Perguntas frequentes sobre o schema.org

Sobre schema.org

O que é schema.org?

schema.org é uma colaboração feita entre o Google, a Microsoft e o Yahoo! para melhorar a Web, criando um esquema de marcação de dados estruturados apoiados pelos principais mecanismos de pesquisa. A marcação na página ajuda os mecanismos de pesquisa a compreender as informações que constam nas páginas da web e a fornecer resultados melhores. Um vocabulário de marcação compartilhado torna mais fácil para os webmasters decidir sobre um esquema de marcação e aproveitar ao máximo os benefícios de seus esforços.

Se você marcou seu conteúdo para rich snippets usando microformatos, microdados ou RDFa, então você já está familiarizado com o processo. schema.org funciona da mesma maneira, usando o formato de marcação de microdados e um vocabulário que é compartilhado por todos os mecanismos de pesquisa e que suporta uma grande variedade de tipos de itens e propriedades. Para saber mais sobre microdados e o schema.org, leia o Guia de primeiros passos.

Por que o schema.org foi criado?

Ter um vocabulário único e sintaxe de marcação que é suportado pelos principais mecanismos de pesquisa significa que os webmasters não têm que fazer trocas com base em qual tipo de marcação é suportado por qual mecanismo de pesquisa. schema.org suporta uma grande variedade de tipos de item, embora nem todos já sejam usados ​​para criar rich snippets. Com o schema.org, os webmasters têm um único local onde podem aprender sobre marcação de diversos tipos de item, os mecanismos de pesquisa recebem informações estruturadas que ajudam a melhorar a qualidade dos resultados de pesquisa e os usuários obtêm melhores resultados de pesquisa e melhor experiência na web.

Por que usar microdados? Por que não usar RDFa ou microformatos?

Anteriormente, oferecemos suporte a três diferentes padrões de marcação estruturada de dados: microdados, microformatos e RDFa. Em vez de fazer com que os webmasters decidam entre formatos concorrentes, decidimos nos concentrar em um único formato no shcema.org. Além disso, usar um único formato aumenta a consistência entre os mecanismos de pesquisa que se baseiam em dados. Alguns aspectos podem levar à preferência por um dos padrões existentes, mas descobrimos que os microdados representam um equilíbrio entre a capacidade de extensão do RDFa e a simplicidade dos microformatos. Por isso nós o escolhemos.

Para obter uma visão geral sobre os microdados, além de conhecer as convenções em que o schema.org se baseia, consulte o Guia de primeiros passos do schema.org.

Como o schema.org se relaciona ao Facebook Open Graph?

O Facebook Open Graph tem sua finalidade, mas não fornece as informações detalhadas que os mecanismos de pesquisa precisam para melhorar a experiência do usuário. Uma única página da web pode conter muitos componentes e pode enfocar mais de um assunto. Mesmo se você marcar seu conteúdo para o Facebook Open Graph, o schema.org oferecerá outra forma de fornecer mais detalhes sobre entidades específicas na página.

Por exemplo, uma página sobre uma banda pode incluir qualquer uma dos seguintes itens ou todos eles:

  • Uma lista de álbuns
  • Um preço para cada álbum
  • Uma lista de músicas para cada álbum e um link para ouvir trechos de cada música
  • Uma lista de shows previstos
  • Biografia dos membros da banda

Cada uma dessas informações pode ser representada como um tipo do schema.org. Se você marcá-las com o schema.org, os mecanismos de pesquisa terão uma compreensão mais ampla sobre o conteúdo da página.

O schema.org está disponível em diversos idiomas?

A marcação do schema.org pode ser usada em páginas da web escritas em qualquer idioma. No momento, o site schema.org está disponível somente em inglês, mas planejamos lançá-lo em outros idiomas posteriormente.

Por que devo adicionar uma marcação? Quais são os benefícios de uma marcação? Como os dados serão usados?

Os mecanismos de pesquisa usam a marcação na página de diversas formas. Por exemplo, o Google a usa para criar rich snippets nos resultados de pesquisa. Nem todos os tipos de informações do schema.org serão utilizados nos resultados de pesquisa, mas, com o tempo, mais dados serão usados de mais formas. Além disso, como a marcação pode ser acessada publicamente em suas páginas da web, outras organizações podem descobrir novas formas interessantes de usá-la também.

Como marcar o conteúdo com o schema.org

Como faço para marcar meu site usando este esquema?

Consulte o Guia de primeiros passos no site schema.org ou procure a hierarquia de tipo. Muitos dos exemplos da lista de tipos mostram um HTML de amostra antes e após a adição da marcação do schema.org, que você pode usar para configurar a marcação correspondente aplicável em seu site. Você também deve testar sua marcação para ter certeza de que ela está implementada corretamente. Você pode usar a ferramenta de teste de dados estruturados do Google para ver que informações o Google pode extrair de suas páginas.

Por que a ferramenta de teste de dados estruturados não mostra uma visualização do snippet do meu resultado da pesquisa?

No momento, você pode usar a ferramenta de teste para ver quais informações o Google pode extrair de suas páginas. Estamos trabalhando na atualização da ferramenta para que você possa ver como o conteúdo marcado com o schema.org pode aparecer nos resultados de pesquisa.

A marcação de meu conteúdo alterará o snippet do resultado de pesquisa de meu site?

Atualmente, o Google suporta rich snippets para pessoas, eventos, avaliações, produtos, receitas e trilha de navegação, e você pode usar a nova marcação schema.org para esses tipos, assim como com nossos formatos de marcação convencionais. Como estamos sempre trabalhando para expandir nossos recursos e aprimorar a relevância e a apresentação de nossos resultados de pesquisa, o schema.org contém muitos novos tipos que o Google pode vir a usar.

O schema.org suporta todos os tipos de informações suportados por microdados/microformatos/RDFa?

Sim. Qualquer ação possível por meio de um formato de marcação anterior pode ser realizada com o schema.org.

Já marquei meu conteúdo usando microdados/microformatos/RDFa. Preciso reiniciar a marcação do zero?

O Google continua oferecendo suporte a rich snippets para o conteúdo existente. Por isso, você não precisa refazer o conteúdo existente no novo formato do schema.org. Mudar para o novo formato de marcação poderá ser útil com o tempo, pois você passará a usar um padrão aceito pelas três grandes empresas mencionadas, mas isso não é obrigatório.

É necessário marcar todas as propriedades?

Não há problema se você marcar somente algumas propriedades de um item. A marcação não é uma escolha definitiva. No entanto, a marcação do máximo possível de conteúdo ajuda os mecanismos de pesquisa a compreender melhor o conteúdo e a apresentá-lo da forma mais útil possível. Para muitos tipos, o Google precisa de uma quantidade mínima de informações a fim de apresentar seu conteúdo em rich snippets. Você pode usar a ferramenta de teste de dados estruturados para ver que informações o Google pode extrair de suas páginas marcadas (ainda não oferecemos suporte para visualização de como seu conteúdo aparecerá nos resultados de pesquisa, mas estamos trabalhando nisso).

Usar o schema.org melhorará o desempenho de meu site na pesquisa?

No momento, o Google não usa marcações com finalidade de classificação. Porém, os rich snippets podem garantir mais destaque às páginas nos resultados de pesquisa e, assim, haverá um aumento de seu tráfego.

Meu website tem conteúdo não suportado pelo schema.org. Será que você o adicionará? Como marco esse conteúdo enquanto não há suporte para ele?

Se você publicar o conteúdo de um tipo não suportado, haverá três opções:

  • Não fazer nada, ou seja, não marcar o conteúdo de forma alguma. No entanto, antes de decidir fazer isso, verifique se algum dos tipos suportados pelo schema.org, como resenhas, comentários, imagens ou navegação estrutural, é relevante.
  • Use um tipo de marcação menos específico. Por exemplo, no schema.org, não há o tipo "professor". Contudo, se você tem um diretório de professores no departamento de sua universidade, poderá usar o tipo Pessoa para marcar as informações sobre cada professor no diretório.
  • Se você tem grandes aspirações, use o sistema de extensões do schema.org para definir um novo tipo.
Como informo sobre bugs ou faço sugestões? Ainda não recebi uma resposta para minha dúvida.

Confira as ">"> perguntas frequentes sobre schema.org ou tente postar uma pergunta no nosso fórum.