Preparar-se para a descontinuação da posição média

26 de fevereiro de 2019

Sabemos que é importante conhecer a proeminência com que os seus anúncios são apresentados na página de resultados da pesquisa. Neste sentido, em novembro lançámos as métricas "% de impr. no topo absoluto da página" e "% de impr. no topo da página", que indicam a percentagem de anúncios apresentados no topo e no topo absoluto da página. Comparativamente à posição média, as novas métricas proporcionam uma visão muito mais clara da proeminência na página. 

Métricas de posição do anúncio

Para complementar estas métricas, também lançámos a "quota de impressão no topo absoluto da página de pesquisa" e a "QI no topo da página da Rede de Pesquisa". Se pretende otimizar a posição dos anúncios, estas são as melhores métricas ao seu dispor. Se o seu objetivo for apresentar os seus anúncios numa posição proeminente dos resultados da pesquisa, pode utilizar a estratégia de Lances inteligentes "quota de impressão alvo".

Hanapin Marketing "A quota de impressão no topo e no topo absoluto da página estão a proporcionar aos meus clientes uma ideia mais clara do local onde os respetivos anúncios são apresentados na página de resultados da pesquisa. Ao concentrarmo-nos nestas novas métricas, conseguimos licitar mais eficazmente para alcançar a primeira posição de anúncio, quando pretendido."
- Kelsey Hadaller, Senior Account Manager, Hanapin Marketing

Com a disponibilidade destas novas métricas que permitem compreender a proeminência dos anúncios, estamos a planear descontinuar a posição média em setembro deste ano. Se utiliza atualmente a posição média, recomendamos que comece a utilizar as novas métricas ao medir e otimizar o desempenho em função da proeminência.

Publicado por Pallavi Naresh, Product Manager, Google Ads

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?