Como corrigir o erro: "Imagem não recuperada (taxa de rastreamento muito lenta)" ou "Imagem não recuperada (rastreamento pendente)"

Verifique se o Google pode rastrear e acessar suas imagens e aguarde o rastreamento da imagem do produto. Esse processo pode levar até três dias.

Um ou mais dos seus produtos foram reprovados, e as imagens não estão sendo exibidas em anúncios do Shopping ou nas listagens gratuitas. Isso pode acontecer por diversos motivos, incluindo o rastreamento.

É possível que a taxa de rastreamento das imagens esteja muito lenta. Para resolver esse problema, aumente a taxa de rastreamento no Google Search Console ou mova suas imagens para um servidor mais rápido. Também é possível que as imagens que você enviou para os produtos estejam aguardando o rastreamento. Pode levar até três dias para que uma imagem de produto seja rastreada e recuperada.

Há outros motivos além desses para suas imagens não serem exibidas. Use este guia para entender as razões e resolver o problema.

Antes de começar

Determine qual problema se aplica à sua conta:

Os itens foram enviados recentemente

  • Se esse é o caso, pode levar um tempo até que o servidor busque e rastreie as imagens. Seus itens não serão exibidos em anúncios do Shopping ou nas listagens gratuitas até que as imagens sejam rastreadas.
  • Caso o rastreamento esteja lento, verifique se os servidores não estão retornando mensagens de erro 500 ou similares. Você também pode ajustar a taxa de rastreamento no Google Search Console.
  • Se você precisar atualizar muitas imagens de uma vez, envie uma parte delas (10%, por exemplo) a cada dia para que o Google possa rastrear os novos URLs continuamente.

As imagens ainda não estão ativas

  • Verifique se os URLs das imagens que você enviou no feed de dados estão ativos no sistema de veiculação e podem ser rastreados pelo Google.

As imagens foram alteradas ou atualizadas recentemente

  • Uma imagem nova poderá demorar até seis semanas para aparecer no seu anúncio ou nas listagens se o URL dela não for alterado.
  • Para que os sistemas identifiquem a mudança e rastreiem a nova imagem com rapidez (normalmente em até três dias), use um novo URL e atualize-o nos dados do produto sempre que você mudar uma imagem.

As imagens estão em um formato incompatível

  • Verifique se as imagens estão em um dos formatos compatíveis (GIF, JPG, JPEG, PNG, BMP ou TIF) e inclua as extensões adequadas para os nomes dos arquivos.
  • Para que uma imagem seja processada, o URL associado dela precisa estar vinculado a um arquivo de imagem, e não a um script. Saiba mais sobre os requisitos de imagem

Os URLs das imagens não estão funcionando corretamente

  • Se esse for o caso, não será possível exibir uma imagem para seu item nas listagens.
  • Verifique se todos os URLs das imagens estão funcionando corretamente.

Você incluiu espaços nos URLs das imagens

  • Garanta que não haja espaços nos URLs das imagens. Cada espaço deve ser substituído pelos caracteres %20. Caso contrário, o servidor não poderá rastrear sua imagem e ela não aparecerá nos resultados.
  • Por exemplo:

Um arquivo robots.txt no seu servidor está bloqueando o acesso

  • Um arquivo robots.txt no seu servidor está impedindo que o Google rastreie as imagens no site. Para que o servidor consiga acessar essas imagens, modifique o arquivo robots.txt para permitir que os user agents "Googlebot" e "Googlebot-Image" rastreiem o site. Saiba mais sobre o robots.txt
  • Adicione as linhas a seguir ao seu arquivo robots.txt:

    User-agent: Googlebot
    Disallow:

    User-agent: Googlebot-Image
    Disallow:

Redirecionamento de links da imagem

  • Um link de imagem precisa estar diretamente vinculado ao URL dela. Se o link da imagem no seu feed de dados redirecionar para outro URL, o servidor não poderá pegar uma cópia dela para usar na exibição do produto.
  • Os URLs das imagens que fazem o redirecionamento com scripts ASP, PHP ou ColdFusion também não serão buscados.

As imagens têm cabeçalhos HTTP

  • Se as informações no cabeçalho de uma imagem forem diferentes do esperado, o processador não conseguirá armazenar em cache uma cópia dela. Normalmente, os cabeçalhos só causam problemas em imagens geradas dinamicamente.
  • Os campos de cabeçalho content-type e content-length precisam ser transmitidos:
    • O campo content-type descreve o tipo de arquivo que você está enviando. Dois valores comuns para imagens são "image/gif" e "image/jpeg".
    • O campo content-length fornece informações sobre o tamanho do arquivo de uma imagem.
  • Se você escolher adicionar campos de cabeçalho, verifique se eles são adequados à imagem. Não selecione "cache-control".

A imagem é muito grande

Instruções

Para aplicar as modificações acima a todos os produtos que receberam a mensagem de erro, siga estas etapas:

Etapa 1: veja os produtos afetados

  1. Faça login na sua conta do Merchant Center.
  2. Selecione Produtos no menu de navegação e clique em Diagnóstico.
  3. Clique na guia Problemas no item para ver o que está afetando os produtos.

Para fazer o download de uma lista (.csv) dos produtos afetados por todos os problemas, siga esta instrução:

  • Clique no botão de download Download ao lado do botão de filtro Download, abaixo do gráfico e acima da lista de problemas.

Para fazer o download de uma lista (.csv) de todos os produtos afetados por um problema específico, siga esta instrução:

  • Localize o erro na coluna "Problema" e clique no botão de download Download no final da linha.

Para ver uma lista de até 50 produtos com esse problema específico, siga estas instruções:

  • Encontre o erro na coluna "Problema" e clique em Ver exemplos na coluna “Itens afetados”.

Etapa 2: revise e atualize os links das imagens

  1. Filtre o relatório salvo para ver somente produtos com estes dados:
    "Título do problema" = Imagem não recuperada (taxa de rastreamento muito lenta) ou
    "Título do problema" = Imagem não recuperada (rastreamento pendente)
  2. Pesquise os dados do produto usando o código e verifique se a imagem de cada produto está em alta qualidade, sem sobreposições.
  3. Altere o URL enviado para o atributo link da imagem [image_link] para que ele indique a imagem do produto correta. Envie um novo URL em vez de atualizar um URL existente com conteúdo novo. Isso forçará uma busca mais rápida da nova imagem.

Etapa 3: envie novamente os dados do produto

  1. Para enviar novamente os dados do produto depois da atualização, use um dos seguintes métodos:
  2. Depois, confirme se o problema foi corrigido. Ele não deverá mais estar listado na página "Diagnóstico".

    Pode levar algum tempo até que sua alteração seja indicada nessa página.

Links relacionados

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
71525
false