Meça a aquisição e a retenção da sua aplicação

Depois de publicar uma aplicação no Google Play, pode rever os dados sobre a forma como os utilizadores encontram e interagem com a Ficha da loja da sua aplicação.

Se a sua aplicação disponibilizar produtos na aplicação e/ou subscrições, também pode ver a receita média por utilizador da sua aplicação e o desempenho geral de conversão de utilizadores em compradores e compradores recorrentes da aplicação por país ou canal de aquisição.

Notas

  • O relatório Subscritores já não está disponível desde julho de 2019.
  • Os dados de aquisição e de retenção baseiam-se na Hora do Pacífico (PT) e são atualizados diariamente.
  • Algumas métricas são calculadas com base em dados de utilizadores que aceitaram partilhar os respetivos dados de forma agregada com os programadores. As métricas que fornecemos na Play Console são ajustadas para refletir melhor os dados de todos os seus utilizadores. As informações do histórico podem ser recalculadas para refletir os utilizadores que optaram por não partilhar dados de utilização.
  • O Google não apresenta dados que se encontrem em determinados limites mínimos. Pode ver esses dados agrupados na categoria "Outros".

Rever o desempenho por canal ou país

Na página Relatórios de aquisição da aplicação, pode rever a forma como os utilizadores encontram a Ficha da loja da sua aplicação na Play Store e como utilizam a aplicação após a instalação.

Vista geral

Selecione e monitorize um grupo de utilizadores com caraterísticas em comum
  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione uma aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Aquisição de utilizadores > Relatórios de aquisição.
  4. Selecione o separador Instaladores retidos ou Compradores.
    • Instaladores retidos: mostra os utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação e, em seguida, instalaram a sua aplicação e a mantiveram instalada até 30 dias.
    • Compradores: mostra os utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação e o número de utilizadores que, em seguida, compraram um ou mais produtos na aplicação ou subscrições.
  5. Configure os detalhes do seu relatório:
    • Para alternar entre as vistas de país e de canal de aquisição, utilize o menu pendente "Medir por".
    • Para que o seu relatório inclua utilizadores que instalaram a sua aplicação sem visitarem a sua Ficha da loja ou que tinham a aplicação pré-instalada, selecione a caixa junto a "Incluir instalações sem visita à Ficha da loja".
    • Para escolher um grupo de utilizadores com caraterísticas em comum baseado no tempo, utilize o menu pendente "Visitantes de".

Nota: só pode escolher um período de monitorização no separador Compradores. Para selecionar um período de monitorização, a aplicação tem de disponibilizar produtos na aplicação ou subscrições. Caso contrário, é utilizado um período de monitorização de 6 meses por predefinição.

Veja um exemplo

Se atualizou a sua aplicação com um novo ícone e novos produtos na aplicação a 6 de janeiro de 2017, pode ver como essa atualização afetou o desempenho de aquisição de utilizadores da aplicação durante uma semana ao selecionar:

  • Visitantes de: 6 de janeiro de 2017 a 12 de janeiro de 2017

    Inclui os utilizadores que ainda não tinham a sua aplicação instalada nos respetivos dispositivos e visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store durante este período de tempo.

  • Intervalo: semana

    Monitoriza utilizadores que instalaram a sua aplicação ou compraram uma subscrição ou um item na aplicação no espaço de uma semana após visitarem a respetiva Ficha da loja na aplicação Play Store.

Formas de utilizar os dados de aquisição de utilizadores

  • Veja quantos visitantes da Ficha da loja da sua aplicação realizaram alguma ação no espaço de 7 dias após visitarem a respetiva Ficha da loja na aplicação Play Store.
  • Compare dados de compradores entre diferentes países ou canais de aquisição para saber que canais ou localizações atraem os utilizadores de maior valor.
  • Compare intervalos de datas para ver a alteração das métricas de aquisição de utilizadores da aplicação ao longo do tempo.
  • Compare quantos instaladores da sua aplicação mantiveram a sua aplicação nos respetivos dispositivos durante 7 dias vs. 30 dias.

Instalações do relatório de aquisições em comparação com as estatísticas de instalação

A página Relatórios de aquisição da aplicação monitoriza a atividade do utilizador que pode ocorrer após o fim do intervalo de datas. Isto significa que as estatísticas de instalação podem ser superiores na página Relatórios de aquisição da aplicação em comparação com a respetiva página Estatísticas para o mesmo intervalo de datas.

Veja um exemplo

Se selecionar um intervalo de datas de 6 de janeiro de 2017 a 12 de janeiro de 2017 e monitorizar os visitantes durante uma semana:

  • Um utilizador que visite a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store a 11 de janeiro e a instale a 15 de janeiro continua a ser incluído nos dados de instalação da página Relatórios de aquisição. Este utilizador é incluído porque visitou a Ficha da loja da sua aplicação dentro do intervalo de datas especificado e a atividade dele foi monitorizada durante a semana seguinte.
Tipos de métricas de utilizadores

Ao ver os dados de aquisição de utilizadores por canal ou país, são apresentadas as seguintes categorias. Tenha em consideração que apenas são apresentadas métricas de compradores se tiver autorização para "Ver relatórios financeiros" e a sua aplicação disponibilizar produtos na aplicação ou subscrições.

  • Visitantes da Ficha da loja: utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store, mas não instalaram a aplicação.
  • Instaladores pela primeira vez: utilizadores únicos que instalaram a sua aplicação "X" dias após visitarem a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store.
  • No Relatório de compradores
    • Compradores: utilizadores únicos que compraram pelo menos um produto na aplicação ou tiveram uma ou mais ocorrências de subscrição "X" dias após visitarem a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store.
    • Compradores recorrentes: utilizadores únicos que compraram pelo menos dois produtos na aplicação ou tiveram duas ou mais ocorrências de subscrição "X" dias após visitarem a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store.
  • No Relatório de instaladores retidos
    • Instaladores retidos: os instaladores que mantiveram a sua aplicação, no mínimo, num dos seus dispositivos durante o número de dias apresentado. A instalação não significa que a aplicação foi aberta durante este período.

      Nota: desde setembro de 2017, é possível que verifique uma diminuição nos dados de instaladores retidos da sua aplicação. Isto deve-se ao facto de termos reduzido o período de tempo ao longo do qual atualizamos os dados de retenção de reinstalações.

Nota: as instalações concluídas via rede sem fios ou a partir da Web em play.google.com estão incluídas no canal de aquisição "Play Store (orgânicos)".

Transfira relatórios mensais

Pode transferir e exportar relatórios mensais que incluam dados relativos a instaladores retidos e compradores na secção Transferir relatórios da sua Play Console.

Veja como aceder aos relatórios mensais a partir da página Relatórios de aquisição da sua aplicação:

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione uma aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Aquisição de utilizadores > Relatórios de aquisição.
  4. Acima do menu pendente "Visitantes de", selecione Transferir.

Veja dados por país ou canal de aquisição

Tipos de canais de aquisição

Ao ver os dados de aquisição de utilizadores por canal, são apresentadas as seguintes categorias:

  • Todos os canais de aquisição: número total de utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store.
  • Play Store (orgânicos): utilizadores únicos que viram a Ficha da loja da sua aplicação ao navegar ou pesquisar na aplicação Play Store.
    • Pesquisar: utilizadores únicos que encontraram a sua aplicação no Google Play a partir dos resultados da pesquisa. Estes utilizadores também são contabilizados na linha Play Store (orgânicos).
    • Explorar: utilizadores únicos que encontraram a sua aplicação no Google Play, mas não a partir dos resultados da pesquisa (por exemplo, ao procurar numa categoria ou em cartões de aplicações semelhantes). Estes utilizadores também são contabilizados na linha Play Store (orgânicos).

  • Instalações sem visita à Ficha da loja: utilizadores únicos que instalaram a sua aplicação sem verem a sua Ficha da loja ou que tinham a aplicação pré-instalada. Inclui algumas instalações diretamente dos resultados da pesquisa, da Play Store na Web e instalações disponíveis fora da Ficha da loja. Exclui transferências. O período de monitorização e os grupos de utilizadores com caraterísticas em comum são definidos pelo evento de instalação em vez da visita.
  • Canais monitorizados (UTM): utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store a partir de um link com etiqueta do UTM.
  • Pesquisa Google (orgânica): utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store a partir da Pesquisa Google.
  • Google Ads: utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store a partir de um anúncio do Google Ads. Os dados entre o Google Ads e a Play Console podem diferir. Para mais informações, aceda a Utilizar diferentes origens de dados abaixo.
  • Referenciadores externos: utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store a partir de um link direto sem etiqueta para a Play Store.

Nota: as impressões via rede sem fios e Web (play.google.com) não são monitorizadas na página Relatórios de aquisição da aplicação.

Dados detalhados

Para ver uma vista detalhada de um canal de aquisição, clique no nome do canal (se disponível).

Meça o desempenho nos vários países

Para ver os dados de aquisição de utilizadores por país:

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione uma aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Aquisição de utilizadores > Relatórios de aquisição.
  4. No menu pendente "Medir por", selecione Países ou Países (Play Store orgânicos).
    • Países: número total de utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação na aplicação Play Store por país.
    • Países (Play Store orgânicos): utilizadores únicos que visitaram a Ficha da loja da sua aplicação ao navegar ou pesquisar na aplicação Play Store por país.

Nota: os dados de aquisição de utilizadores por país estão disponíveis após 1 de fevereiro de 2016.

Veja a receita média por utilizador por país ou canal de aquisição

Se a sua aplicação disponibilizar compras na aplicação ou subscrições e tiver autorizações do tipo "Ver dados financeiros", pode ver a receita média por utilizador (ARPU) da sua aplicação por país ou canal de aquisição. Pode utilizar estes dados para otimizar as suas estratégias de aquisição e compreender a origem dos seus utilizadores mais valiosos.

A receita média por utilizador é calculada com base na receita total gerada por um conjunto de utilizadores através de compras de aplicações pagas, compras na aplicação e subscrições durante os períodos de tempo que selecionar e ao dividi-la pelo número de utilizadores únicos aplicáveis a uma métrica de utilizadores (por exemplo: Visitantes da Ficha da loja).

Nota: quaisquer reembolsos que ocorram durante o período de tempo selecionado são subtraídos ao montante total de receitas.

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione uma aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Aquisição de utilizadores > Relatórios de aquisição.
  4. Selecione o separador Compradores.
  5. Configure os detalhes do seu relatório:
    • Para alternar entre as vistas de país e de canal de aquisição, utilize o menu pendente "Medir por".
    • Para ajustar o período de tempo durante o qual quer monitorizar quanto os utilizadores gastaram depois de verem a Ficha da loja pela primeira vez, utilize o menu pendente "Visitantes de".
  6. Abaixo de cada país ou canal de aquisição, está disponível a receita média por utilizador (ARPU) para cada categoria de utilizadores.

Nota: a receita média por utilizador inclui todos os tipos de receita gerada no Google Play, mas apenas de utilizadores que contribuem para essa métrica. Por exemplo, um utilizador tem de efetuar uma compra de subscrição ou na aplicação para ser incluído em "Compradores". Se uma aplicação for paga, a receita média por utilizador para "Compradores" também inclui o custo da compra da aplicação.

Veja gráficos e compare dados

Para ver os dados de um canal de aquisição sob a forma de um gráfico, selecione uma caixa de verificação junto a um canal. No gráfico, as percentagens apresentadas representam a taxa de conversão de utilizadores de um segmento para o segmento seguinte.

Comparação de pares da taxa de conversão para o tráfego da Play Store

Ao ver os dados de Aquisição ou de Países Play Store (orgânicos), também pode ver dados que mostram o desempenho da taxa de conversão da ficha da loja da sua aplicação em relação aos seus pares. Estas comparações ajudam-no a perceber o seu desempenho em relação a aplicações semelhantes no Google Play.

Quando a comparação de pares da taxa de conversão estiver disponível, verá uma barra vermelha ou verde e a percentagem indicadas nas métricas de desempenho (incluindo "Instaladores" e "Instaladores retidos"). A percentagem indica a taxa de conversão da aplicação em comparação com a média. Expanda a linha para ver os seguintes detalhes:

  • Grupo de pares: utilize o seletor Grupo de pares para escolher um conjunto de aplicações com as quais pode comparar a sua aplicação.
  • Rentabilização: a aplicação é medida em comparação com outras com o mesmo modelo de rentabilização, que podem ser gratuitas, pagas ou aplicações que incluem subscrições ou compras na aplicação.
  • Taxa de conversão: para ver a taxa de conversão da aplicação, procure a seta "A sua aplicação".
  • Percentagem de aplicações: as percentagens mostram a divisão das taxas de conversão para aplicações do grupo de pares selecionado e com o mesmo modelo de rentabilização.
  • Oportunidade: nalguns casos, é apresentado um cartão com recomendações sobre como melhorar a taxa de conversão da sua aplicação.

Nota: as comparações estarão disponíveis quando existirem aplicações suficientes com o grupo de pares especificado correspondente ao modelo de rentabilização da sua aplicação.

Utilize origens de dados diferentes

Devido a diferentes métodos de medição, os dados de aquisição de utilizadores podem variar entre origens (incluindo o Google Ads, o Google Analytics e as origens de monitorização de terceiros).

Por exemplo:

  • Os dados de "Visitantes da Ficha da loja" da Play Console diferem dos cliques do Google Ads, uma vez que os cliques em anúncios nem sempre resultam numa visita à Play Store. Esta situação pode ocorrer se um utilizador clicar num anúncio, mas tocar no botão Anterior antes do carregamento da Play Store. Os cliques em anúncios do mesmo utilizador são contados apenas uma vez na sua Play Console.
  • Os dados de "Instaladores" da Play Console podem diferir dos dados de conversão do Google Ads. Os dados de "Instalações" incluem apenas utilizadores únicos que instalaram a sua aplicação pela primeira vez. As conversões do Google Ads incluem todos os eventos de instalação, incluindo reinstalações e instalações em vários dispositivos.

Transfira relatórios a partir do Google Cloud Storage

Pode aceder a relatórios e transferi-los como ficheiros CSV a partir do Google Cloud Storage. Os relatórios são gerados diariamente e acumulados em ficheiros CSV mensais.

Conteúdo relacionado

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?