Lançamento da nova categoria de dispositivo "Telas de TV" para alcançar usuários do YouTube em smart TVs

16 de outubro de 2018

Em média, os usuários assistem a mais de 180 milhões de horas de YouTube nas TVs todos os dias.1 Sabemos que os profissionais de marketing querem essa mudança no comportamento de visualização. Por isso, nos esforçamos para criar uma experiência satisfatória no YouTube para conversores, consoles de jogos, dispositivos de streaming, como Chromecasts, e smart TVs de todos os tipos.

Hoje, lançamos o tipo de dispositivo "Telas de TV" para encontrar mais facilmente usuários valiosos e interessados enquanto eles assistem ao YouTube no dispositivo criado especificamente ver vídeos: a TV. Esse recurso une computadores, smartphones e tablets no Google Ads (antigo Google AdWords) e no Display & Video 360 (antigo DBM), ou seja, você pode personalizar suas campanhas para smart TVs, por exemplo, usando um criativo diferente ou definindo um ajuste de lance por dispositivo específico. Também é possível ver relatórios de anúncios exibidos nas TVs para ajudar a determinar o impacto deles no plano geral.

Tipo de dispositivo: telas de TV

Já vimos que as pessoas reagem positivamente aos anúncios nas TVs. Com base no Ipsos Lab Experiments, os anúncios do YouTube exibidos na TV aumentaram bastante o recall e a intenção de compra, com um crescimento médio de 47% e 35%, respectivamente.2 Clientes como a Pixability aprovaram o recurso:

"Os consumidores estão cancelando as assinaturas de TV a cabo, e essa é uma tremenda oportunidade para os anunciantes alcançarem os públicos-alvo nas TVs com vídeos digitais. Com o lançamento da avaliação e da segmentação por dispositivo "Telas de TV" no YouTube, nossos clientes entendem melhor como os usuários assistem TV. Dessa forma, fica mais fácil se conectar com essas pessoas enquanto elas veem o conteúdo." – David George, CEO da Pixability

Comece hoje mesmo a alcançar usuários em dispositivos que transmitem conteúdo de TV, como smart TVs, consoles de jogos e dispositivos de streaming, como o Chromecast. Saiba mais sobre como fazer isso.

 

1Dados internos globais do Google, junho de 2018. Com base na média de 7 dias para o horário de exibição na TV.
2Google/Ipsos Lab Experiment, EUA, março de 2018 (32 anúncios, 800 residentes nos EUA, de 18 a 64 anos)

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.