O que são sitemaps?

Os sitemaps são uma forma de informar ao Google sobre páginas do seu site que, de outra forma, talvez não possamos encontrar. Resumidamente, um Sitemap de XML (geralmente chamado de Sitemap, com S maiúsculo) é uma lista das páginas do seu site. Criar e enviar um sitemap ajuda a garantir que o Google tenha conhecimento de todas as páginas do seu site, incluindo URLs que não seriam normalmente encontrados por meio do processo normal de rastreamento do Google.

Você pode criar um Sitemap com base no Protocolo do Sitemap ou pode enviar um arquivo de texto ou feed RSS/Atom como um Sitemap. Como criar um sitemap.

Além disso, também é possível usar sitemaps para fornecer metadados ao Google sobre tipos específicos de conteúdo no seu site, incluindo vídeos, imagens, dispositivos móveis e notícias. Por exemplo, uma entrada de Sitemap de vídeo pode especificar o tempo de execução, a categoria e o status "indicado para menores" de um vídeo. Uma entrada de Sitemap de imagem pode fornecer informações sobre o assunto, o tipo e a licença de uma imagem. Você pode também usar um Sitemap para fornecer informações adicionais sobre o seu site, como a data da última atualização e a frequência com que você espera que a página seja alterada. Recomendamos que você use um sitemap diferente para enviar informações do Google Notícias.

Os Sitemaps são especialmente úteis se:

  • Seu site tiver conteúdo dinâmico.
  • O seu site tiver páginas que não podem ser facilmente encontradas pelo Googlebot durante o processo de rastreamento, como por exemplo páginas com conteúdo AJAX ou imagens.
  • O seu site for novo e houver poucos links para ele. Como o Googlebot rastreia a web seguindo os links de uma página para a outra, se o seu site não estiver bem vinculado, será difícil detectá-lo.
  • Seu site tem um grande arquivo de páginas de conteúdo que não estão bem vinculadas entre si ou que simplesmente não têm vínculo.

O Google não garante que todos os URLs são rastreados ou indexados. No entanto, usamos os dados no Sitemap para aprender sobre a estrutura de seu site, o que nos permite melhorar a programação de rastreadores e uma melhor indexação do site no futuro. Na maioria dos casos, os webmasters se beneficiam por enviar o Sitemap, e jamais são penalizados por fazê-lo.

O Google segue os princípios do Protocolo do Sitemap 0.9, conforme definido pelo sitemaps.org. Desse modo, os sitemaps criados para o Google usando o Protocolo do Sitemap 0.9 são compatíveis com outros mecanismos de pesquisa que adotam os padrões do sitemaps.org.