Relatório de desempenho (Discover)

O Relatório de desempenho específico mostra métricas importantes sobre o desempenho do site no Discover. Esse relatório só ficará visível se a propriedade tiver atingido um limite mínimo de impressões no Discover.

 

ABRIR O RELATÓRIO DE DESEMPENHO DO DISCOVER

Por que não consigo ver o relatório?
O Relatório de desempenho para o Discover só ficará visível se a propriedade atingir um número limite de impressões da ferramenta nos últimos 16 meses.

 

Relatórios de desempenho no Search Console: treinamento do Google Search Console

Como configurar o relatório

A visualização padrão do relatório mostra o total de cliques e impressões da propriedade.

Como exportar dados dos relatórios

Muitos relatórios têm um botão que permite exportar os dados. As informações dos gráficos e das tabelas são incluídas na exportação. Os valores exibidos como ~ ou - (indisponíveis/não numéricos) no relatório serão representados por zeros nos dados transferidos.

Sobre os dados

  • Esse relatório ficará visível somente se o site tiver um limite mínimo de impressões no Discover.
  • O URL de uma página específica será exibido somente se ele tiver um limite mínimo de impressões no Discover. No entanto, os dados dos URLs abaixo do limite ainda serão adicionados aos totais do site.
  • Os dados são limitados ao período especificado pelo filtro Data. O período padrão é os últimos três meses. Para alterá-lo, clique no filtro de data e mude o intervalo.
  • Todos os dados são agregados por página: se dois resultados do Discover referentes à mesma propriedade aparecerem na mesma lista do recurso, ambas as impressões serão contadas.
  • Todas as métricas de página são atribuídas ao URL canônico, e não à página acessada pelo usuário ao clicar em um resultado do Discover. Isso tem dois efeitos importantes:
    • O URL creditado na tabela será o URL canônico.
    • Os dados serão exibidos somente na propriedade que contiver o URL canônico. Portanto, se você tiver uma página com versões para AMP e computador, a propriedade para computador (que normalmente é a propriedade canônica) terá todos os dados de cliques, impressões e CTR das versões para AMP e computador.
  • Dados preliminares no relatório: às vezes, os dados mais recentes no Relatório de desempenho são preliminares. Isso significa que as informações podem sofrer pequenas mudanças antes de serem confirmadas. Os dados preliminares costumam incluir menos de três dias. Em um determinado momento, todos os dados preliminares são confirmados. Essas informações serão indicadas se você passar o cursor sobre elas no gráfico. Os dados preliminares são incluídos no gráfico e nas tabelas, bem como no gráfico de desempenho na página "Visão geral" do Search Console.

Métricas

Escolha quais métricas você quer exibir selecionando a guia apropriada no relatório. As seguintes métricas estão disponíveis:

Impressão: o item do Discover é exibido na tela após a rolagem, seja como um item padrão da plataforma ou incorporado a um carrossel. Somente uma impressão é contada por resultado em cada sessão. Se um usuário rolar a página, passar pelo item e voltar, isso será contado como uma única impressão. Para Web Stories, uma impressão é contada para a story visualizada no Discover, bem como para qualquer story adicional aberta pelo usuário desde a Web Story inicial. As impressões não serão contadas duas vezes se o usuário vir a mesma Web Story várias vezes em uma sessão.

Clique: o usuário clicou no item do Discover. Um clique não será contabilizado se o usuário compartilhar o item ou realizar outra ação. Para Web Stories, um clique é contado para a story clicada no Discover e para qualquer story adicional que o usuário abre desde a Web Story inicial no Discover.

CTR média: corresponde a cliques/impressões.

Como ler o gráfico

Escolha quais métricas serão exibidas no gráfico marcando ou desmarcando as opções na parte superior do gráfico.

Os totais de cada métrica são exibidos acima do gráfico. Esses valores totais são precisos para o período selecionado e não estão truncados.

Como ler a tabela

A tabela mostra os dados agrupados pela dimensão selecionada. Os dados exibidos são das métricas selecionadas no gráfico acima.

A tabela é limitada a 1.000 linhas. Os dados são truncados para 1.000 linhas antes de chegarem ao relatório. Portanto, se os dados tiverem 1.001 linhas, a linha 1.001 pré-truncada não será exibida ao inverter a ordem de classificação da tabela.

Os dados da tabela são limitados ao mesmo período do gráfico, que é especificado pelo filtro Data. Para modificar o filtro, clique nele e altere o período.

Agrupar os dados da tabela

É possível agrupar as métricas na tabela pelas seguintes categorias:

  • Página: é a página que serviu como a origem das informações exibidas ao usuário. Esse é o URL canônico da página, não a página que o usuário acessa ao clicar em um resultado do Discover. Se o URL canônico não estiver nessa propriedade, o URL alternativo não aparecerá na tabela dessa propriedade.
  • País: é o país onde o conteúdo foi visualizado ou clicado.
  • Aspecto do Discover: é o tipo de página vinculada ao resultado. Ela terá um dos seguintes valores:
    • Artigo AMP: é qualquer página AMP, incluindo resultados de história em AMP.
    • Web Story: é um subconjunto de artigos AMP que são otimizados para conteúdo visual em vez de textual.
    • Vídeos: é um vídeo do site que aparece no Discover.
  • Data: são os dados agrupados pelo dia em que ocorreram. A data é o dia no Horário do Pacífico, não a hora local do usuário. Os dados para dias específicos no gráfico podem ser truncados caso estejam abaixo de um determinado valor. Os totais referem-se ao período especificado pelo filtro de data.

Filtrar os dados

É possível filtrar os dados por data, página, país ou tipo de aspecto do Discover.

Para adicionar um filtro, faça o seguinte:

  • Clique no marcador + NOVO ao lado dos filtros existentes na página.

Para remover um filtro, faça o seguinte:

  • Clique no X ao lado de um filtro existente. Não é possível remover o filtro de data.

Para modificar um filtro, faça o seguinte:

  • Clique no filtro e mude os valores.

Comparar grupos

Você pode comparar dados entre dois grupos do mesmo tipo. Por exemplo, compare dados entre a França e a Inglaterra (países) ou entre este mês e o anterior (datas). A comparação será exibida no gráfico e na tabela.

Para comparar dados de grupos, siga estas etapas:

  1. As comparações são gerenciadas por filtros, como Data ou Tipo de pesquisa. Edite um filtro existente ou clique em Novo para adicionar um.
  2. Na caixa de diálogo de propriedades do filtro, escolha Comparar.
  3. Adicione as dimensões ou os horários a serem comparados e clique em Aplicar.
  4. É possível fazer somente uma comparação por vez. Adicionar um novo filtro de comparação excluirá a comparação existente. Por exemplo, se você comparar datas e adicionar uma comparação entre países, essa comparação apagará a referente às datas.
Você pode comparar dados em somente uma dimensão por vez (data, país e assim por diante). Adicionar uma nova comparação em outra dimensão de agrupamento removerá a existente. Por exemplo, se você comparar os cliques desta semana com os da semana passada (data) e adicionar uma comparação entre EUA e Japão (país), a comparação entre os países apagará a referente às datas, e o período será redefinido.

Discrepâncias entre dados

Os dados do Search Console podem ser ligeiramente diferentes dos exibidos em outras ferramentas. Veja os possíveis motivos para as diferenças:

  • Pode haver um intervalo de tempo entre o momento em que os números são calculados e quando eles se tornam visíveis para os webmasters. Embora os dados sejam publicados em intervalos, nós continuamos a coletá-los. No entanto, os dados geralmente ficam disponíveis em até dois ou três dias. O relatório também pode incluir dados preliminares.
  • Considere a diferença de fusos horários. O Relatório de desempenho rastreia e classifica os dados diários de acordo com a hora local na Califórnia. Caso seus outros sistemas usem fusos horários diferentes, suas visualizações diárias podem não ser precisas. Por exemplo, o Google Analytics exibe a hora no fuso horário local do webmaster.
  • Os totais diários podem ser menores do que os totais do gráfico. Caso sua propriedade tenha poucas impressões em um determinado dia, essa data será mostrada como zero impressão no gráfico. Da mesma forma, combinações incomuns de consultas podem ser omitidas dos totais diários para proteger a privacidade do usuário. No entanto, ainda contaremos essas impressões nos totais exibidos.
  • Os totais da tabela podem ser menores do que os totais do gráfico. A tabela é limitada a mil linhas, o que pode restringir a quantidade exibida de dados.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?