Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal

Usar rel="nofollow" para links específicos

O "nofollow" oferece uma maneira para que os webmasters digam aos mecanismos de pesquisa "Não siga links desta página" ou "Não siga este link específico".

Originalmente, o atribut nofollow aparecia na metatag do nível da página e instruía os mecanismos de pesquisa a não seguirem (ou seja, rastrearem) nenhum link que levasse para fora da página. Por exemplo:

 <meta name="robots" content="nofollow" />

Antes de nofollow ser usado em links individuais, evitar que os robôs seguissem determinados links de uma página exigia muito esforço (por exemplo, o redirecionamento de um link a um URL bloqueado em robots.txt). É por isso que o valor de atributo nofollow do atributo rel foi criado. Isso proporciona aos webmasters um controle mais granular, em vez de dizer aos mecanismos de pesquisa e aos robôs para não seguirem nenhum link da página, ele permite com facilidade instruir os robôs a não rastrearem um link específico. Por exemplo:

 <a href="signin.php" rel="nofollow">sign in</a>

Como o Google lida com links classificados como "nofollow"?

Em geral, nós não os seguimos. Isso significa que o Google não transfere o PageRank ou textos âncora por meio desses links. Em essência, usar nofollow nos leva a retirar os links de destino do gráfico geral da Web. No entanto, as páginas de destino ainda podem aparecer em nosso índice, se outros sites levarem a elas sem o uso de nofollow ou se os URLs forem enviados ao Google em um sitemap. Além disso, é importante observar que outros mecanismos de pesquisa podem lidar com nofollow de maneiras ligeiramente diferentes.

Quais são as políticas do Google e alguns exemplos específicos do uso do "nofollow"?

Veja alguns casos e que é possível usar nofollow:

  • Conteúdo não confiável: se você não puder ou não quiser dar aval ao conteúdo das páginas para as quais você criou links em seu site (por exemplo, comentários de usuários não confiáveis ou informações no livro de visitas) você deve usar o nofollow com esses links. Isso pode desencorajar autores de spam a atacar o seu site, e ajudará a evitar que o seu site passe o PageRank a vizinhos suspeitos na Web. Em particular, autores de spam em comentários podem decidir não atacar um sistema de gerenciamento de conteúdo específico ou um serviço de blog se observarem que os links nesses serviços têm o atributo "nofollow". Se você deseja demonstrar seu reconhecimento e recompensar seus colaboradores de confiança, é possível remover automática ou manualmente o atributo nofollow nos links postados por membros ou usuários que contribuíram com consistência e qualidade ao longo do tempo.
  • Links pagos: a classificação de um site nos resultados de pesquisa do Google é parcialmente baseada na análise daqueles sites que têm links para ele. Para evitar que links pagos influenciem os resultados de pesquisa e afetem os usuários negativamente, solicitamos aos webmasters usar nofollow nesses links. As diretrizes de mecanismos de pesquisa exigem a divulgação automática de links pagos, da mesma maneira que os consumidores on-line e off-line preferem a divulgação de relacionamentos pagos (por exemplo, um anúncio de página inteira em um jornal com o título "Publicidade"). Mais informações sobre a posição do Google em relação a links pagos.
  • Priorização de rastreamento: os robôs dos mecanismos de pesquisa não podem fazer login nem participar como membro do seu fórum, então não há motivo para convidar o Googlebot para seguir links de "registre-se aqui" ou "faça login". O uso de nofollow nesses links permite que o Googlebot rastreie outras páginas que você preferiria ver no índice do Google. Porém, uma arquitetura sólida de informações (navegação intuitiva, URLs convenientes para o usuário e os mecanismos de pesquisa e assim por diante) tem maior probabilidade de ter um uso produtivo dos recursos do que quando o foco é na priorização de rastreamento por meio de links classificados como "nofollowed".
Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?