Marcador de dados: artigos

Você pode usar o Marcador de dados para marcar dados em um artigo de jornal ou revista, tais como o título, autor e classificações. Com isso, o Google pode apresentar seus dados de um jeito novo e mais atrativo nos resultados de pequisa e em outros produtos. Cada produto do Google aplica suas próprias regras ao decidir se e como seus dados serão exibidos.

Tags de artigos

Você pode usar o Marcador de dados para marcar qualquer um dos dados descritos na tabela abaixo. Cada tag corresponde a uma propriedade  no esquema schema.org/Article . O nome de cada tag é seguido pelo nome da propriedade do schema.org entre parênteses.  As tags obrigatórias são listadas em negrito.

Observação: os dados que você pode marcar com o Marcador de dados são um subconjunto das propriedades no esquema schema.org.

Caso seu site não tenha algum dos dados descritos abaixo, você pode adicionar os dados ausentes a partir do Marcador de dados. Se o Marcador de dados considerar que os dados marcados são pouco confiáveis, um ícone de alerta (Alert Icon) será exibido enquanto você cria um conjunto de páginas. O Marcador de dados ainda disponibilizará os dados de baixa confiança para o Google, mas é possível que outros produtos do Google não os utilizem.

Tag Descrição
Título
(name)
O título do artigo.
Autor
(author)
Um dos autores do artigo. Você pode marcar mais de um nome de autor, se o artigo tiver vários autores.
Data de publicação
(datePublished)
A data em que o artigo foi publicado. Para saber mais detalhes sobre a forma de marcar datas, consulte Como marcar datas.

Veja a seguir alguns exemplos de dados que você pode marcar:

  • Uma data isolada. Por exemplo, você pode marcar qualquer um dos seguintes:
    • 4 de junho de 2012
    • 4 junho 2012
    • 6/4/12: as tags podem incluir outros delimitadores e anos com quatro dígitos, bem como 2012/6/4. Quando as datas numéricas forem ambíguas, o Google considera que o primeiro número representa o mês. Por exemplo, 6/4/12 é interpretado como 4 de junho de 2012, enquanto 13/4/12 seria interpretado como 13 abril de 2012.
    É possível marcar várias datas em uma página. Por exemplo, se você marcar 4 de junho de 2012 e 6 de junho de 2012, o evento será interpretado como ocorrendo duas vezes: uma vez em 4 de junho e uma vez em 6 de junho.
  • Um intervalo de dias. Por exemplo, 4-7 de junho de 2012
    O delimitador entre os dias de início e término precisa ser um traço (-).
  • Datas com horários. Por exemplo, você pode marcar qualquer um dos seguintes:
    • 4 de junho de 2012, 15h: o horário seguido pela indicação de AM ou PM. O Google usa o horário comercial para interpretar horários não acompanhados pela indicação de AM ou PM. Por exemplo, 11 seria interpretado como 11h, e 2 seria interpretado como 14h.
    • 04 de junho de 2012 15:00 - horário militar
    • 04 de junho de 2012 3 pm EST ou 04 de junho de 2012 3 pm -5:00 - Horários com fuso horário ou com a indicação de diferença UTC/GMT.
    • 04 de junho de 2012 2-3 pm ou 04-05 junho, 2012 2-3 pm - Períodos com ou sem um período.
  • Datas em tags separadas.Você pode usar a opção de marcação avançada para marcar as seguintes strings separadas de texto como uma única data:
    • Dia: terça-feira, 4 de junhoAno: 2013
    • 4 de junho | Horário: 19h30 -21h30 e 2012
    O Google não reconhece períodos que foram divididos em várias tags. Por exemplo, as seguintes tags não são tags de data válidas:
    • junho 4-5 e 2012
Imagem
(image)
Uma imagem do artigo. Por exemplo, você pode marcar uma imagem que aparece no artigo. Você pode marcar mais de uma imagem.
Categoria
(articleSection)
Uma seção do jornal ou revista em que o artigo foi publicado. Por exemplo, estilo de vida e esportes. Você pode marcar mais de uma categoria.
Classificação média (aggregateRating) A classificação média do artigo, especificada pelas seguintes tags (consulte Como marcar classificações para mais informações):
Tag Descrição
Classificação
(ratingValue
e
bestRating)
Palavras, números ou uma imagem que descreve a classificação. A classificação precisa especificar a melhor classificação possível e a classificação real.

Se um único dado especificar a melhor classificação possível e a classificação real, você poderá usar uma única tag Classificação. Por exemplo, marque 65% para indicar uma pontuação de 65 do total de 100; marque oito de 10 para indicar uma pontuação de oito no total de 10. 

Se os dados estiverem em locais diferentes em uma página, especifique as seguintes tags:

  • Score (ratingValue): a classificação real.
  • Best Possible (bestRating) : o valor mais alto no sistema de classificação. Por exemplo, se a escala de classificação for entre uma e cinco estrelas, especifique cinco como a melhor classificação.
Votos
(ratingCount)
O número total de classificações.

 

 

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?