Configurar um teste aberto, fechado ou interno

Com o Play Console, você pode testar seu app em grupos específicos ou fazer um teste aberto com os usuários do Google Play.

Ao testar o app, você tem a oportunidade de corrigir problemas técnicos ou de experiência do usuário com o mínimo impacto possível. Assim é possível lançar a melhor versão do app no Google Play.

Antes de começar

  • Requisitos de e-mail: os usuários precisam ter uma Conta do Google (@gmail.com) ou do G Suite para participar de testes.
  • Mudanças na monetização: se você mudar os preços do app, isso afetará as versões atuais e futuras dele em todas as faixas.
  • Mudanças de disponibilidade por país: se você mudar os países e as regiões onde o app é distribuído, isso afetará as versões atuais e futuras dele em todas as faixas.
    • Observação: há algumas exceções de monetização e de disponibilidade por país em testes internos. Para mais detalhes, consulte a seção que ensina como configurar um teste interno.
  • Versão:
    • É preciso testar o app antes de lançá-lo para produção.
    • Depois de publicar um teste aberto, fechado ou interno pela primeira vez, pode levar algumas horas para que o link de teste seja disponibilizado para os testadores. Se você publicar mudanças adicionais, é possível que demore algumas horas para que elas fiquem disponíveis para os testadores.
  • Adicionar organizações a um teste:
    • Para adicionar testadores associados a uma organização que usa o Google Play gerenciado, acesse a guia Google Play gerenciado na página Configurações avançadas do app (Configurar > Configurações avançadas) e marque a caixa ao lado de "Ativar".
    • Caso seu app seja particular, também será preciso adicionar a organização associada ao teste à lista de destino.
  • Avaliações: o feedback dos usuários de teste não afeta a classificação pública do app.
  • Apps pagos: se você usar um teste aberto ou fechado para um app pago, os testadores ainda precisarão comprá-lo. Se você usar um teste interno para um app pago, os testadores poderão instalar o app gratuitamente.

Qual é a diferença entre teste interno, fechado e aberto?

É possível criar versões em três faixas de teste antes de lançar seu app para produção. Cada fase do teste ajuda você a coletar o feedback necessário para fazer melhorias no app durante o desenvolvimento.

Teste interno: crie uma versão de teste interno para distribuir rapidamente o app a até cem testadores para o controle de qualidade inicial. Recomendamos que você faça um teste interno antes de liberar o app para as faixas fechada ou aberta. Se necessário, é possível fazer testes internos ao mesmo tempo que testes fechados e abertos para versões diferentes do seu app.

  • Dica: também é possível usar testes internos para apps que não estão totalmente configurados. Leia abaixo.

Teste fechado: crie uma versão de teste fechado para testar versões de pré-lançamento do app com mais testadores e coletar feedback mais direcionado. Depois de testar com um grupo menor de colegas ou usuários de confiança, amplie seu teste para uma versão aberta. Na página Teste fechado, uma faixa Alfa será disponibilizada como teste fechado inicial. Se necessário, crie e nomeie outras faixas fechadas.

Se estiver testando um app que você já publicou, somente os usuários do grupo de teste receberão uma atualização para sua versão fechada.

Teste aberto: crie uma versão aberta para fazer um teste com um grupo grande e exibir a versão de teste do app no Google Play. Se você realizar um teste aberto, qualquer pessoa poderá participar do seu programa de testes e enviar comentários privados para você. Verifique se o app e os detalhes dele estão prontos para publicação no Google Play antes de escolher essa opção.

Recolher tudo Expandir tudo

Dicas

Como eu começo?

Recomendamos começar com um teste interno e depois expandir para um pequeno grupo de testadores fechados.

Por que fazer um teste interno?

Após criar um teste interno, é possível liberar o app imediatamente para os testadores. Isso pode ajudar você a identificar problemas e receber feedback mais cedo no processo de desenvolvimento. Os testes internos têm as seguintes características:

  • Agilidade: distribua apps por meio da faixa de teste interno muito mais rápido do que nas faixas de teste aberto ou fechado. Quando você publica um novo APK ou pacote de apps na faixa de teste interno, ele fica disponível para os testadores em alguns minutos.
    • Observação: se você publicar um app pela primeira vez, ele ficará imediatamente disponível para os testadores internos, mas terá um nome e uma página "Detalhes do app" temporários por até 48 horas.
  • Flexibilidade: ajuste os testes internos para uso em diferentes estágios, como verificações de qualidade e depurações após o lançamento.
  • Segurança: com a faixa de teste interno, o app é distribuído com segurança aos usuários pela Play Store.
Posso realizar vários testes simultâneos com cada app?

Se você quiser realizar vários testes no mesmo app, lembre-se:

  • A qualquer momento, você pode realizar vários testes fechados e um teste aberto.
  • Se um usuário aceitar o teste interno do app, ele não poderá mais receber o teste aberto ou fechado. Para recuperar o acesso, o usuário precisa sair do teste interno e voltar ao teste aberto ou fechado.

Etapa 1: configurar os detalhes do teste

Escolher um método de teste

Teste interno: gerenciar até cem testadores

Você pode criar uma lista de testadores internos por endereço de e-mail. Os testes internos podem ter até cem testadores por app.

Ao configurar um teste interno, lembre-se:

  • Distribuição por país: é possível adicionar usuários de qualquer local ao teste interno. Se um testador interno estiver localizado em um país onde a versão de produção, de teste aberto ou de teste fechado do app não estiver disponível, o usuário ainda poderá acessar o teste interno.
  • Pagamento: no caso de apps pagos, os testadores poderão instalar a versão de teste interno gratuitamente. No entanto, eles precisarão pagar por compras no app, a menos que também sejam adicionados a uma lista de testadores licenciados.
  • Regras de exclusão de dispositivos: as regras de exclusão de dispositivos não se aplicam aos testadores internos.
  • Avaliações de política e de segurança: talvez os testes internos não estejam sujeitos às avaliações normais de política e de segurança do Google Play.

Iniciar um teste interno

Criar uma lista de e-mails dos testadores

Se você já tiver feito isso, pule para as instruções de como "Adicionar testadores".

  1. Abra o Play Console e acesse a página Teste interno (Teste > Teste interno).
  2. Selecione a guia Testadores.
  3. Em "Testadores", selecione Criar lista de e-mails.
  4. Insira um nome para a lista. É possível usar a mesma lista para testes futuros em qualquer um dos seus apps.
  5. Adicione endereços de e-mail separados por vírgula ou clique em Fazer o upload do arquivo CSV. Se você usar um arquivo .CSV, coloque cada endereço de e-mail em uma linha e não use vírgulas. 
    • Observação: se você fizer upload de um arquivo .CSV, ele substituirá os endereços de e-mail que você tiver adicionado.
  6. Selecione Salvar alterações e Criar.

Adicionar testadores

  1. Abra o Play Console e acesse a página Teste interno (Teste > Teste interno).
  2. Selecione a guia Testadores.
  3. Na tabela "Testadores", selecione as listas de usuários que testarão a versão.
  4. Informe um URL de feedback ou um endereço de e-mail para receber feedback dos testadores. O canal de comentários do seu app será exibido aos usuários na página de ativação do testador.
  5. Copie o link para compartilhar a versão com os testadores.
  6. Selecione Salvar alterações.

Testar apps que não estão totalmente configurados

Também é possível criar uma versão de teste interno se o app não estiver totalmente configurado. Assim que você tiver um pacote de apps ou um APK válido, será possível distribuí-lo rapidamente a um número limitado de testadores. Caso você queira testar um app que não está totalmente configurado, observe o seguinte:

  • Antes de o app ser revisado pela primeira vez, os usuários verão um nome temporário para ele no Google Play. O nome temporário do app fica no resumo do Painel.
  • Assim que você fizer upload de um artefato, o nome do pacote desse app será fixado e não poderá ser alterado.
Teste fechado: gerencie testadores por endereço de e-mail ou Grupos do Google

Com um teste fechado, você pode criar uma lista de testadores por endereço de e-mail. É possível criar até 200 listas no total, e cada uma delas pode ter até 2.000 usuários. Crie até 50 listas por faixa.

Insira as informações necessárias para preparar a versão de teste interno, salve as mudanças e selecione Avaliar versão.

Iniciar um teste fechado

Criar uma lista de e-mails dos testadores

Se você já tiver feito isso, pule para as instruções de como "Adicionar testadores".

  1. Abra o Play Console e acesse a página Testes fechados  (Testes > Testes fechados).
  2. Selecione Gerenciar faixa.
  3. Selecione a guia Testadores.
  4. Em "Testadores", selecione Criar lista de e-mails.
  5. Insira um nome para a lista. É possível usar a mesma lista para testes futuros em qualquer um dos seus apps.
  6. Adicione endereços de e-mail separados por vírgula ou clique em Fazer o upload do arquivo CSV. Se você usar um arquivo .CSV, coloque cada endereço de e-mail em uma linha e não use vírgulas.
    • Observação: se você fizer upload de um arquivo .CSV, ele substituirá os endereços de e-mail que você tiver adicionado.
  7. Selecione Salvar alterações e Criar.

Adicionar testadores

  1. Abra o Play Console e acesse a página Testes fechados  (Testes > Testes fechados).
  2. Selecione Gerenciar faixa.
  3. Selecione a guia Testadores.
  4. Na seção "Testadores", é possível adicionar testadores por e-mail ou Grupos do Google:
    • E-mail: é a opção selecionada automaticamente. Se você quiser usá-la, basta selecionar as listas de usuários que testarão a versão.
    • Grupos do Google: selecione esta opção e digite os endereços de e-mail do Grupo do Google, que têm o seguinte formato: nomedogrupo@googlegroups.com. Somente os membros dos Grupos do Google especificados poderão participar do teste.
    • Dica: para saber como gerenciar os Grupos do Google, acesse a Central de Ajuda do administrador do G Suite.

  5. Informe um URL de feedback ou um endereço de e-mail para receber feedback dos testadores. O canal de comentários do seu app será exibido aos usuários na página de ativação do testador.

  6. Copie o link para compartilhar a versão com os testadores.

  7. Selecione Salvar alterações.
Teste aberto: mostre seu app de teste no Google Play

Se você configurar um teste aberto, os usuários poderão encontrar seu app de teste no Google Play. Verifique se o app está pronto para publicação no Google Play antes de escolher essa opção.

  • Para apps com acesso antecipado (novos apps que ainda não foram publicados para produção): os usuários podem encontrar seu teste aberto por meio da pesquisa no Google Play. Depois que os usuários encontrarem as informações do produto, eles poderão instalar e usar o app.
  • Para apps com uma versão de produção publicada: os usuários podem aceitar o teste aberto na página "Detalhes do app".

Você também pode compartilhar um link de URL em um site ou e-mail. Qualquer usuário com o link pode acessar o teste aberto.

Iniciar um teste aberto

  1. Abra o Play Console e acesse a página Teste aberto  (Testes > Testes abertos).
  2. Selecione a guia Testadores.
  3. Expanda a seção "Gerenciar testadores". Se essa seção estiver vazia, confirme se você fez upload de um APK ou pacote de apps.
  4. Escolha quantos testadores podem usar o app:
    • Ilimitado: por padrão, essa opção é selecionada.
    • Número limitado: especifique um limite (no mínimo 1.000).
  5. Informe um URL de feedback ou um endereço de e-mail para receber feedback dos testadores. O canal de comentários do seu app será exibido aos usuários na página de ativação do testador.
  6. Copie o link para compartilhar a versão com os testadores.
  7. Selecione Salvar alterações.
Criar mais faixas de teste fechado para suas equipes de desenvolvimento

Em alguns casos, talvez você precise de mais faixas de teste fechado. Por exemplo, você pode ter equipes de desenvolvimento diferentes que precisam resolver bugs em recursos distintos. Se cada equipe criar a própria faixa de teste, elas poderão trabalhar em diferentes recursos ao mesmo tempo.

Com faixas de teste adicionais, é possível criar uma lista de testadores por endereço de e-mail ou gerenciar testadores por meio de Grupos do Google. Não há limites de tamanho para esses grupos.

Criar uma faixa de teste adicional

  1. Abra o Play Console e acesse a página Testes fechados  (Testes > Testes fechados).
  2. No canto superior direito da página, selecione Criar.
  3. Insira um nome para a faixa. Ele é usado no Play Console e na API Google Play Developer como nome da faixa.
  4. Selecione Criar faixa.
  5. Selecione a guia Testadores.
  6. Na seção "Testadores", é possível adicionar testadores por e-mail ou Grupos do Google:
    • E-mail: é a opção selecionada automaticamente. Se você quiser usá-la, basta selecionar as listas de usuários que testarão a versão.
    • Grupos do Google: selecione esta opção e digite os endereços de e-mail do Grupo do Google, que têm o seguinte formato: yourgroupname@googlegroups.com. Somente os membros dos Grupos do Google especificados poderão participar do teste.
  7. Informe um URL de feedback ou um endereço de e-mail para receber feedback dos testadores. O canal de comentários do seu app será exibido aos usuários na página de ativação do testador.
  8. Copie o link para compartilhar a versão com os testadores.
  9. Selecione Salvar.

Suporte e dicas de testes

Quando você cria mais faixas de teste fechado, os seguintes recursos não estão disponíveis:

Gerenciar testadores dos serviços relacionados a jogos do Google Play

Se você usar os serviços relacionados a jogos do Google Play, os grupos de testadores serão compartilhados automaticamente entre o pacote de apps ou o APK e esses serviços.

Antes da publicação para os usuários reais, os testadores têm acesso às alterações salvas no projeto do jogo, como as conquistas e os placares. É possível gerenciar os testadores por meio do endereço de e-mail deles ou reutilizar os mesmos testadores como uma faixa de lançamento.

Na página Serviços relacionados a jogos do Google Play > Configuração e gerenciamento > Testadores, é possível usar o controle de testadores para incluir automaticamente os usuários que tiverem ativado os testes do seu APK ou do pacote de apps.

Para adicionar manualmente cada um dos testadores aos serviços relacionados a jogos do Google Play, faça o seguinte:

  1. Abra o Play Console e acesse a página Testadores dos serviços relacionados a jogos do Google Play (Serviços relacionados a jogos do Google Play > Configuração e gerenciamento > Testadores).
  2. No menu à esquerda, selecione Serviços relacionados a jogos do Google Play > Configuração e gerenciamento > Testadores.
  3. Digite o endereço de e-mail que você quer adicionar. Os endereços precisam ser Contas do Google válidas e conectadas aos serviços relacionados a jogos do Google Play.
  4. Selecione Adicionar.

Depois de aceitar participar do grupo de testes, os usuários podem fazer login usando os serviços relacionados a jogos do Google Play, ganhar conquistas publicadas ou em rascunho e postar em placares nesses dois status.

Etapa 2: criar uma versão

Depois de configurar os detalhes do teste do app, prepare e lance uma versão.

Para ver detalhes sobre como gerenciar a disponibilidade por país nas faixas Alfa e Beta do app, consulte Distribuir versões de apps para países específicos.

Etapa 3: compartilhar seu app com testadores

Se você realizar um teste aberto ou fechado, os testadores poderão encontrar seu app de teste no Google Play usando os próprios dispositivos. Se for um teste fechado, o app só ficará disponível para a lista ou o grupo.

Se você fizer um teste interno ou fechado antes de disponibilizar o app para testes abertos ou de lançar para produção, os testadores não poderão encontrá-lo por meio da pesquisa do Google Play. É necessário compartilhar o URL da Play Store com os testadores para que eles possam fazer o download do app.

Se, por algum motivo, os testadores não conseguirem encontrar o app no Google Play, também é possível compartilhar um link de ativação com eles. Veja algumas informações importantes sobre o uso de um link de ativação:

  • O link de ativação só é exibido quando um app é "Publicado". Os apps no estado "Rascunho" ou "Publicação pendente" não exibirão esse link.
  • Após clicarem no link de ativação, os usuários recebem uma explicação sobre o que significa ser um testador e precisam confirmar a participação usando o link fornecido.
  • Se você fizer um teste fechado com um Grupo do Google, os usuários precisarão participar do grupo antes de ativá-lo.

Etapa 4: receber feedback

Depois que os testadores instalarem o app, eles receberão automaticamente a atualização para usar a versão de teste em poucos minutos.

Os testadores não podem deixar comentários públicos no Google Play para a versão de teste do seu app. Por isso, é recomendável incluir um canal de contato ou informar aos usuários como eles podem enviar comentários (por e-mail, site ou fórum de mensagens).

Durante testes abertos ou fechados, os testadores também podem fornecer feedback particular por meio do Google Play.

Etapa 5: encerrar um teste

Para remover usuários do teste de app, faça o seguinte:

  1. Abra o Play Console e acesse a página do teste que você quer encerrar:
  2. Encontre o teste que você quer finalizar e selecione Gerenciar faixa.
    • Observação: dependendo do tipo de teste finalizado e de quantos testes você está executando, talvez não seja necessário realizar esta etapa.
  3. Próximo ao canto superior direito da página, selecione Pausar faixa.
  4. Ao terminar um teste, os testadores não receberão atualizações, mas o app permanecerá instalado no dispositivo.

Códigos de versão e status das faixas de teste

Requisitos do código de versão

Os usuários recebem a versão do app que:

  • tem o código de versão mais alto compatível com o dispositivo deles;
  • foi publicada em uma faixa que eles estão qualificados para receber.

Todos os usuários sempre estão qualificados para receber a faixa de produção. Se um APK for publicado na produção com um código de versão superior ao da faixa de teste em que o usuário ativou, o usuário receberá o APK de produção.

Os usuários qualificados para receber várias faixas receberão o APK com código de versão mais recente publicado nessas faixas.

Para que um usuário seja qualificado para receber uma faixa de teste, o usuário precisa:

  • ser incluído na configuração da faixa gerenciada;
  • ter ativado o programa de teste correspondente.

Por exemplo, todos os usuários que optaram pelo programa de teste estão qualificados para a faixa de teste aberta. Os usuários que optaram pelo programa de teste interno não estão qualificados para as faixas de teste abertas e fechadas, mesmo se estiverem incluídos na configuração de testadores gerenciados. Esses usuários não receberiam os APKs com código de versão mais altos publicados nessas faixas.

Para mais informações, saiba como controlar versões dos seus apps.

Status das faixas de testes

Ao lançar sua versão, você pode ver mensagens de validação que indicam quando os usuários de uma determinada faixa recebem APKs ou pacotes de apps lançados em outra faixa. Essas mensagens são o status de substituição da faixa.

Termos e status de substituição

  • Oculto: um APK oculta outro quando ele envia uma parte ou a totalidade da mesma configuração do dispositivo e tem um código de versão mais recente.
  • Promovido: todos os APKs ativos da faixa estão nos APKs ativos da faixa substituta. Por exemplo, todos os APKs Beta ativos também estão ativos na produção. Isso poderá ser observado se você fizer primeiro o lançamento para uma faixa de testes e depois lançar os APKs testados para uma versão mais estável.
  • Substituído: todos os APKs ativos em uma faixa são completamente ocultos por APKs desse tipo com códigos de versão mais recentes na faixa substituta. Nenhum dos APKs na faixa é enviado aos usuários, já que todos eles receberão um APK da faixa substituta. Isso significa que o programa de testes representado pela faixa substituída foi abandonado.
  • Parcialmente oculto: pelo menos um dos APKs ativos em uma faixa está oculto por outro com código de versão mais recente na faixa substituta. Isso significa que alguns usuários Beta terão um APK da faixa Beta, enquanto outros poderão ter um APK de produção. Isso se deve provavelmente a um erro na atribuição dos códigos de versão.

Conteúdo relacionado

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.