Corrigir mensagens de erro com anúncios enviados

Quando você faz o upload de criativos no Google Ads, uma mensagem de erro pode ser exibida. Na maioria das situações, basta alterar o arquivo e salvá-lo novamente para corrigir o problema. Depois, você pode tentar fazer o upload do arquivo novamente.

Verifique seus anúncios com o HTML5 Validator do Google Ads.

Este artigo ajudará você a responder a mensagens de erro específicas que podem aparecer durante o upload de criativos. Para requisitos mais detalhados, consulte a página Política de imagens.

Observação: ao fazer o upload de um novo anúncio dinâmico personalizado, verifique se o tipo de empresa e de anúncio (dinâmico) correspondentes a ele estão corretos. O tipo de negócio do criativo e da campanha precisa ser igual. Veja mais informações sobre seu feed na página "Configurações da campanha".

Verifique também se o anúncio foi criado para exibir um ou mais produtos, e não um número fixo e específico (dois ou três, por exemplo), já que o Google só garante a exibição de um ou mais produtos para o remarketing dinâmico.

Anúncios HTML5

Não há suporte para anúncios HTML5 criados com a ferramenta Swiffy. Faça o upload do arquivo Flash original.

Para converter seus anúncios em Flash em HTML5, basta fazer o upload dos arquivos Flash no Google Ads. Se você usar a ferramenta de conversão Swiffy, os anúncios não serão aceitos. Também é possível recriar os anúncios usando o Google Web Designer ou outras ferramentas. Saiba mais sobre como converter seus anúncios em Flash em HTML5.

O anúncio contém um tipo de arquivo não permitido. Para corrigir o problema, remova os tipos de arquivo não permitidos.

Para ver se seu arquivo .ZIP contém um tipo de arquivo não permitido, tente o seguinte:

  1. Abra o arquivo .ZIP clicando duas vezes nele.
  2. Na pasta resultante, verifique se cada arquivo está em um dos formatos permitidos: .CSS, .JS, .HTML, .GIF, .PNG, .JPEG e .SVG. Se você encontrar algum arquivo não permitido, remova-o.
  3. Para salvar a versão atualizada, selecione todos os arquivos na pasta e clique em "Arquivo" > "Compactar itens".
  4. Se o zip não foi criado corretamente, você pode ter compactado a pasta. Selecione cada item de forma individual, não a pasta inteira.
O tamanho do arquivo do seu anúncio é muito grande. Faça o upload de um anúncio com tamanho inferior a 150 KB.
O tamanho de 150 KB se aplica a todos os arquivos do zip. Para verificar o tamanho dos arquivos, selecione-os e acesse Arquivo > Ver informações ou Arquivo > Propriedades, dependendo do computador. A caixa pop-up indica o tamanho em KB.
O anúncio enviado inclui um caminho ou nome de arquivo com caracteres diferentes de letras, números, pontos (.), hifens (-) e sublinhados (_). 

Para ver se seu arquivo .ZIP contém nomes de arquivo com caracteres não permitidos, tente o seguinte:

  1. Abra o arquivo .ZIP clicando duas vezes nele.
  2. Na pasta resultante, verifique se os nomes de todos os arquivos usam somente os caracteres permitidos: letras, números, pontos (.), hifens (-) e sublinhados (_). Renomeie os arquivos com nomes que contêm caracteres incompatíveis. Se houver subpastas no arquivo .ZIP, não se esqueça de abrir e verificar esses arquivos também.
  3. Para salvar a versão atualizada, selecione todos os arquivos na pasta e clique em Arquivo > Compactar itens.
  4. Se o zip não foi criado corretamente, você pode ter compactado a pasta. Selecione cada item de forma individual, não a pasta inteira.
O anúncio enviado por upload contém um código HTML5 que não cumpre as políticas do Google Ads.

Para corrigir o problema, procure as tags não permitidas acima no código do criativo. Você precisa verificar todos os arquivos armazenados no arquivo .ZIP e excluí-los.

Em muitos casos, o problema são as tags .SVG não permitidas. Nesse caso, procure no código do criativo as tags que não estão incluídas em uma das categorias permitidas (elementos de contêiner, elementos de gradiente e elementos gráficos). Saiba mais sobre quais tags permitidas são mapeadas para quais categorias.

Seu anúncio HTML5 está sem um arquivo .HTML primário. Verifique se há um arquivo .HTML com uma tag de tamanho do anúncio no seu anúncio HTML5 e tente novamente. Esse tipo de tag tem esta aparência: <meta name=”ad.size” content=”width=300,height=250”>.

Os arquivos .HTML primários incluem uma tag de tamanho do anúncio como <meta name=”ad.size” content=”width=300,height=250”>.

  1. Abra o arquivo .HTML e procure a metatag de tamanho do anúncio. Se você encontrá-la, verifique se ela está contida na tag <head> e se a instrução <head> está fechada com uma tag </head>.
  2. Substitua as aspas manualmente, porque aspas copiadas/coladas podem gerar um erro (e não são aceitas pelo Google Ads).
  3. Esse erro também pode aparecer quando você tentar fazer o upload de arquivos do DCLK Studio ou da ferramenta Swiffy. Esses arquivos não são aceitos pelo Google Ads e não podem ser enviados por upload. O tráfego do DCLK deve ser feito via 3PAS normalmente, e os arquivos Flash do Swiffy devem ser enviados por upload como Flash, e não como HTML5 convertido.
Seu anúncio HTML5 está tentando fazer referência a um recurso que não foi encontrado no arquivo .ZIP.

Verifique se os nomes de todos os arquivos do .ZIP são exatamente iguais ao nome listado no arquivo de referência.

Por exemplo, se um dos arquivos do pacote .ZIP se chamar path/to/example/asset, mas você fizer referência a path/to/example/asset2 no arquivo HTML, o Google Ads não conseguirá encontrar o arquivo correto.

Para corrigir o problema, compare o nome de arquivo listado acima com todos os arquivos no seu código HTML5. Se não for exatamente igual, corrija a referência.

Seu anúncio HTML5 está tentando fazer referência a um recurso não encontrado no arquivo .ZIP. Verifique se o arquivo .ZIP faz referência apenas a recursos internos.

Só é possível fazer referência a arquivos encontrados no arquivo .ZIP enviado por upload, e o arquivo listado acima não foi encontrado. Para continuar, remova todas as referências do arquivo HTML a recursos encontrados fora do arquivo .ZIP.

O recurso listado na mensagem de erro não foi encontrado no arquivo .ZIP.  Você também precisa remover todas as referências a esse arquivo. As únicas referências externas permitidas são as seguintes:

  • Google Fonts
  • jQuery hospedada pelo Google
O arquivo .ZIP não foi processado porque o arquivo propriamente dito ou um dos arquivos dentro dele estava corrompido.

Para corrigir arquivos corrompidos dentro do .ZIP, tente o seguinte:

  1. Abra o arquivo .ZIP clicando duas vezes nele.
  2. Na pasta resultante, abra cada arquivo e salve novamente.
  3. Para salvar a versão atualizada, selecione todos os arquivos na pasta e clique em Arquivo > Compactar itens.
  4. Se o zip não foi criado corretamente, você pode ter compactado a pasta. Selecione cada item de forma individual, não a pasta inteira.
Seu anúncio HTML5 está modificando a clicabilidade, o que não é permitido.
Não é permitido o uso da área de toque em anúncios HTML5 criados no Google Web Designer, bem como o uso de JavaScript Exitapi.exit() em anúncios criados em outras ferramentas.
Caso seu anúncio HTML5 tenha sido criado pelo Google Web Designer, exclua o componente da área de toque.
As alterações não afetam os anúncios dinâmicos de remarketing criados com o Google Web Designer (GWD, na sigla em inglês). Sendo assim, para esses anúncios, não é necessário remover a área de toque e fazer o upload novamente.  
Se o HTML5 tiver sido criado em outras ferramentas, remova o script "ExitApi" da seção <head> do arquivo index.html.
  • <script src="https://tpc.googlesyndication.com/pagead/gadgets/html5/api/exitapi.js"></script>

Depois de remover essa tag de script, o anúncio inteiro poderá receber cliques. Você pode deixar o botão, mas qualquer clique no anúncio levará o usuário à página de destino. 

Remova seu evento onclick para chamar o ExitAPI.exit do arquivo index.html.

  • Por exemplo: <button onclick="ExitApi.exit()">

Não foi possível fazer o upload do anúncio em HTML5 porque sua conta não é compatível com esse formato

Requisitos para usar anúncios HTML5

Os anúncios HTML5 não estão disponíveis para todos os anunciantes. É possível enviar uma solicitação para usar anúncios HTML5, se eles não estiverem disponíveis na sua conta e ela atender aos requisitos a seguir:

  • histórico satisfatório de conformidade com as políticas
  • histórico de pagamentos satisfatório
  • Ter mais de US$ 1.000 em gastos totais

Você receberá uma atualização por e-mail em cinco a sete dias úteis depois que sua solicitação for analisada pela equipe do Google Ads. Enquanto isso, é possível usar outras opções, como anúncios HTML para AMP enviados ou anúncios gráficos responsivos.

O arquivo ZIP enviado não é compatível. Faça o upload de anúncios que não estejam vinculados a um feed

Quando esse erro for exibido, siga estas etapas:
  1.  Verifique se essa é a campanha certa para o anúncio.
    1. Se o anúncio e a campanha estiverem corretos, vincule a campanha a um feed.
  2. Se não for a campanha ou o anúncio certo:
    1. Anúncio correto: faça o upload desse anúncio em uma campanha vinculada a um feed.
    2. Campanha correta: faça o upload de um anúncio não vinculado a um feed nessa campanha.

Falta de texto nos criativos

Todos os caracteres que não são ASCII precisam usar o UTF-8.

 A visualização não tem um URL de clique

  • A visualização totalmente funcional só fica disponível por meio do link "Ver o anúncio em tamanho real" depois que o anúncio é salvo.
  • Depois, os clientes precisam copiar e colar o URL no navegador.
  • Os criativos não irão gerar cliques na visualização de criação do anúncio ou na janela pop-up "Ver o anúncio em tamanho real".

Anúncios HTML para AMP

O documento HTML foi recusado pelo validador canônico da AMP.
Mensagem de alerta Seu arquivo HTML não é um documento válido de anúncio HTML para AMP. Primeiro faça a verificação com o AMP Validator.
Solução Certifique-se de que os anúncios HTML para AMP transmitam a validação usando este AMP Validator disponível ao público.
Prática recomendada Use o AMP Validator antes de fazer o upload dos seus documentos HTML.
Ocorreram erros internos críticos durante a validação do pacote de anúncios.
Mensagem de alerta Ocorreu um erro interno. Se ele persistir, entre em contato com a equipe de suporte e envie o pacote de teste. Analisaremos o problema o mais rápido possível.
Solução N/D
O Google Ads não é compatível com o elemento personalizado de AMP.

Por exemplo: um elemento personalizado de AMP como <amp-audio> não é compatível.

Mensagem de alerta O elemento personalizado de AMP <$name> não é compatível.
Solução Remova do HTML os elementos de AMP não compatíveis, bem como as importações de JavaScript deles. 
Por exemplo:
<amp-audio width=”400” height=”300” src=”audios/myaudio.mp3”></amp-audio> da seção <body> e também
<script async custom-element=”amp-audio” src=”https://cdn.ampproject.org/v0/amp-audio-0.1.js”></script> da seção <head>.
Prática recomendada Use somente elementos de AMP compatíveis.
O Google Ads não é compatível com elementos personalizados de AMP.

Por exemplo: o elemento personalizado de AMP não compatível <amp-audio> é importado.

Mensagem de alerta O elemento personalizado de AMP não compatível <$name> é importado.
Solução Remova do HTML os elementos de AMP não compatíveis, bem como as importações de JavaScript deles. 
Por exemplo:
<amp-audio width=”400” height=”300” src=”audios/myaudio.mp3”></amp-audio> da seção <body> e também
<script async custom-element=”amp-audio” src=”https://cdn.ampproject.org/v0/amp-audio-0.1.js”></script> da seção <head>.
Prática recomendada Use somente elementos de AMP compatíveis.
O pacote contém um recurso de mídia com um caminho reservado.

Por exemplo: caminho de recurso proibido: _a4a/invalid.

Mensagem de alerta Caminho de recurso proibido: $assetPath.
Solução Renomeie o diretório.
Prática recomendada Evite usar nomes de diretórios reservados para caminhos de recursos, como "_a4a".
Erros de análise encontrados no bloco de estilo personalizado para AMP.

Por exemplo: erro de análise de CSS: "... .foo:nth-child(1n) { color: red } …".

Mensagem de alerta Erro de análise de CSS: "... .foo:nth-child(1n) { color: red } …".
Solução Corrija os erros no snippet de CSS anexado. Na maioria das vezes, esses erros estão relacionados a pseudosseletores de CSS, que não são compatíveis com a experiência atual do Google Ads. Remova-os do bloco de estilo personalizado para AMP.
O atributo contém um valor inválido.

Por exemplo: o atributo "srcset" na tag "amp-ing" contém o valor inválido "a b c".

Mensagem de alerta O atributo "$attrName" na tag "$tagName" contém o valor inválido "$value".
Solução Isso geralmente significa que o valor do atributo está formatado incorretamente. Por exemplo, o atributo "on" pode conter uma ação de evento formatada incorretamente. Veja as especificações atuais de HTML para AMP para saber qual é o formato correto do valor.
O atributo contém um valor proibido.

Por exemplo: o atributo "class" na tag "div" contém o valor proibido "amp-carousel-slide".

Mensagem de alerta O atributo "$attrName" na tag "$tagName" contém o valor proibido "$value".
Solução Verifique se seus atributos não contêm valores reservados. As classes de elemento não devem conter nomes de classe reservados como "amp-carousel-button". Da mesma forma, o valor "AMP" não pode ser adicionado como destino de uma ação de evento. 
Prática recomendada Consulte as especificações de anúncios HTML para AMP do Google Ads e veja a lista de valores não permitidos antes de criar seus anúncios.
Está faltando um item de configuração.

Por exemplo: falta o "finalURL" para "exit1" na configuração da tag "amp-ad-exit".

Mensagem de alerta Falta o "$value" para "$item" na configuração da tag "$tagName".
Solução Elementos de AMP como <amp-ad-exit> e <amp-animation> requerem uma configuração de JSON. Consulte as especificações do elemento de AMP correspondente para o formato de configuração válido.
Um item de configuração contém um valor inválido.

Por exemplo: valor inválido para "selector" na configuração da tag "amp-ad-exist".

Mensagem de alerta "$value" inválido para "$item" na configuração da tag "$tagName".
Solução Elementos de AMP como <amp-ad-exit> e <amp-animation> requerem uma configuração de JSON. Consulte as especificações do elemento de AMP correspondente para o formato de configuração válido.
O Google Ads não é compatível com um item de configuração.

Por exemplo: "Filters" não é uma tag compatível com a configuração "amp-ad-exit".

Mensagem de alerta "$item" não é compatível com a configuração da tag "$tagName".
Solução O Google Ads não é compatível com o item de configuração. Remova-o da configuração.
O documento de AMP contém várias ocorrências de um elemento/valor que devem aparecer apenas uma vez.

Por exemplo: várias ocorrências de "amp-ad-exit".

Mensagem de alerta Várias ocorrências de "$item" encontradas.
Solução Remova esses elementos adicionais do documento e mantenha apenas uma instância.
Uma saída personalizada no pacote de anúncios HTML para AMP não é compatível.

Por exemplo: seu anúncio HTML para AMP modificou a clicabilidade, "tap:exit-api.exit(target=’product1’)", o que não é permitido.

Mensagem de alerta Seu anúncio HTML para AMP modificou a clicabilidade, "$exit", o que não é permitido.
Solução Remova a configuração <amp-ad-exit> e a importação de JavaScript do HTML. Além disso, remova as ações do evento que chamam exit-api.exit (por exemplo, <button on=”tap:exit-api.exit(target='product1')”>)
Os anúncios contêm vários arquivos HTML.
Mensagem de alerta O anúncio contém vários pontos de entrada. Certifique-se de que haja apenas um arquivo .HTML com uma tag de tamanho do anúncio no seu anúncio HTML5 e tente novamente.
Solução Verifique se há apenas um arquivo HTML para exibir conteúdo do anúncio no arquivo .zip e remova os outros.
Uma regra de CSS contém um valor de propriedade proibido.

Por exemplo: o valor da propriedade CSS "width:100%" não é permitido para o seletor ".amp-carousel-button".

Mensagem de alerta O valor da propriedade CSS "$cssPropertyName:$cssPropertyValue" não é permitido para o seletor "$cssSelector".
Solução Remova o valor da propriedade CSS indicado na mensagem do bloco de estilo personalizado para AMP.

HTML5 do Google Web Designer

Observação: para criar anúncios de banner HTML para AMP no Google Web Designer, a etapa inicial é apresentada na caixa de diálogo "Novo arquivo". Nela, você pode clicar em Banner HTML para AMP para começar a criar o anúncio. Para anúncios HTML para AMP, o Google Web Designer tem restrições sobre determinadas funcionalidades. Para mais informações, leia o artigo sobre os anúncios HTML para AMP.
Você precisa fazer o upload de um arquivo publicado. É necessário publicar o arquivo no Google Web Designer antes de fazer o upload no Google Ads.
Para fazer o upload do seu anúncio, você precisa enviar um arquivo publicado, não o arquivo do autor. Antes de fazer o upload do seu anúncio, abra o arquivo do autor no Google Web Designer e escolha as opções: Publicar > Publicar localmente. Saiba mais.
Esse anúncio foi criado com o ambiente "Genérico" em vez de "Google Ads". Para continuar, converta o arquivo para um ambiente "Google Ads" no Google Web Designer.
Ao criar o anúncio, você selecionou o ambiente errado. Seu anúncio foi criado com o ambiente "Genérico" em vez de "Google Ads". Para continuar, você precisa converter o arquivo em um ambiente "Google Ads". Saiba mais sobre a conversão do ambiente.
O anúncio enviado por upload contém um código HTML5 que viola as políticas do Google Ads. Remova todas as referências às tags listadas acima antes de fazer o upload dos seus anúncios.

Seu anúncio viola uma das políticas do Google Ads. Veja os problemas listados na mensagem de erro original.  

Antes de fazer o upload do seu anúncio, você precisa remover todos os recursos não permitidos. Para fazer isso, abra o arquivo index.html no arquivo .ZIP. Os recursos não permitidos ficam na seção "gwd-admetadata".

  • Anúncio expansível: pesquise "creativeProperties". O valor de "minWidth" precisa ser igual a "maxWidth", e "minHeight" precisa ser igual a "maxHeight".
  • Contadores ou timers: pesquise "counters" ou "timers". Essas matrizes devem estar vazias.
  • Várias saídas
  • Vídeos
  • Mapas
  • Veja uma lista completa dos recursos permitidos aqui.
Seu anúncio HTML5 está tentando fazer referência a um recurso não encontrado no arquivo .ZIP. Verifique se o arquivo .ZIP faz referência apenas a recursos internos.

No Google Web Designer, você precisa incluir imagens para todos os estados visuais do botão de imagem.

Por exemplo, no snippet de código abaixo de um arquivo index.html de exemplo, as imagens para "up-image", "over-image" e "down-image" estão ausentes (veja o texto em negrito).

<gwd-imagebutton id="gwd-imagebutton_1" up-image="" over-image="" down-image="" scaling="cover" class="gwd-imagebutton-tcf2"></gwd-imagebutton>

Saiba mais sobre o componente do botão de imagem.

Para corrigir o problema, substitua placeholder.png pelas imagens que você quer usar e verifique se a imagem está incluída no arquivo .ZIP.

Observação: a mensagem de erro deve explicar o que está faltando. Em alguns casos, você verá que "" está faltando. Nesse caso, é provável que o local da imagem não tenha sido especificado. Abra o arquivo .ZIP e localize o arquivo index.html. Dentro desse arquivo, procure ' ="" para encontrar o erro.

Para saber mais sobre o problema descrito neste artigo, consulte este treinamento recomendado por especialistas no assunto.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?