Corrigir a execução em simultâneo do Double NAT/duas redes Wi-Fi

O Double NAT não é, necessariamente, um problema. Para a maioria das pessoas, o Double NAT não afeta o desempenho do Wi-Fi. Porém, pode ser um problema se jogar online ou utilizar as regras de encaminhamento de porta e o UPnP. Saiba mais acerca do Double NAT.

Se o Double NAT estiver a causar problemas, existem algumas opções à sua disposição:

Atribuir um nome diferente à sua rede Google Wifi (RECOMENDADO)

Se a ativação do modo bridge (veja abaixo) for demasiado difícil, pode alterar o nome da rede Google Wifi (veja como) ou o nome da rede do router não pertencente ao Google Wifi. O nome que altera não é importante, basta que os nomes das redes sejam diferentes. Em seguida, certifique-se de que liga os dispositivos à sua rede Google Wifi.
Remover o router fornecido pelo ISP da sua rede (RECOMENDADO)

Se este router for independente do modem, desligue e retire o cabo deste router e ligue diretamente o modem ao ponto Wi-Fi. Esta ação deve resolver a situação.

Se este router estiver combinado com o seu modem, ative o modo bridge na combinação de modem/router. Efetue o seguinte procedimento:

  1. Ligue um computador diretamente ao router com um cabo Ethernet.
  2. Inicie sessão no router ou na combinação de modem/router e procure as respetivas definições para ativar o modo bridge.
  3. Para aceder às definições do router, pode ter de abrir um navegador de Internet e introduzir o endereço IP na barra de endereço. Veja o seguinte:

     

Os detalhes variam consoante o dispositivo. Muitos ISPs e fabricantes fornecem instruções sobre o procedimento.

Ativar o modo bridge no ponto Wi-Fi principal (NÃO RECOMENDADO)

Nota: o modo bridge só funciona se estiver a utilizar um único ponto Google Wifi. Se estiver a criar uma rede de malha com vários pontos Wi-Fi, o seu ponto Wi-Fi principal não pode estar no modo bridge.

Embora todos os pontos Wi-Fi adicionais estejam sempre no modo bridge por predefinição, não recomendamos que transforme o seu ponto Wi-Fi principal numa ponte. Isto deve-se ao facto de o ponto Wi-Fi principal precisar de efetuar ações especiais para controlar as definições e a comunicação na sua rede Wi-Fi. Se estiver no modo bridge, perderá algumas das funcionalidades do Google Wifi:

  • O dispositivo prioritário fica indisponível.
  • Não é possível editar o DNS.
  • Não é possível editar as definições de WAN.
  • Wi-Fi de convidado
  • Resultados da velocidade do Wi-Fi na Verificação de rede. (Porém, os resultados de transferência e de carregamento continuam a funcionar.)

Além disso, o modo bridge desativa muitas proteções de segurança do Google Wifi. Isto deve-se ao facto de o router a montante (a combinação de modem/router descrita acima) ser aquele que efetua a orientação do DNS, a inspeção de pacotes, a aplicação de patches executáveis, etc.

As atualizações de segurança automáticas do Google Wifi maximizam a privacidade e a segurança. As respetivas funcionalidades protetoras são mais eficazes (e, em alguns casos, apenas são eficazes) quando todo o tráfego é transmitido pelo ponto Wi-Fi principal (em vez de outro router).

Se tiver um router de terceiros, pode ligar um ponto Wi-Fi principal ao mesmo e, de seguida, ligar pontos Wi-Fi "de malha" adicionais a jusante. Aceda aqui para obter passos detalhados.

Ainda pretende transformar o seu ponto Wi-Fi principal numa ponte? Eis como o pode fazer:

1. Abra a aplicação Google Wifi.

2. Toque no separador de definições e, de seguida, em Definições de rede.

3. Toque em Redes avançadas > Modo do dispositivo > o seu ponto Wi-Fi > Modo bridge.

4. Toque em Guardar.

Não é possível fazer a transição do seu ponto Wi-Fi principal para o modo bridge se o IP da WAN for um endereço IP público. Para ativar o modo bridge, é necessário haver outro router entre o modem e o ponto Wi-Fi principal. Se a porta WAN do ponto Wi-Fi principal tiver um IP público, isto significa que existe uma ligação direta ao modem. Neste caso, a opção do modo bridge não está disponível na aplicação.

Perguntas adicionais

O que é o Double NAT?

Ao ligar dois routers, pode aumentar a cobertura de Wi-Fi na sua casa. Porém, se tiver dois routers, cada um com a sua rede Wi-Fi privada, pode ser difícil para os seus dispositivos pessoais comunicarem entre si. Este cenário é denominado Double NAT.

Por exemplo, digamos que pretende imprimir uma imagem sem fios a partir do computador. Se tiver duas redes Wi-Fi, é possível que o computador esteja numa rede e a impressora esteja noutra. Além disso, se ambas as redes forem privadas, o computador não vai conseguir controlar a impressora para imprimir a imagem.

Double NAT

Isto também pode resultar em problemas de desempenho se jogar online ou utilizar regras de encaminhamento de porta e o UPnP.

O modo bridge corrige esta situação ao permitir que vários routers partilhem uma única rede Wi-Fi. Eis um possível resultado:

Modo bridge

Porém, o Double NAT não é, necessariamente, um problema. Para a maioria das pessoas, o Double NAT não afeta o desempenho do Wi-Fi. Porém, pode ser um problema se jogar online ou utilizar atribuições de endereços IP, regras de encaminhamento de porta e o UPnP.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?