Alterações à etiqueta de remarketing do Google Ads

Para simplificar a sua experiência de utilização do código do Website nos produtos Google, efetuámos algumas alterações à etiqueta do Google Ads. Se configurou a etiqueta do Google Ads para remarketing padrão ou Remarketing Dinâmico na nova experiência do Google Ads, irá ver uma etiqueta global do site, que deve estar implementada em todo o site, além de um fragmento do evento opcional. O fragmento do evento funciona em uníssono com a etiqueta global do site para medir a atividade significativa dos utilizadores no seu Website, como visualizar um produto ou serviço, iniciar um pagamento ou concluir uma compra online. Estes fragmentos substituem a etiqueta de remarketing anterior, que vai continuar a funcionar.

Este artigo explica porque deve utilizar a etiqueta global do site com o fragmento do evento opcional e como a implementar corretamente.

Nota: se estiver a utilizar o Gestor de Etiquetas do Google para gerir a sua etiqueta global do site, também pode implementar o remarketing com o modelo de etiquetas de remarketing do Google Ads, disponível no Gestor de Etiquetas do Google. Se já tiver o código de contentor do Gestor de Etiquetas do Google no seu Website, não é recomendável implementar a etiqueta global do site.

Antes de começar

Tenha em atenção que:

  • Atualmente, a etiqueta global do site está disponível apenas para conversões no Website e remarketing na nova experiência do Google Ads.
  • Para garantir o funcionamento do remarketing padrão (configuração da etiqueta do Google Ads para "Recolher dados padrão disponíveis a partir desta origem de dados"), tem de ter uma etiqueta global do site em todas as páginas do Website.
  • Para garantir o funcionamento do Remarketing Dinâmico (configuração da etiqueta do Google Ads para "Recolher atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios"), tem de ter uma etiqueta global do site em todas as páginas do Website e um fragmento do evento para cada evento de remarketing relevante para o seu tipo de negócio. (Tenha em atenção que não é necessário etiquetar quaisquer páginas não comerciais do seu site). Tem de integrar o fragmento do evento com o código-fonte do Website para que seja acionado em resposta a uma ação do utilizador específica, como visualizar um produto ou efetuar uma compra. Saiba mais acerca do acompanhamento de eventos de remarketing para o seu tipo de negócio.
  • Tem de fornecer aos utilizadores informações claras e completas sobre a recolha de dados e obter a respetiva autorização quando tal é obrigatório por lei. Pode desativar a recolha de dados de remarketing para os utilizadores que não pretendem ver anúncios personalizados. Saiba como modificar a etiqueta global do site para desativar a recolha de dados de remarketing para utilizadores específicos.
Se a sua configuração utiliza o JavaScript da versão anterior da etiqueta do Google Ads, vai continuar a funcionar. Se a configuração utiliza a etiqueta que não é de JavaScript (etiqueta de imagem), recomendamos que a substitua pela nova etiqueta para usufruir de toda a funcionalidade. 

Como funciona a nova etiqueta do Google Ads

A nova etiqueta do Google Ads consiste numa etiqueta global do site e num fragmento do evento opcional que funcionam em uníssono para medir os eventos de remarketing. O fragmento do evento indica à etiqueta global do site quando enviar dados do evento de remarketing mais detalhados. Irá ver os fragmentos do código para a etiqueta global do site e para o fragmento do evento opcional quando configurar a origem de dados da etiqueta do Google Ads.

Etiqueta global do site

O fragmento da etiqueta do site global deve ser colocado em todas as páginas do seu Website, na secção <head> das páginas HTML. Só precisa de um fragmento da etiqueta global do site em todo o seu Website. Se instalou a etiqueta global do site a partir de uma ação de conversão ou evento de remarketing criado anteriormente na mesma conta do Google Ads, não deve adicionar novamente o fragmento global. Também pode ter um fragmento da etiqueta global do site obtido de uma conta do Google Analytics ou de outra conta do Google Ads. Nesse caso, siga as instruções sobre como adaptar uma etiqueta global do site existente para a sua conta do Google Ads.

Segue-se um exemplo da etiqueta global do site:

<!-- Etiqueta global do site (gtag.js) - Google Ads: 123456789 -->
  <script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=AW-123456789"></script>
  <script>
    window.dataLayer = window.dataLayer || [];
    function gtag(){dataLayer.push(arguments);}
    gtag('js', new Date());

    gtag('config', 'AW-123456789');
  </script>

O fragmento do código acima é apenas um exemplo e não funcionará no seu Website. Depois de etiquetar o seu site para remarketing, poderá ver e copiar a etiqueta global do site para a sua conta.

A etiqueta global do site é utilizada não apenas pelo Google Ads como por outros produtos Google, designadamente o Google Analytics. Se utilizar esses produtos, a etiqueta global do site facilita a implementação no Website ao proporcionar uma experiência de etiquetagem unificada.

Desativar a recolha de dados de remarketing

Pode utilizar o novo parâmetro allow_ad_personalization_signals para desativar a recolha de dados de remarketing para os utilizadores que não pretendem ver anúncios personalizados. Este parâmetro não desativa o acompanhamento de conversões.
Pode definir o parâmetro allow_ad_personalization_signals uma vez e aplicá-lo a todos os produtos configurados através da etiqueta global do site. O valor predefinido do parâmetro é verdadeiro. Se definir o valor do parâmetro como falso, desativa a utilização de dados para anúncios personalizados. Para assegurar que o valor do parâmetro está disponível numa dada conta do Google Ads, deve adicioná-lo através do comando gtag('set').
Segue-se um exemplo de como modificar a etiqueta global do site para desativar sinais de personalização de anúncios.

<!-- Etiqueta global do site (gtag.js) - Google Ads -->
<!--Pedido do contentor -->
<script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=AW-999999"></script>
<script>
  window.dataLayer = window.dataLayer || [];
  function gtag(){dataLayer.push(arguments)};
  gtag('set', 'allow_ad_personalization_signals', false);
  gtag('js', new Date());

  gtag('config', 'AW-999999');
</script>

Nota

Caso utilize a etiqueta antiga do AdWords, pode adicionar o código var google_allow_ad_personalization_signals = "false"; onde define os outros parâmetros da etiqueta do AdWords. Veja mais detalhes no exemplo abaixo.
<!-- Código Google para a página de conversão de compra -->
<script type="text/javascript"> 
/* <![CDATA[ */
    var google_conversion_id = 1234567890;
    var google_conversion_label = "xxx-XXx1xXXX123X1xX";
    var google_remarketing_only = "false"
    var google_conversion_value = 10.0;
    var google_conversion_currency = "USD";
    var google_allow_ad_personalization_signals = "false"; 
    /* ]]> */ 
</script>
<script type="text/javascript" src="//www.googleadservices.com/pagead/conversion.js">
</script>

Fragmento do evento

O fragmento do evento é utilizado para medir atividades do utilizador, como iniciar sessão numa conta ou procurar um produto ou serviço. As informações sobre estas atividades são medidas no fragmento do evento com parâmetros do evento. Instale o fragmento do evento em todas as páginas do site que meçam eventos de remarketing específicos. Pode colocá-lo em qualquer local no código, após o fragmento global da etiqueta. Recomendamos que o coloque na secção <head> para obter a maior precisão na medição.

Segue-se um exemplo de um fragmento do evento:

<!-- Fragmento do evento para página de Remarketing Dinâmico de exemplo -->
<script>
gtag('event', 'add_to_cart', {
    'value': 345.89, 
   items': [{
      'origin': 'NYC'
      'destination': 'PAR',
      'google_business_vertical': 'flights'
    },
    {
      'origin': 'PAR'
      'destination': 'LON',
      'google_business_vertical': 'flights'
    }, 
    {
      'id': '123456',
      'location_id': 'LON',
       'google_business_vertical': 'hotels'
    }]
});
</script>

O fragmento do código acima é apenas um exemplo e não funcionará no seu Website. Quando configurar o remarketing para o Website, pode ver e copiar o fragmento do evento para a conta.

Como adaptar uma etiqueta global do site existente à sua conta do Google Ads

Se já tiver uma etiqueta global do site em todas as páginas do Website, pode configurá-la para enviar dados para várias contas do Google Ads ou do Google Analytics. Vejamos o exemplo de uma etiqueta global do site de uma conta do Google Analytics. A etiqueta do site global teria o seguinte aspeto:

 <!-- Etiqueta global do site (gtag.js) - Google Analytics -->
  <script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=GA_TRACKING_ID"></script>

  <script>
    window.dataLayer = window.dataLayer || [];
    function gtag(){dataLayer.push(arguments);}
    gtag('js', new Date());

    gtag('config', 'GA_TRACKING_ID');
  </script>

Para acrescentar suporte à sua conta do Google Ads, basta adicionar a linha realçada à etiqueta global do site ao substituir "AW-123456789" pelo ID exclusivo que lhe é fornecido quando obtém as etiquetas de remarketing

 <!-- Etiqueta global do site (gtag.js) - Google Analytics -->
  <script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=GA_TRACKING_ID"></script>

  <script>
    window.dataLayer = window.dataLayer || [];
    function gtag(){dataLayer.push(arguments);}
    gtag('js', new Date());

    gtag('config', 'GA_TRACKING_ID');
    gtag('config', 'AW-123456789');
  </script>


Uma vez efetuada esta alteração, não tem de adicionar ao Website o fragmento da etiqueta global do site obtido da conta do Google Ads. Se estiver a utilizar o Remarketing Dinâmico ou parâmetros do evento, basta adicionar o fragmento do evento na página do site onde ocorre o evento. Note que pode reutilizar o mesmo fragmento global em várias contas do Google Ads ou do Google Analytics. Para cada conta adicional do Google Ads ou do Google Analytics que pretende que a etiqueta suporte, adicione um novo comando "config" que contenha o ID da conta (conforme demonstrado no código de exemplo acima, que apresenta comandos "config" individuais para o Google Analytics e para o Google Ads).

Como utilizar as novas etiquetas de remarketing

Siga os passos para configurar o remarketing para o Website na nova experiência do Google Ads.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?