros e anunciantes cujo gestor de parceiros ou representante de vendas tenha ativado esta funcionalidade.

Pode adicionar uma regra em cada linha para definir o redirecionamento condicional. As regras são verificadas de cima para baixo e aplica-se a primeira regra que corresponda ao utilizador. Eis as regras que pode aplicar:

  • Idioma e localização: especificados por códigos de local completos ou parciais (en_us, en_ ou _us).
  • Idades: especificadas por um sinal de comparação (<, <=, >, >=) e um número.
  • Género: especificado por m ou f.
  • Destino: o nome de um canal ou _block. Os utilizadores que correspondam ao destino _block são encaminhados para /Channels.

Exemplos de redirecionamentos condicionais

Exemplo de redirecionamento Resultado do redirecionamento
en_,Channelname Mantém todos os falantes de inglês neste canal.
,Channelname Mantém todos os utilizadores neste canal.
_us,<21,_block Impede todos os utilizadores que estejam nos Estados Unidos e tenham menos de 21 anos de idade de visitarem este canal.

_us,>=21,f,Channelname

_block

Mantém todos os utilizadores que estejam nos Estados Unidos, tenham pelo menos 21 anos de idade e sejam do sexo feminino neste canal e bloqueia todos os outros utilizadores.
Associe o canal do YouTube ao ID de propriedade do Google Analytics

Pode integrar o canal com o Google Analytics para compreender melhor as visitas à página atual do canal. Pode ser útil se utilizar vários produtos Google e pretender partilhar dados nas contas associadas. Saiba mais sobre como utilizar propriedades no Google Analytics.

Se pretender verificar o tempo de visualização, as origens de tráfego ou os dados demográficos do seu canal YouTube, utilize o YouTube Analytics.
  1. Inicie sessão na sua conta do Google Analytics.
  2. Copie o ID de monitorização de propriedade. Se ainda não o tiver feito, saiba como configurar uma propriedade no Google Analytics.
  3. Aceda às Definições avançadas do YouTube
  4. Na parte inferior, cole o seu ID de acompanhamento no ID de acompanhamento de propriedade do Google Analytics.
  5. Clique em Guardar.
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?