O que aconteceu com o iGoogle?

O iGoogle foi desativado em 1º de novembro de 2013. A versão para dispositivos móveis foi desativada em 31 de julho de 2012.

Por que essa decisão foi tomada?
Lançamos o iGoogle em 2005, antes que fosse possível imaginar a maneira como os atuais aplicativos da Web e para dispositivos móveis disponibilizariam informações personalizadas e em tempo real. Com aplicativos modernos que são executados em plataformas como Google Chrome e Android, a necessidade de algo como o iGoogle ficou desgastada com o tempo.

O que acontecerá com os dados armazenados nos meus gadgets?
Todos os seus dados pessoais armazenados em outros produtos do Google continuarão disponíveis nesses mesmos produtos, incluindo Gmail, Google Agenda, Google Finance, Google Drive, Favoritos do Google e Google Tarefas. Isso significa que você ainda poderá acessar seus e-mails, documentos e eventos. Em vez de acessar seus dados por meio do gadget, será necessário visitar diretamente o produto. 

A maioria dos gadgets do iGoogle é criada e mantida por terceiros. Se desejar exportar seus dados, entre em contato diretamente com o criador do gadget.

Gosto muito do iGoogle. Há outras alternativas?

Há uma série de alternativas disponíveis para desktop. Se você é fã do Google Chrome, saiba que a Chrome Web Store fornece uma gama semelhante de opções, como ferramentas de produtividade e aplicativos para ver a previsão do tempo. Além disso, como no iGoogle, é possível personalizar o Google Chrome com um tema.

Para dispositivos móveis, o Google Play oferece aplicativos que variam de jogos até leitores de notícias e widgets da tela inicial.