Como funciona o relatório de pré-lançamento

Este artigo ajudará você a entender os resultados do relatório de pré-lançamento com uma visão geral dos erros, avisos e problemas que ele pode revelar. Para saber como configurar e gerar um relatório de pré-lançamento, acesse Usar um relatório de pré-lançamento para identificar problemas.

Quando o relatório estiver disponível, será possível ver um resumo do teste, que inclui o número de erros, avisos e problemas menores encontrados durante o processo, categorizados por tipo de problema. Também será exibida uma recomendação com base nos resultados do teste do app.

Observação: o relatório de pré-lançamento é uma ferramenta prática e eficiente que pode ajudar a melhorar seu app, mas o Google não pode garantir que os testes identificarão todos os problemas. Para garantir que os resultados sejam abrangentes e relevantes para você, revise e atualize as configurações do relatório.

Visão geral do relatório de pré-lançamento

A página Visão geral do relatório de pré-lançamento apresenta um resumo dos erros, avisos e problemas menores únicos encontrados durante o teste. Eles são agrupados em quatro categorias: Estabilidade, Desempenho, Acessibilidade e Segurança e confiabilidade. As categorias são descritas abaixo com mais detalhes.

Você também verá o número de dispositivos em que o app foi testado e, dependendo dos resultados, serão exibidos insights e recomendações que podem ajudar a melhorá-lo.

Veja alguns exemplos de problemas encontrados durante o teste:

  • Erros: incluem falhas, ANRs e o uso de APIs incompatíveis que foram restritas.
  • Avisos: incluem inicialização e carregamento lentos, problemas de login, rastreamento e memória e uso de APIs incompatíveis que ainda não foram restritas.
  • Problemas menores: incluem classificações de conteúdo ausentes, problemas de contraste de cores, áreas de toque pequenas e problemas de implementação.

 

Recolher tudo Expandir tudo

Detalhes do relatório de pré-lançamento

Estabilidade

Cada seção da guia Estabilidade detalha os problemas encontrados durante o teste, que podem incluir o seguinte:

  • O tipo e o ícone do problema:
    • Vermelho indica um erro.
    • Amarelo indica um aviso.
    • Verde indica que o teste não encontrou problemas.
  • O número de dispositivos em que o problema foi detectado
  • O stack trace associado ao problema
  • A API relevante (se aplicável)
  • O número de vezes que o problema foi detectado durante o teste (se aplicável)

Ao lado de cada problema, selecione Mostrar mais para ver mais detalhes sobre ele, como o nome do dispositivo, o tamanho da tela, a versão do Android, a RAM, a interface binária do aplicativo (ABI) e a localidade. Você pode selecionar cada modelo de dispositivo para ver as especificações dele, assim como uma captura de tela e um vídeo dos testes, os resultados do loop de demonstração e os stack traces, que também estão disponíveis para download. A disponibilidade desses detalhes pode variar.

Observação: as falhas encontradas durante o teste também são indicadas na página de falhas e ANRs do app. Durante a geração de um relatório de pré-lançamento, as falhas encontradas são provenientes de dispositivos de teste. Por isso, elas não afetam as estatísticas correspondentes.

Ver os dispositivos de teste sem problemas

Na parte inferior da guia Estabilidade, você encontra a tabela Dispositivos de teste sem problemas, onde pode ver informações sobre os testes que não revelaram problemas. 

Em cada linha, você verá o nome do dispositivo de teste, a versão do Android dele e um ícone mostrando se o app teve algum problema nos testes.

Estabilidade: compatibilidade com o Android

Caso seu app use uma ou mais interfaces que não estão no SDK público do Android (chamadas de "não compatíveis" ou "não SDK"), você verá erros e avisos listados nas guias Visão geral e Estabilidade do relatório de pré-lançamento.

Ver problemas individuais

Para identificar as interfaces não compatíveis que estão sendo usadas, clique nos links "Ver problemas" ao lado dos erros e avisos de "Compatibilidade com o SO" no relatório de pré-lançamento. Para ver onde uma interface específica foi chamada no app, clique na seta para baixo ao lado dela para ver os stack traces. A mesma interface pode ser chamada várias vezes em um teste.

As interfaces não compatíveis são classificadas por gravidade. Para evitar problemas de estabilidade, é recomendável não usar interfaces incompatíveis. No entanto, é possível usar categorias para priorizar os problemas que precisam ser solucionados primeiro.

Veja a ordem de prioridade sugerida:

  1. Restrita: são as interfaces que causam falhas em algumas ou todas as versões do Android.
  2. Não compatível, mas com restrição iminente: não há garantia de que essas interfaces funcionarão corretamente, e elas serão restritas em uma versão futura no Android.
  3. Não compatível, restrição não iminente: não há garantia de que essas interfaces funcionarão corretamente.

Observação: em cada categoria, as interfaces são ordenadas por frequência, o que também pode ajudar você a priorizar quais problemas precisam ser resolvidos primeiro.

Desempenho

Para cada modelo de dispositivo, o resumo do teste de desempenho inclui as seguintes métricas:

  • Média de quadros por segundo: é a taxa média em que os quadros são exibidos.
    • Observação: os dados da média de quadros por segundo só estão disponíveis para testes com loops de jogo.
  • Média de CPU: é a porcentagem de uso médio da CPU pelo app no modelo de dispositivo específico.
  • Média enviada na rede: é o número médio de bytes por segundo enviados pelo app por meio de uma conexão de rede no modelo de dispositivo específico.
  • Média recebida na rede: é o número médio de bytes por segundo recebidos pelo app por meio de uma conexão de rede no modelo de dispositivo específico.
  • Média de memória: é a memória média usada pelo app durante o período selecionado no modelo de dispositivo específico.

Observação: talvez os dispositivos de teste com algumas versões antigas do Android não gerem dados de desempenho.

Ver relatórios individuais

Selecione cada modelo de dispositivo para ver as especificações, estatísticas de desempenho e desempenho ao longo do tempo, além de uma captura de tela e um vídeo dos testes. Também é possível ver um gráfico e uma gravação da evolução de cada métrica ao longo do teste. 

Por exemplo, é possível observar as variações na porcentagem de CPU do app durante o teste. Se você encontrar um pico de CPU, analise a ação realizada pelo rastreador no momento para resolver o problema.

A disponibilidade desses detalhes pode variar.

Acessibilidade

Cada resumo de teste de acessibilidade inclui o número de erros, avisos e problemas menores do tipo encontrados durante o processo. Eles estão divididos nas seguintes categorias:

Ver relatórios por categoria

Na guia Acessibilidade, abaixo do resumo, você pode ver as seções categorizadas com grupos de telas que identificam onde há problemas de acessibilidade no app.

  • Se algum erro foi identificado, você verá um ícone vermelho.
  • Se algum aviso foi identificado, você verá um ícone amarelo.
  • Se apenas problemas menores foram identificados, você verá um ícone azul.
  • Se nenhum problema foi identificado, você verá uma marca de seleção verde.

Ver problemas individuais

Selecione um grupo de telas para ver exemplos de capturas de tela com os nomes dos modelos de dispositivo, sistemas operacionais, tamanhos e densidades de tela e idiomas correspondentes, além de uma recomendação.

Melhorar a acessibilidade do app

Capturas de tela

O resumo do teste de capturas de tela apresenta: 

  • imagens que mostram como o app aparece em todos os dispositivos de teste em vários idiomas;
  • metadados sobre os dispositivos testados, incluindo o nome do modelo, a versão do Android, o idioma, a resolução da tela e o DPI;
  • o número de dispositivos com capturas de tela;
  • o número de dispositivos que não puderam ser testados com o APK ou pacote de apps. Isso inclui o seguinte:
    • Dispositivos indisponíveis: o APK ou pacote de apps é compatível com os dispositivos, mas houve um problema durante o teste. Se o teste tiver algum dispositivo indisponível, envie outro APK ou pacote de apps e teste novamente.
    • Dispositivos incompatíveis: o APK ou pacote de apps é incompatível com determinados dispositivos de teste. Se você fizer o teste novamente, não receberá resultados referentes aos dispositivos incompatíveis.

Observação: ao fazer um teste com loops de demonstração, você não verá dados na guia Capturas de tela.

Como visualizar as capturas de tela

É possível agrupar os resultados do teste de capturas de tela com o seletor Agrupar por no canto superior direito da guia Capturas de tela. Há duas maneiras de agrupá-las:

  • Grupos de telas: selecione Grupos de telas para ver como capturas semelhantes são exibidas em dispositivos diferentes. Com essa visualização, o relatório de pré-lançamento agrupa as imagens com base nos elementos ou nos widgets da tela. A opção Grupos de telas é selecionada por padrão.
  • Dispositivos: selecione Dispositivos para ver todas as capturas de tela associadas a um dispositivo específico. Com essa opção, você pode ver as capturas de tela feitas em ordem cronológica durante um teste.

É possível selecionar uma captura de tela para ver as especificações do dispositivo e informações adicionais.

Preferências de idioma

Para ver capturas de tela de idiomas específicos, defina as preferências de idioma na guia Configurações.

Segurança e confiabilidade

Cada resumo do teste inclui o nome e a descrição de todas as vulnerabilidades de segurança encontradas no APK ou pacote de apps.

Observação: recomendamos corrigir as vulnerabilidades de segurança listadas antes de publicar o APK ou pacote de apps para produção.

Criar um teste personalizado com o Firebase Test Lab

Se o app ou jogo precisar de testes adicionais e especializados, use o Firebase Test Lab. Depois de criar o projeto do Firebase, será possível selecionar o tipo de dispositivo entre diversas opções e métodos para criar testes personalizados. É possível executar e visualizar os resultados do teste personalizado no Console do Firebase. Os primeiros 5 a 15 testes do dia são gratuitos.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.