Acerca da configuração do remarketing

O remarketing ajuda a alcançar pessoas que visitaram o seu Website ou utilizaram a sua aplicação para dispositivos móveis anteriormente. Os visitantes ou utilizadores anteriores podem ver os seus anúncios à medida que navegam em Websites que fazem parte da Rede de Display da Google ou quando pesquisam termos relacionados com os seus produtos ou serviços no Google.

Este artigo disponibiliza uma vista geral dos quatro passos necessários para criar campanhas de remarketing.

Antes de começar

Se configurou a etiqueta do Google Ads para remarketing na nova experiência do Google Ads, irá ver a nova etiqueta do Google Ads, que consiste numa etiqueta global do site e num fragmento do evento opcional. Se tiver a etiqueta antiga do AdWords instalada no seu Website com o JavaScript, ela irá continuar a funcionar, mas é recomendável utilizar a nova etiqueta do Google Ads. Saiba mais acerca das Alterações à etiqueta de remarketing do Google Ads.

Agora, a maioria dos utilizadores apenas utiliza a nova experiência do Google Ads para gerir as respetivas contas. Se ainda estiver a utilizar a experiência anterior do AdWords, escolha Anterior abaixo. Saiba mais

Para utilizar o remarketing, tem de escolher um tipo de campanha suportado.

Campanhas da Rede de Display


Para utilizar o remarketing na Rede de Display, escolha o tipo de campanha "Rede de Display" quando criar uma campanha e selecione o objetivo "Incentivar à ação" > "Comprar no seu Website". Não é necessário escolher um objetivo de marketing, pode criar a campanha sem um objetivo. No entanto, se escolher um objetivo de marketing, irá ver funcionalidades desenvolvidas especificamente para ajudar a alcançar os objetivos. Continue a configurar a campanha e, em seguida, clique em Continuar.


Depois de fornecer os restantes detalhes da campanha, crie um grupo de anúncios. Em "Pessoas: quem pretende alcançar", clique para expandir a secção "Públicos-alvo" e selecione as listas de remarketing que pretende que a campanha segmente no selecionador de públicos-alvo "Remarketing".

Pode optar por utilizar as listas de remarketing que criou ou utilizar listas criadas automaticamente pelo Google Ads. Para criar uma lista de remarketing, primeiro tem de adicionar uma origem de públicos-alvo original no Gestor de públicos-alvo. Saiba mais acerca de como criar uma lista de remarketing

Campanhas da Rede de Pesquisa


Se pretender utilizar listas de remarketing para anúncios de pesquisa, escolha o tipo de campanha "Rede de Pesquisa" quando criar a campanha. 


Depois de criar a campanha:

  1. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito do ecrã.
  2. Na secção intitulada "Biblioteca partilhada", clique em Gestor de públicos-alvo.
  3. Selecione a lista de públicos-alvo que pretende adicionar à campanha.
  4. Na barra azul que aparece acima das listas de públicos-alvo, clique em "Adicionar a..." e selecione "Grupos de anúncios".
  5. Selecione a campanha no selecionador e, em seguida, adicione a lista de públicos-alvo aos grupos de anúncios que escolheu. Pode remover a lista de públicos-alvo de qualquer um dos grupos de anúncios selecionados no lado direito do selecionador. 
  6. Clique em Seguinte.
  7. Escolha uma definição de segmentação para públicos-alvo nos grupos de anúncios selecionados.
  8. Clique em Adicionar públicos-alvo.
     

Adicionar a etiqueta do Google Ads ao Website ou à aplicação

Para começar a utilizar o remarketing, configure uma origem de públicos-alvo para o seu Website ou as suas aplicações.

Os fragmentos da etiqueta de remarketing são pequenos blocos de código que obtém ao etiquetar o seu site para remarketing nas origens de públicos-alvo. Depois de obter os fragmentos, pode adicioná-los ao site. No caso das aplicações para dispositivos móveis, pode configurar o remarketing com um SDK para segmentar públicos-alvo na sua aplicação, em função dos eventos configurados. Saiba mais acerca do Remarketing Dinâmico para aplicações.

O fragmento do evento

Assim que adicionar a etiqueta global do site, pode enviar dados adicionais para o Google Ads para remarketing e acompanhamento de conversões com o comando "event". O fragmento do evento permite-lhe capturar eventos e parâmetros do evento associados que pode utilizar para criar as listas de remarketing.
Por exemplo, pode utilizar o fragmento do evento para criar uma lista de públicos-alvo que segmente utilizadores registados no seu Website. Consoante o seu tipo de negócio, tem de transmitir dados específicos para o Google Ads através do fragmento do evento. Saiba como utilizar parâmetros do evento para o seu tipo de negócio

Começar a utilizar listas de remarketing

Depois de configurar uma origem de públicos-alvo, está pronto para criar uma lista de remarketing.

Pode criar listas de remarketing para diferentes categorias de visitantes. Por exemplo, pode criar uma lista de remarketing para os visitantes da página da categoria de produtos mais popular e denominá-la "Lista de categorias populares". O fragmento de remarketing indica ao Google Ads que guarde os visitantes na sua "Lista de categorias populares". Quando as pessoas visitam essa página, o ID do respetivo cookie é adicionado à lista de remarketing.

Saiba como criar uma lista de remarketing de Website.

Listas de remarketing criadas automaticamente pelo Google Ads

Quando configurar a primeira campanha de remarketing, o Google Ads vai criar listas de remarketing predefinidas para si. Essas listas geradas permitem-lhe começar imediatamente a segmentar listas nos seus grupos de anúncios. Saiba mais acerca das listas de remarketing criadas automaticamente disponíveis.

Apresentamos as listas de remarketing predefinidas populares para considerar utilizar como a sua primeira campanha de remarketing:

  • Todos os visitantes: esta lista é preenchida com todos os valores dos parâmetros na implementação da etiquetagem de remarketing e inclui "Qualquer pessoa que visitou as suas páginas com os fragmentos do evento de remarketing".
  • Todos os conversores: esta lista é preenchida automaticamente com a sua etiqueta de acompanhamento de conversões e inclui "Qualquer pessoa que efetuou uma conversão no seu Website". Se não tiver configurado o acompanhamento de conversões, esta lista estará vazia.
  • Lista otimizada do Google Ads: é uma lista de combinações, composta por vários públicos-alvo das origens de públicos-alvo disponíveis numa única lista de remarketing. Para criar esta lista, tem de associar, pelo menos, uma origem de dados na página Origens de públicos-alvo.

Regras da lista de remarketing

Assim que adicionar a etiqueta global do site e um fragmento do evento de remarketing opcional ao Website ou à aplicação, pode definir listas para diversas secções dos mesmos com regras. Por exemplo, se pretender definir uma lista para uma página Web onde vende sapatos de salto alto, pode utilizar esta regra: "URL contém sapatos-salto-alto". Note que o URL das páginas de produtos tem de conter "sapatos-salto-alto", por exemplo, www.example.com/sapatos-salto-alto.

Com as regras, pode criar o número de listas que pretender sem ter de adicionar mais etiquetas ao seu Website ou à sua aplicação. Recomendamos que comece com as listas que são criadas automaticamente para si, mas se pretender personalizar uma lista, pode utilizar as regras da mesma. Tenha em atenção que apenas as listas com mais de 100 utilizadores ativos são elegíveis para apresentar anúncios. Se criar muitas listas detalhadas, podem não ser elegíveis para apresentação, pois arriscam não cumprir os requisitos mínimos.

Saiba mais acerca das regras das listas de remarketing

Parâmetros personalizados

O fragmento do evento de Remarketing Dinâmico permite-lhe enviar parâmetros personalizados que pode utilizar para criar listas de remarketing.

Por exemplo, pode enviar o preço do produto e o tipo de página (como a página de compra) no fragmento do evento para criar uma lista de pessoas que compraram qualquer produto com um preço acima de determinado valor. Neste caso, os parâmetros personalizados que incluiria no fragmento do evento de remarketing seriam "value" (o preço do produto) e "pagetype" (o tipo de página, que indica o grau de proximidade da compra dos clientes).

Saiba mais acerca de como utilizar modelos de listas de remarketing de Website.

O Google Ads não permite a implementação de etiquetas em páginas relacionadas com ofertas limitadas por políticas. Saiba mais acerca da Política de Publicidade Personalizada.

 

Desativar a recolha de dados de remarketing

Pode optar por desativar a recolha de dados de remarketing para os utilizadores que não pretenderem ver anúncios personalizados através do parâmetro allow_ad_personalization_signals. Este parâmetro permite-lhe desativar a utilização de dados para anúncios personalizados. O valor predefinido é verdadeiro. Se definir o valor do parâmetro como falso, desativa a utilização de dados para anúncios personalizados. 
 
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?
Nova Anterior