Como se qualificar para o Content ID

Existem vários critérios de qualificação para o Content ID, como a possibilidade de reivindicação do conteúdo do proprietário dos direitos autorais por meio da ferramenta e a comprovação dessa necessidade. Os candidatos precisam provar que têm direitos exclusivos sobre o conteúdo protegido por direitos autorais.

O Content ID fará a comparação entre o conteúdo de referência do usuário e todos os outros envios do YouTube. Os proprietários dos direitos autorais precisam ter direitos exclusivos sobre o material avaliado. Exemplos comuns de itens que podem não ser exclusivos incluem:

  • ​mashups, coletâneas, compilações e remixagens de outras obras;
  • gameplays em vídeo, elementos visuais de softwares e trailers;
  • músicas e vídeos não licenciados
  • músicas ou vídeos licenciados, mas sem exclusividade
  • gravações de apresentações (incluindo concertos, eventos, palestras e shows).

Caso se qualifiquem para o Content ID, os proprietários dos direitos autorais precisarão preencher um contrato declarando explicitamente que podem usar como referência apenas conteúdo sobre o qual têm direitos exclusivos. Além disso, eles também precisarão informar os locais geográficos em que têm essa propriedade exclusiva, caso não ela seja válida para todo o mundo.

Além do Content ID, oferecemos outras ferramentas de gerenciamento que podem atender melhor às necessidades dos proprietários de direitos autorais. Elas incluem o formulário on-line de reivindicação de direitos autorais, o Programa de verificação de conteúdo (PVC) e a Copyright Match Tool. Veja mais informações sobre essas opções neste link.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?