Sobre o Planejador de alcance

Se quiser solicitar acesso ao Planejador de alcance para sua conta do Google Ads, use este formulário. Isso não garante que você receberá acesso ao Planejador de alcance. Em caso de aprovação, enviaremos um e-mail quando você já puder usar a ferramenta.

É uma ferramenta do Google Ads que permite planejar com precisão campanhas de vídeo que são baseadas em alcance e exibidas no YouTube e em sites e apps parceiros de vídeo.

Os dados do Planejador de alcance têm como base a metodologia Unique Reach do Google, validada por terceiros e consistente com o alcance real e os lances informados. O Planejador de alcance é atualizado semanalmente para usar as informações mais recentes disponíveis.

Observação: ele mostra estimativas de alcance e frequência, mas não garante desempenho. Os resultados da campanha dependem de outros fatores, como a qualidade e a Relevância do anúncio, além das configurações da campanha.

Antes de começar

Você pode usar o Planejador de alcance para:

  • elaborar o alcance, a frequência e os gastos dos seus anúncios no YouTube e nos sites parceiros de vídeo do Google;
  • criar e comparar a eficiência de diferentes combinações de tipos de campanha (por exemplo, TrueView discovery e TrueView in-stream);
  • ver insights detalhados sobre alcance, grupos demográficos e dispositivos do plano de mídia selecionado.

Além disso, a nova versão do Planejador de alcance inclui estes recursos atualizados:

  • Alterações em itens de linha individuais no seu plano de mídia: clique no ícone de lápis Ícone de lápis / ícone de edição ao lado de um item de linha no Planejador de alcance para ajustar rapidamente o orçamento, o local, a segmentação, o limite de frequência, as redes e muito mais do item em questão.
  • Recomendações de formato de anúncio: é possível permitir que o Planejador de alcance escolha formatos de anúncio e alocações de orçamento para você. Ao usar um plano recomendado em vez de um que você cria, é possível deixar que o Planejador de alcance estime a melhor combinação de formatos para atingir sua meta de marketing. Saiba mais sobre os planos recomendados no novo Planejador de alcance.
  • Uma reformulação completa da interface: a nova versão traz visualizações melhores do desempenho estimado do seu plano de mídia.

Como funciona

O Planejador de alcance foi desenvolvido para planejadores de mídia que projetam futuras campanhas de marca ou vídeo, além de planejadores de estratégias que pretendem incorporar vídeos digitais nos planos de mídia.

O Planejador de alcance fornece uma previsão de desempenho do seu plano de mídia, considerando o público-alvo, o orçamento e outras configurações desejadas, como localização geográfica e formatos de anúncio ("mix de produtos"). As previsões são baseadas em tendências no mercado de publicidade e no desempenho histórico de campanhas semelhantes exibidas no passado. 

Para capturar tendências atuais, as previsões usam como base os dados mais recentes disponíveis de um período com a mesma duração da sua campanha (máximo de 90 dias). Por exemplo, se a campanha estiver definida para ser executada por 14 dias, a previsão será calculada considerando os 14 dias anteriores a partir de hoje. As previsões não consideram explicitamente os próximos feriados e épocas do ano.

Personalize seu público-alvo ideal para planejar com precisão o alcance, a frequência e os gastos dos anúncios usando as seguintes métricas:

  • Alcance no público-alvo: o número de pessoas que atendem à idade, região geográfica e sexo definidos pela sua campanha (público-alvo) que o plano deve alcançar.
  • Alcance percentual no público-alvo: a porcentagem do público-alvo definido na campanha que o plano deve alcançar.
  • Frequência média: o número médio de vezes que alguém deve visualizar seu anúncio durante o período da campanha.
  • CPM total: o custo por mil impressões (CPM) de acordo com o alcance total do plano, não apenas do grupo demográfico segmentado (alcance no público-alvo).
  • CPM no público-alvo: o custo por mil impressões (CPM) do seu público-alvo (alcance no público-alvo).
  • Ponto de audiência no público-alvo (TRP): também conhecido como pontos de audiência bruta (GRP) no público-alvo. Para calcular esse valor, a porcentagem de alcance no público-alvo é multiplicada pela frequência média. Por exemplo, se o plano de mídia alcançar 10% do seu público-alvo com uma frequência de 1, você terá 10 TRPs. Esse valor é calculado de forma diferente dos GRPs porque se baseia nas pessoas do seu público-alvo, não em todos que estão na localização geográfica.
  • Custo por ponto de audiência no público-alvo (CPP): o valor gasto para conseguir um único TRP na campanha. Para calcular esse valor, o custo total é dividido pelo TRP.
  • População do censo: o número total de pessoas no local e nos grupos demográficos segmentados, com base em informações do censo.
  • População digital: o número total de pessoas no local e nos grupos demográficos segmentados que indicam ter usado a Internet nos últimos 30 dias.
  • População que assiste à TV: o número total de pessoas no local e nos grupos demográficos segmentados que indicam ter assistido a programas de TV nos últimos 30 dias.
  • População do YouTube: o número total de pessoas no seu público-alvo que podem ser alcançadas por anúncios no YouTube e no Google parceiros de vídeo durante um período médio de 28 dias.

Disponibilidade

Reach Planner is available in the following countries:

  • Americas: Argentina, Brazil, Canada, Chile, Colombia, Costa Rica, Ecuador, Mexico, Panama, Peru, Puerto Rico, United States, Venezuela
  • Europe, Middle East, and Africa: Austria, Bahrain, Belgium, Bulgaria, Croatia, Czech Republic, Denmark, Egypt, Germany, Greece, Finland, France, Hungary, Israel, Ireland, Italy, Kenya, Kuwait, Latvia, Lebanon, Lithuania, Morocco, Netherlands, Nigeria, Norway, Oman, Poland, Portugal, Qatar, Romania, Russia, Saudi Arabia, Serbia, Slovakia, Slovenia, Spain, South Africa, Sweden, Switzerland, Turkey, Ukraine, United Arab Emirates, United Kingdom
  • Asia-Pacific: Australia, Hong Kong, India, Indonesia, Japan, Malaysia, New Zealand, Pakistan, Philippines, Singapore, South Korea, Taiwan, Thailand, Vietnam
Note: Depending on your country, TV and YouTube population data may not be available in your media plan forecast.

Previsões

A previsão do seu plano de mídia considera o público-alvo, as configurações de anúncios, os formatos de anúncio, o orçamento e os modelos de precificação para calcular o desempenho futuro. Ao usar o Planejador de alcance para ver previsões do plano de mídia, será exibida na tabela uma visão geral do desempenho esperado quando você passar o cursor sobre a curva de alcance, além de estimativas mais detalhadas.

  • Segmentação por público-alvo e conteúdo: você pode especificar o grupo de pessoas que verá seu anúncio. Adicionar várias camadas de públicos-alvo ao plano de mídia ou a um item de linha pode limitar o alcance. É possível definir o público-alvo pelo seguinte:
    • Local (país e moeda)
    • Idade e sexo
    • Afinidade
    • Afinidade personalizada
    • Intenção personalizada
    • Segmentos no mercado
    • Padrões de consumo
    • Eventos importantes
    • Status parental ("Com filhos" ou "Sem filhos")
  • Configurações de anúncios: personalize por quanto tempo seus anúncios serão exibidos, o limite de frequência e os dispositivos e redes em que eles aparecerão.
    • Período: você pode escolher um período de 1 a 90 dias.
    • Limite de frequência: escolha quantas vezes um usuário verá seu anúncio por item de linha, dia, semana, mês ou sem limite.
    • Tipo de dispositivo: computadores, tablets, smartphones e dispositivos de smart TV.
    • Redes: YouTube e Google parceiros de vídeo ou apenas o YouTube.
  • Formatos de anúncio e orçamento: escolha entre diversos formatos e defina o orçamento de cada um deles para alcançar melhor seu público-alvo. Estes são os formatos compatíveis:
    • Masthead
      • Masthead do CPM
    • Anúncios em vídeo
      • Anúncios bumper
      • In-stream não puláveis
      • Out-stream
    • TrueView
      • TrueView discovery
      • TrueView para alcance
      • TrueView in-stream
    • YouTube Select
      • Anúncio em vídeo de 15 ou 20 s.
      • Anúncios bumper
  • Preços: você pode editar seus preços a qualquer momento no Planejador de alcance para gerar novas previsões e considerar CPMs e CPVs específicos dos clientes.
  • Exclusões de conteúdo no nível da conta: você pode definir exclusões de conteúdo aplicáveis a todas as campanhas de vídeo na sua conta do Google Ads. Elas refletem nas suas previsões e incluem tipos de inventário e de conteúdo, classificações de conteúdo digital, exclusões de canais e listas de exclusão de canais.
Os formatos de anúncio do YouTube Select estão disponíveis apenas para reserva. Para saber como usá-los, entre em contato com o representante da sua Conta do Google.

Práticas recomendadas

Faixas etárias do público-alvo

O Planejador de alcance não permite segmentar menores ou a faixa etária de 13 a 17 anos. A segmentação mínima por faixa etária é de 18 anos. Para entender o alcance geral da sua campanha sem usar a segmentação por idade, selecione "Todas as pessoas" nas configurações do plano de mídia.

Curva de alcance

O ponto mais alto da curva geralmente é chamado de ponto de alcance máximo, mostrando o número máximo de pessoas que podem ser alcançadas na sua campanha, de acordo com as configurações do plano de mídia. Ele não representa o alcance máximo de um determinado público-alvo no YouTube.

O ponto de alcance máximo não deve ser confundido com o alcance editorial (o número total de pessoas que visualizam o conteúdo do YouTube), que é uma métrica geralmente usada por outras soluções do setor. O alcance editorial é ainda maior do que o alcance comercial ou total monetizável, e pode exceder consideravelmente o alcance máximo de uma única campanha.

Ferramentas de planejamento de terceiros

O Google tem o compromisso de ajudar a melhorar a precisão dos dados de ferramentas independentes do setor e está trabalhando com elas para permitir um planejamento mais holístico e preciso do YouTube. Se você usa outras ferramentas de planejamento, poderá notar uma discrepância entre os dados delas e os do Planejador de alcance. Isso pode acontecer porque a metodologia do Planejador de alcance é diferente da empregada por outras ferramentas. Muitas ferramentas do setor se planejam para o alcance editorial (geralmente incluindo inventário que não gera receita), enquanto o Planejador de alcance projeta o alcance comercial (que é resultado da exibição dos anúncios). Os resultados geralmente são semelhantes.

Frequência média e limite de frequência

As pessoas poderão notar que a frequência média da campanha é maior do que o limite de frequência definido. No momento, o YouTube aceita limites desse tipo em cookies. Por exemplo, cada cookie pode ser limitado a três impressões para contabilizar pessoas que usam o YouTube em vários dispositivos. O modelo considera a exposição em aparelhos diferentes e pode, às vezes, ser responsável por mais de três impressões por usuário. O Planejador de alcance também aplica um limite de frequência a cada item de linha do plano, fazendo com que o alcance geral da campanha possa ser maior do que o limite de frequência.

Frequência efetiva

Alguns anunciantes consideram um número mínimo de exposições do anúncio ao público-alvo para que sua campanha seja a melhor possível. O volume mínimo de exposições ou impressões é chamado de "frequência mínima efetiva". Outra forma de ver quantas pessoas são alcançadas com essa frequência mínima é ajustar o menu suspenso "Alcance no público-alvo: 1+" no Planejador de alcance. O valor que você escolher (de "1+" a "10+") indica quantas pessoas viram o anúncio esse número de vezes.

Ausência de porcentagem de alcance ou população total de um plano

A população total e a porcentagem de alcance (% de alcance) por extensão serão removidas se houver camadas de segmentação não demográfica, como status parental, afinidades e segmentos no mercado.

A porcentagem de alcance é expressa como uma função de um público-alvo sobre uma população demográfica. Quando você inclui segmentação adicional, o Google Ads não consegue mais corresponder seu alcance a um denominador amplamente aceito. Não há consenso sobre o número dos chamados "compradores de produtos de luxo", e o número de pessoas em busca de eletrodomésticos no mercado varia constantemente. Por isso, o Google Ads destaca seu alcance absoluto em vez da porcentagem de alcance dessa população.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.