Acerca dos Lances inteligentes

Os Lances inteligentes são um subconjunto de estratégias de lance automático que utiliza aprendizagem automática para otimizar em função das conversões ou do valor de conversão em cada um dos leilões — uma funcionalidade conhecida como "lances no momento do leilão". CPA alvo, ROAS alvo, Maximizar as conversões, Maximizar o valor de conversão e CPC otimizado (CPCO) são estratégias de Lances inteligentes.

Este artigo explica o que é a funcionalidade Lances inteligentes e como pode utilizá-la para poupar tempo e melhorar o retorno do investimento.

Antes de começar

Se utiliza os lances automáticos no Google Ads há pouco tempo, leia primeiro o artigo Acerca dos lances automáticos.

Para utilizar a funcionalidade Lances inteligentes, tem de ter o acompanhamento de conversões ativado, a menos que esteja a utilizar o CPCO com campanhas da Rede de Display. Saiba como configurar o acompanhamento de conversões.

Motivos para utilizar a funcionalidade Lances inteligentes

Com a funcionalidade Lances inteligentes, tem 4 vantagens principais que ajudam a poupar tempo e a melhorar o desempenho.

Aprendizagem automática avançada

Na licitação, os algoritmos de aprendizagem automática praticam com dados em grande escala para ajudar a efetuar previsões mais exatas na sua conta acerca de como diferentes valores de lance podem afetar as conversões ou o valor de conversão. Estes algoritmos têm em conta uma gama mais vasta de parâmetros com impacto no desempenho do que uma única pessoa ou uma equipa poderia calcular.

Vasta gama de sinais de contexto

Com os lances no momento do leilão, pode ter em conta uma vasta gama de sinais nas suas otimizações de lances. Os sinais são atributos identificáveis acerca de uma pessoa ou do respetivo contexto no momento de um determinado leilão. Incluem atributos como dispositivo e localização, os quais estão disponíveis como ajustes de lance manuais, bem como sinais adicionais e combinações de sinais exclusivas da funcionalidade Lances inteligentes. Veja uma lista de vários destes importantes sinais abaixo.

Sinais de lances automáticos
Dispositivo

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances das estratégias CPA alvo ou ROAS alvo com base no facto de uma pessoa estar a utilizar um telemóvel, um computador ou um tablet.

Exemplo: para um concessionário de automóveis, os lances podem ser ajustados se uma pessoa estiver a pesquisar num dispositivo móvel e, consequentemente, tiver maior probabilidade de efetuar uma marcação numa localização próxima.

Localização física

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base na localização específica (até ao nível da cidade) de uma pessoa, mesmo que a segmentação por localização implementada pelo anunciante não seja tão específica.

Exemplo: no caso de um banco, mesmo que a segmentação por localização do anunciante esteja definida como o distrito de Braga, os lances podem ser ajustados se uma pessoa pesquisar "nova conta à ordem" a partir de uma cidade com maior número de agências onde a probabilidade de essa pessoa abrir uma conta for maior.

Intenção de localização

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base na intenção de localização de uma pessoa, além da respetiva localização física.

Exemplo: no caso de uma agência de viagens, os lances podem ser ajustados se uma pessoa estiver a pesquisar ativamente um destino de férias oferecido pela agência (por exemplo, "férias paris agosto"), mesmo que não esteja fisicamente perto do destino.

Dia da semana e hora do dia

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base na hora do dia e no dia da semana do fuso horário de uma pessoa.

Exemplo: no caso de um restaurante, os lances podem ser ajustados se uma pessoa efetuar a pesquisa às 20:00 de uma quinta-feira, que é o período em que são feitas mais reservas para o fim de semana, em comparação com 8:00 de segunda-feira.

Lista de remarketing

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances da Rede de Pesquisa e da Rede de Display com base na lista de remarketing a que uma pessoa pertence e também pode ter em conta há quanto tempo um utilizador foi adicionado a essa lista. A Rede de Pesquisa também considera cada lista em que um utilizador está, para uma determinada campanha ou grupo de anúncios.

Exemplo: no caso de um retalhista de vestuário online, os lances podem ser ajustados se uma pessoa já tiver procurado um produto durante uma visita anterior ao site e caso o tenha adicionado ao carrinho de compras na semana anterior. É mais provável que pretenda comprar em breve se tiver adicionado o produto ao carrinho na semana anterior do que se o tiver feito no mês anterior.

Caraterísticas do anúncio

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base na versão de um anúncio que vai ser mostrada, incluindo o facto de ser para uma aplicação para dispositivos móveis.

Exemplo: no caso de uma empresa de telecomunicações, os lances podem ser ajustados se o anúncio mostrado for o criativo "Últimas ofertas especiais" ou o criativo "Planos flexíveis", ou se apontar para o site ou para a aplicação para dispositivos móveis, com base na variação que tem maior probabilidade de conversão. Para campanhas da Rede de Display, os lances têm em conta os tamanhos e formatos de anúncio com maior probabilidade de conversão.

Idioma da interface

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base nas preferências de idioma de uma pessoa.

Exemplo: no caso de um site de aprendizagem do idioma espanhol, os lances podem ser ajustados para a consulta "aprender um novo idioma", se a preferência de idioma da pessoa estiver definida como português em vez de espanhol, caso em que é menos provável que pretenda comprar um novo tutorial.

Navegador

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base no navegador utilizado por uma pessoa.

Exemplo: no caso de uma empresa de alimentos saudáveis, os lances podem ser ajustados se uma pessoa pesquisar no Chrome, que resultou numa maior probabilidade de conversão para essa empresa no passado, em comparação com outros navegadores.

Sistema operativo

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base no sistema operativo utilizado por uma pessoa.

Exemplo: no caso de um programador de aplicações de jogos, os lances podem ser ajustados se uma pessoa pesquisar "jogo de puzzle" no Google Play a partir de um dispositivo Android que tenha sido atualizado para a versão mais recente do sistema operativo, o que é mais provável que resulte numa instalação da aplicação, em comparação com uma versão mais antiga do SO.

Dados demográficos (Redes de Pesquisa e Display)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base nos dados demográficos, incluindo a idade e o sexo, assim como públicos-alvo com afinidades e no mercado.

Exemplo: no caso de um retalhista de brinquedos, os lances podem ser ajustados se uma pessoa for identificada como alguém que provavelmente tem filhos e tiver maior probabilidade de conversão com um anúncio que promova uma nova linha de brinquedos educativos.

Consulta de pesquisa real (Redes de Pesquisa e Shopping)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base no texto da consulta que acionou o anúncio e não apenas na palavra-chave correspondente.

Exemplo: no caso de uma sapataria, os lances podem ser ajustados se a consulta de pesquisa de uma pessoa for "botas de couro", uma vez que tem maior probabilidade de comprar um par novo do que uma pesquisa "arranjo de botas", mesmo que ambas as consultas correspondam de forma ampla à palavra-chave "botas".

Parceiro da Rede de Pesquisa (apenas na Rede de Pesquisa)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base no site do parceiro de pesquisa em que o anúncio é apresentado.

Exemplo: no caso de uma marca de bens de grande consumo, os lances podem ser ajustados se uma consulta tiver origem numa pesquisa mais relevante num site de comércio eletrónico, que tem uma probabilidade de conversão mais elevada em comparação com um site de notícias.

Posicionamento na Web (apenas na Rede de Display)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base no posicionamento no site em que o anúncio é apresentado.

Exemplo: no caso de uma marca de bens de grande consumo, os lances podem ser ajustados se o anúncio aparecer num site popular com grande volume de tráfego, o que tem maior probabilidade de conversão.

Comportamento no site (apenas na Rede de Display)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base na atividade de uma pessoa no site, incluindo o número de páginas visualizadas, o valor dos produtos visualizados, se progrediu muito no processo de conversão e outros sites visitados anteriormente.

Exemplo: no caso de uma marca de mobiliário, os lances podem ser ajustados se uma pessoa tiver visto vários sofás, que são artigos mais caros do que candeeiros.

Atributos do produto (apenas no Shopping)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base em atributos semelhantes em todos os produtos, como o preço, o estado, a marca e a categoria do produto.

Exemplo: no caso de um retalhista de equipamento para atividades ao ar livre, os lances podem ser ajustados se adicionar uma nova tenda aos dados do produto que seja semelhante a outras tendas com grande probabilidade de conversão.

Classificações de aplicações para dispositivos móveis (em breve)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base na qualidade e quantidade dos comentários de uma aplicação.

Exemplo: no caso de uma marca de fitness, os lances podem ser ajustados se uma aplicação tiver muitos comentários excelentes e maior probabilidade de resultar numa instalação.

Competitividade de preços (em breve para o Shopping)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base na comparação dos preços dos produtos com outros anunciantes que participam nos mesmos leilões.

Exemplo: no caso de um retalhista de utensílios de cozinha, os lances podem ser ajustados se tiver uma oferta especial num conjunto de facas, em comparação com outros anunciantes.

Periodicidade (em breve para o Shopping)

Descrição: o Google Ads pode otimizar os lances com base em tendências de desempenho sazonal durante diferentes épocas do ano.

Exemplo: no caso de um retalhista de produtos eletrónicos, os lances podem ser ajustados se uma pessoa estiver a pesquisar uma televisão nova durante a época festiva, que normalmente tem uma maior probabilidade de conversão.

Controlos de desempenho flexíveis

A funcionalidade Lances inteligentes permite definir alvos de desempenho e personalizar definições para os seus objetivos de negócio únicos:

  • Otimize os lances de pesquisa para o modelo de atribuição selecionado, incluindo a atribuição com orientação por dados.
  • Defina objetivos de desempenho específicos de dispositivo para telemóveis, computadores e tablets com o lance de CPA alvo (em breve).

Relatórios de desempenho claros

A funcionalidade Lances inteligentes oferece ferramentas de relatórios que proporcionam mais informações sobre o desempenho da licitação e ajudam a resolver rapidamente qualquer problema. Incluem:

  • Relatórios das estratégia de lances que ajudam a compreender o desempenho das suas estratégias de Lances inteligentes. 
    Nota: para localizar o relatório da estratégia de lance, aceda a Procure os relatórios da estratégia de lance ou aceda aos mesmos a partir do menu pendente "Estratégia de lance" na vista principal de Campanhas ou na Biblioteca partilhada. 
  • Estados detalhados das estratégias de lance que mostram o funcionamento da sua licitação.
  • Rascunhos e experiências com campanhas da Rede de Pesquisa e da Rede de Display que facilitam a tarefa de testar o desempenho da funcionalidade Lances inteligentes em relação ao método de licitação atual.
  • Simuladores que preveem o número de conversões que os anúncios poderiam ter recebido se tivesse definido valores de CPA alvo diferentes.
  • Alertas e notificações que sinalizam problemas no acompanhamento de conversões e fornecem passos claros para corrigi-los.
  • Relatórios de desempenho completos que ajudam a associar facilmente alterações de desempenho a atualizações de estado ou de alvos da estratégia de lance. 

A quem se destina

A funcionalidade Lances inteligentes é adequada para empresas grandes e pequenas. Os Lances inteligentes podem efetuar a otimização com base em dados de todas as suas campanhas e, deste modo, mesmo novas campanhas sem dados poderão ter um melhor desempenho. Para avaliar os resultados com precisão, recomendamos medir o desempenho por períodos de tempo mais prolongados que tenham pelo menos 30 conversões, como um mês ou mais (50 conversões por ROAS alvo). As palavras-chave relevantes podem ser adicionadas a campanhas de pouco tráfego para expandir a segmentação e aumentar as conversões. 

Os anunciantes que utilizam os Lances inteligentes têm de agir em conformidade com os requisitos legais e as políticas de anúncios Google aplicáveis. Por exemplo, o anunciante é responsável por garantir que a sua utilização dos Lances inteligentes está em conformidade com as Políticas de Publicidade Personalizada da Google. É importante que se familiarize com os sinais contextuais que são utilizados nos Lances inteligentes para que possa determinar se os Lances inteligentes são adequados para a sua empresa.

Atribuição de conversões de anúncios de vídeo para os Lances inteligentes

Para os anúncios de vídeo que utilizam os Lances inteligentes, o Google Ads utiliza dados de conversão das suas campanhas para prever a probabilidade de uma interação com o seu anúncio de vídeo gerar uma conversão.

As interações com anúncios TrueView for Action são definidas pelos cliques no anúncio ou por um tempo de visualização de 10 segundos. Se ambos ocorrerem, contabiliza-se apenas o clique. Os 10 segundos de tempo de visualização de um anúncio de vídeo contam como uma possível conversão no Website se a conversão ocorrer no prazo de 3 dias após a interação. No caso dos utilizadores que cliquem no seu anúncio, as conversões continuam a ser atribuídas durante o período de conversão atual.
 

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.